Friday, 05 de June de 2020

ESTADO


Campo

Condições climáticas favorecem a produção de grãos no Tocantins na safra 2019/2020

03 Apr 2020
Condições climáticas favorecem a produção de grãos no Tocantins na safra 2019/2020

Segundo projeções da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), “as condições climáticas vêm favorecendo as lavouras de grãos nas principais regiões produtoras do Tocantins. A perspectiva é que os níveis de produtividade apresentem bom desempenho nesta safra, sobretudo para as lavouras de soja e milho, que impulsionam o volume total, e devem garantir mais um recorde na safra de grãos do país”, discorre texto no site da Companhia.

Para o presidente da Cooperativa Industrial do Tocantins (Coapa), Ricardo Khoury, “as condições climáticas foram favoráveis à produtividade das safras de grãos no Tocantins,” afirmou.

 Na avaliação do presidente da Associação dos Produtores de soja e milho do Tocantins (Aprosoja-TO), Maurício Buffon, “no geral, a safra 2019/2020 pode ser considerada boa na maior parte das regiões produtoras de soja, que sofreu um pouco com o período de estiagem que ocorreu no período de 25 de novembro a 26 de dezembro, vindo a se recuperar depois disso” explicou.

A gerente de Agrometeorologia da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), a engenheira agrônoma, Denise Gomes lembra que as previsões de  especialistas durante o 5° Encontro para apresentação das tendências Agroclimatológicas, realizado pela Seragro, no segundo semestre de 2019, foram bastante assertivas em relação ao comportamento do clima para a safra 2019/2020. “Essas informações auxiliaram o produtor rural no planejamento da semeadura e contribuíram para o alcance de bons níveis de produtividade nas lavouras”, observou.

No mesmo raciocínio, o engenheiro agrônomo, também da estrutura da Seagro,  Alexandre Barreto, “as informações meteorológicas mostram-se bastante úteis ao planejamento das atividades agropecuárias, pois proporcionam uma base segura para a tomada de diversas decisões inerentes aos processos produtivos no campo”, afirmou.

De acordo com os dois técnicos, o produtor rural deve adotar como hábito, a coleta, o processamento e o armazenamento de dados meteorológicos, isto torna-se possível com a instalação de uma estação meteorológica na propriedade rural. Atualmente a existência de uma estação meteorológica na propriedade é fundamental para auxiliar diversas atividades no campo como irrigação, manejo do solo e pulverizações, tornando-se uma ferramenta indispensável para o processo produtivo.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Caixa libera 2ª parcela para 2,6 milhões de beneficiários de auxílio

Auxílio emergencial é de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras)


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira