Thursday, 21 de November de 2019

ESTADO


PID

Permissão Internacional para Dirigir é aceita em mais de 100 países e tem rápida emissão no TO

29 May 2019    15:44    alterado em 29/05 às 15:44
Antonio Gonçalves Permissão Internacional para Dirigir é aceita em mais de 100 países e tem rápida emissão no TO

Documento aceito em mais de 100 países, a Permissão Internacional para Dirigir (PID) tem rápida emissão após a finalização do processo no Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO), demorando em média três dias úteis para sua entrega.

A PID possui validade de três anos que pode ser reduzida se a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) expirar primeiro, pois é um documento conjunto. Ela é aceita em países que assinaram a Convenção de Viena, em 1968, permitindo o trânsito viário entre eles, além de ser aceito em outros países que mantêm o Princípio de Reciprocidade com o Brasil. A PID é traduzida em sete idiomas.

Normalmente, o documento é exigido apenas para quem quer ter o direito de conduzir um veículo por mais de 180 dias nos países que fazem parte da convenção, antes deste período, apenas a CNH normal é suficiente. Ainda assim, o próprio Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) recomenda a emissão da PID até mesmo em viagens curtas, já que é um documento internacionalmente reconhecido e traduzido, onde podem ser checadas as informações do condutor para evitar possíveis transtornos.

A PID só pode ser solicitada no mesmo estado de registro da CNH, emitida pelo Detran em um processo simplificado, na qual cada unidade tem liberdade para fixação da taxa de serviços. Ou seja, se sua Carteira de Habilitação foi tirada no Tocantins, você só poderá solicitar a emissão da PID no Detran/TO.

Ao ser expedida no Brasil, a Permissão não é reconhecida em substituição a CNH, conforme rege o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). De acordo com o Detran/TO, caso o condutor tenha sua Carteira de Habilitação recolhida em cumprimento de penalidade, em situações como suspensão do direito de dirigir e cassação do registro, se houver a PID expedida, esta também será recolhida. Na expedição da PID não poderá haver nenhuma alteração nos dados cadastrais do condutor, exceto mudança de endereço.

Como tirar a PID no Tocantins
Para solicitar a emissão da Permissão Internacional para Dirigir no Estado é necessário a entrega de cópias e apresentação dos originais da CNH expedida pelo Detran/TO e comprovante de endereço (em nome do condutor ou com declaração registrada em cartório). Além dos documentos exigidos, é importante que o condutor esteja com a CNH dentro do prazo de validade, expedido na Sistemática do Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) e com todos os débitos do seu prontuário quitados.

Após a entrega da documentação e o pagamento da taxa de serviço para a emissão da PID de R$ 106,97, o Detran disponibiliza a permissão ao condutor em até 3 dias úteis a partir da entrega do processo.

Para os motoristas que possuírem CNH em outro estado, o Detran Tocantins entra com o procedimento de transferência de prontuário e expedirá uma nova CNH, antes da solicitação do serviço.

Países Membros da Convenção de Viena
Em um acordo firmado em 1968, onde 100 países assinaram um documento que regulamenta sobre o Trânsito Viário, permitindo que as pessoas obtenham um documento unificado para condução veicular (PID) aceito entre os países membros da convenção: África do Sul, Albânia, Alemanha, Angola, Argélia, Argentina, Austrália, Áustria, Azerbaidjão, Bahamas, Barein, Belarus (Bielo-Rússia), Bélgica, Bolívia, Bósnia-Herzegóvina, Bulgária, Cabo Verde, Cazaquistão, Chile, Cingapura, Colômbia, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Cuba, Dinamarca, El Salvador, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Estados Unidos, Estônia, Federação Russa, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gana, Geórgia, Grécia, Guatemala, Guiana, Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Indonésia, Irã, Israel, Itália, Kuweit, Letônia, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Marrocos, México, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montenegro, Namíbia, Nicarágua, Níger, Noruega, Nova Zelândia, Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales), República Centro – Africana, República Democrática do Congo, República Checa, República Dominicana, Romênia, San Marino, São Tomé e Príncipe, Seychelles, Senegal, Sérvia, Suécia, Suíça, Tadjiquistão, Tunísia, Turcomenistão, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela e Zimbábue.

Países com Princípio de Reciprocidade com o Brasil

Angola, Argélia, Austrália, Canadá, Cabo Verde, Cingapura, Colômbia, Coréia do Sul, Costa Rica, El Salvador, Equador, Estados Unidos, Gabão, Gana, Guatemala, Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Indonésia, Líbia, México, Namíbia, Nicarágua, Nova Zelândia, Panamá, Portugal, Reino Unido (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales), República Dominicana, São Tomé e Príncipe, e Venezuela.

COMPARTILHE:


Confira também:


Hospital de Amor

Com apoio de voluntários da AL, unidade do Hospital do Amor de Palmas será entregue em 2020

A construção do Hospital do Amor em Palmas está orçada em R$ 120 milhões e contempla três unidades: de diagnóstico, tratamento e de prevenção e pesquisa.

Refis 2019

Refis 2019 já negociou R$ 96,6 milhões, mas débitos ainda podem ser regularizados até 30 de novembro

O secretário de Finanças, Rogério Ramos alerta para que os contribuintes fiquem atentos para não perderem a oportunidade de negociar seus débitos e ficarem em dias com os tributos municipais.



Segurança

Carlesse busca mais recursos para Segurança Pública em audiência com ministro Moro

Reunião ocorrida nesta quarta-feira, 20, no Ministério da Justiça e Segurança Pública, serviu também para apresentação do plano de investimentos dos recursos já assegurados


Vestibular Unitins

Estão abertas as inscrições para primeiro vestibular do novo Câmpus da Unitins em Paraíso

As inscrições são feitas exclusivamente pelo site da instituição www.unitins.br. As provas serão aplicadas no dia 19 de janeiro e as aulas já começarão em fevereiro, seguindo o calendário acadêmico dos outros câmpus já existentes, Palmas, Araguatins, Augus


Museu

Palacinho é reaberto e ex-governador Siqueira Campos homenageado

Obras de manutenção e reabertura foi fruto de parceria do Governo do Estado e do Grupo Amigos do Palacinho


Sarampo

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de novembro


Novembro Azul

Acreditar Tocantins: Pesquisa revela que 31% dos homens não têm o hábito de ir ao médico regularmente


Museu Histórico

Palacinho reabre com expografia e projeto museológico renovados


Estradas

Governo conclui obras de melhoria de estradas vicinais que ligam aldeias indígenas na região noroeste do estado


Bloqueio de Celulares

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados hoje em 17 estados


Educação Superior

Unitins lança Vestibular com 120 vagas para novo Câmpus de Paraíso



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira