Sunday, 17 de November de 2019

ESTADO


Telefonia 2

Em processo de consolidação, serviço divide opiniões

03 Jul 2008

Uma clínica de odontologia em Palmas que tem utilizado o serviço a mais de um ano reduziu as despesas com telefone em mais de 80% ao mês. Dentre as vantagens relatadas pela técnica em secretariado da empresa, estão, além da economia e da taxa fixa mensal, a comodidade de poder falar em qualquer lugar do Brasil e até do mundo sem pagar nada extra pelas ligações. Quanto às desvantagens, a funcionária afirma que, como qualquer nova tecnologia, ainda há algumas interferências, mas que as mesmas são rapidamente solucionadas e, em comparação às vantagens oferecidas pelo sistema, são irrelevantes. Ela declarou que a empresa está plenamente satisfeita com o sistema.

A escolha da operadora do serviço requer atenção do usuário. Apesar de raros, há casos de empresas que utilizam a tecnologia, mas não estão inteiramente satisfeitas. Um proprietário de empresa de informática da capital se declarou insatisfeito alegando que os custos em sua empresa não foram reduzidos devido a problemas de acesso ao sistema. Segundo ele, em determinados horários, torna-se difícil ter acesso ao sinal, o que faz com ele acabe utilizando o telefone convencional. De acordo com alguns técnicos ouvidos por nossa reportagem, isso se deve à qualidade do serviço oferecido pela operadora contratada, e não à nova tecnologia.

É importante ressaltar ainda que o VOIP, apesar de ser uma tecnologia mais utilizada por empresas, já está sendo disponibilizada para uso em residências. Algumas operadoras de TV a cabo e de telefonia já começaram a oferecer o serviço para consumidores domésticos. O que significa uma economia também nas contas particulares.

Rogério Tortola, gerente da empresa de telecomunicações Talkcom em Palmas, garante que não há dúvidas com relação às vantagens oferecidas pelo sistema, principalmente para o uso doméstico, já que não há necessidade da qualidade técnica exigida em grandes empresas. Rogério ainda aponta que os impeditivos técnicos que ocorrem, devido à tecnologia ainda ser recente, devem e já estão sendo solucionados.

    

Como funciona

O usuário deve contratar um plano mensal junto a uma operadora. Para fazer uso da tecnologia, é necessária uma conexão de banda larga à internet. A maior despesa entra no primeiro mês, onde o usuário deverá adquirir um aparelho chamado ATA – Adaptador para Telefone Analógico, que fará a conexão entre o aparelho telefônico e o modem. Este adaptador pode custar de 150 até 500 reais. Caso o cliente prefira utilizar o computador, esse custo é ainda reduzido, pois as ligações podem ser feitas utilizando um SoftPhone, que pode ser instalado no próprio computador.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Com Selic em queda, poupança pode passar a render menos que a inflação

Outro fator é a redução de recursos para o financiamento habitacional. Atualmente, 65% dos recursos de poupança são destinados aos financiamentos habitacionais.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira