Monday, 06 de July de 2020

ESTADO


Vacinação Atiaftosa

Adapec emite nota técnica sobre as diretrizes da retirada da vacinação antiaftosa

25 Jan 2019
Divulgação Adapec emite nota técnica sobre as diretrizes da retirada da vacinação antiaftosa

Com o objetivo de prestar orientações sobre o processo de transição do status sanitário, de livre da febre aftosa com vacinação para livre sem vacinação, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) emitiu uma Nota Técnica informando as diretrizes. A principal delas é que durante o período de um ano, entre maio de 2020 e maio de 2021, o Tocantins ficará proibido de comercializar animais, produtos e subprodutos para os estados vizinhos: Maranhão, Piauí e Pará e demais estados que compõem os blocos II e III, podendo apenas ser autorizada nas situações previstas em lei.

 

A medida se dá em razão dos estados citados retirarem a vacinação em 2020, um ano antes do bloco IV, do qual o Tocantins faz parte. A ação está prevista no Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA) 2017-2026, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que impede a comercialização entre blocos que não tem o mesmo status sanitário.

 

“Estamos conscientizando antecipadamente todos os envolvidos no processo para se prepararem e buscarem alternativas comerciais. A evolução do status é um grande avanço para o Estado e todo o país, que tem lutado há anos para as conquistas de novos mercados e crescimento da economia”, avalia o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha.

 

O documento diz “que passado esse prazo de um ano, os benefícios econômicos serão muitos, além de voltar à permissão da comercialização com todos os estados brasileiros, teremos uma valorização dos produtos pecuários, principalmente da bovinocultura, entre eles, carne, leite, couro, animais, sêmen e embriões, com a abertura de novos mercados em todo o mundo”. Informa ainda que haverá o fortalecimento de toda a cadeia produtiva, atraindo investimentos, gerando emprego e renda com a expansão de frigoríficos e laticínios, curtumes, instalações de fábricas de rações, indústrias medicamentosas, lojas agropecuárias, leilões, entre outros.

 

A previsão é de que até 2023, o Tocantins e o restante do país poderão ser reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livres da febre aftosa sem vacinação.

 

Blocos

O Mapa dividiu o país em cinco blocos. Os primeiros estados a extinguirem a vacinação serão Acre e Rondônia em 2019 (bloco I). Em 2020 está prevista a retirada da vacina no Amazonas, Pará, Amapá e Roraima (bloco II) e de Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte (bloco III). Em 2021 encerram a vacinação na Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Sergipe, São Paulo e o Tocantins (bloco IV), além de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (Bloco V), esse último é o único estado considerado livre da febre aftosa sem vacinação

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Saiba como estão os planos de retomada econômica em cada estado

No Tocantins a suspensão das aulas e o regime especial de trabalho dos servidores foram prorrogados até o dia 31 de julho. Os trabalhadores do governo local estão operando na modalidade remota e cumprindo jornada de seis horas.

Pandemia

Tocantins registra 195 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 12.475 casos no total, destes, 7.712 pacientes estão recuperados, 4.543 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 220 pacientes foram a óbito.



Saúde

Cuidado com as dores gastroabdominais

Elas podem estar sinalizando para enfermidades como a apendicite, a diverticulite e a colecistite. Especialista alerta para a evolução rápida e risco de morte das três inflamações do abdômen


Sanidade

Novo caso de mormo no Tocantins é confirmado em São Salvador

A constatação veio após a realização do exame complementar confirmatório western blotting


Taquaruçu

Circo de Família e o amor como resposta

O espetáculo “Circo de Família” será apresentado ao vivo a partir das 10h do dia 05 de julho. Os ingressos podem já podem ser adquiridos a partir do valor de R$ 5,00 na bilheteria online.


Prevenção

Campanha Nacional de vacinação contra Influenza é prorrogada até dia 24 de julho


Regulação

ATR implementa atendimento presencial por agendamento


Justiça

Produtividade na Justiça Federal no Tocantins ultrapassa a marca de 26 mil processos julgados durante período de trabalho remoto


Tocantins

Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação


Infraestrutura

Entrega de máquinas fecha ações do Governo do Tocantins em infraestrutura rodoviária no primeiro semestre de 2020


Economia

Intenção de consumo das famílias de Palmas cai novamente em junho



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira