Thursday, 18 de July de 2019

ESTADO


Educação superior

Católica discute Direito com foco na Interdisciplinaridade

03 Jun 2008

A importância de incluir as diferentes áreas científicas ao conhecimento jurídico foi a tônica do II Encontro Jurídico da FACDO - Faculdade Católica Dom Orione, que aconteceu no auditório da entidade, em Araguaína, entre os dia 08, 09 e 10 de maio.

De acordo com o professor e coordenador do curso de Direito da FACDO, Ronam Pinto Nunes Garcia, o encontro teve como objetivo complementar a grade curricular com atividades extra-classe para o grupo de acadêmicos. “Dessa vez, o foco do debate foi a interdisciplinaridade”, observou.

O coordenador ressalta que os encontros são realizados em todo o país. Mesmo assim, na região norte do estado e no entorno compreendendo as cidades circunvizinhas, há muitos cursos de Direito, o que, em sua avaliação, justifica a necessidade de ampliar os encontros. “Em nossa região, num raio de 300 quilômetros, existem muitos cursos de Direito. Por isso, é importante oferecer atividades como essas”, justifica.

Para Garcia, outras áreas influenciam no curso de Direito e no curso de investigações. Para legitimar sua afirmação, ele cita o recente caso Izabela Nardoni e as perícias que foram sendo feitas para se chegar ao autor do crime. Segundo ele, tais perícias envolvem a física, a psicologia, a filosofia. “Além de tratar da questão jurídica, queremos encaixar a prática interdisciplinar”, observa ele, afirmando que a instituição está preocupada com o ensino.

No encontro, que contou com a participação de renomados palestrantes da área, aconteceu o lançamento do livro Curso de Direito Criminal: Parte Geral, de autoria do professor paraense Elder Lisboa Ferreira da Costa, que também ministrou palestra aos acadêmicos.

O professor e coordenador ressaltou ainda que a instituição Católica não tem fins lucrativos, e que o arrecadado nas mensalidades dos alunos é revestido em benefícios para os cursos. “Isso fará o diferencial na qualidade, pois afasta o risco do mercantilismo”, declarou acrescentando ainda que, no Exame ENADE, que avalia o desempenho do ensino, a FACDO ficou em segundo lugar na última avaliação ficando, atrás apenas da UFT – Universidade Federal do Tocantins na categoria ingressantes.

 

Exame da OAB

Sobre a atuação na área de Direito em Araguaína, informou que a cidade possui cerca de 200 advogados inscritos na OAB - Ordem dos Advogados do Brasil. Em relação ao exame da instituição, que avalia a qualidade dos cursos, salientou que no Tocantins há 12 cursos de Direito, e que destes somente quatro foram submetidos ao exame da OAB. O coordenador esclareceu que o exame só é oferecido para os já formados. “Só as instituições como UFT, ULBRA, UNIRG e FIESC já formaram turmas. A Católica daqui e o ITPAC ainda não. Na época do resultado, alardearam como se nossa cidade estivesse incluída, é preciso fazer essa ressalva”, afirmou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação ROUND II

PF deflagra operação ROUND II e prende casal de traficantes de drogas sintéticas

Durante a deflagração foram apreendidas novas porções de drogas na residência do casal, inclusive ecstasy, o que motivou a prisão em flagrante do casal.

Operação Walking Dead

Nova fase da Operação Walking Dead cumpre mandados no Tocantins, Pará e Maranhão

Simultaneamente, PC-TO apoia operação da Polícia Civil do Maranhão deflagrada a partir de provas da Walking Dead e Falsario. Ao todo, 65 mandados são cumpridos em cinco Estados.



Turismo

Adetuc projeta aumento de turistas e movimentação de mais de R$ 118 milhões na Temporada de Praias 2019

O presidente da Adetuc destacou também o importante papel que órgãos do Governo têm tido para colaborar a realização da temporada de praias deste ano.


Investimento

Wanderlei Barbosa apresenta ações de turismo e cultura à artesãos de Taquaruçu

Wanderlei Barbosa destacou que os turistas vão a Taquaruçu para conhecer as cachoeiras, pousadas e cultura local. “Temos que criar ambientes e capacitar os moradores para fomentar o turismo do distrito.


SSP

Com base em investigações da Polícia Civil Ministério Público denuncia servidora por peculato

Denúncia foi aceita nesta terça-feira (16) pelo juiz Francisco Vieira Filho. Ex-mandatário e ex-gestores públicos estaduais também viraram réu no processo por peculato e falsidade ideológica.


Tocantins

Inscrições para o 1° Prêmio de Jornalismo da Adpeto continuam abertas


Campo

Comunidade rural se torna caso de sucesso por meio do Crédito Fundiário


Segurança

Duas crianças vítimas de acidente de trânsito no Sudeste do Tocantins são resgatadas pela aeronave da SSP


História de transformação

Dona Naninha e família são homenageadas em evento em Natividade (TO)


IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira