Monday, 21 de January de 2019

ESTADO


Educação superior

Produção científica começa a ganhar espaço no Tocantins

03 Jun 2008

A produção científica no Estado começa a surgir, discreta e tardiamente. De 16 Instituições pesquisadas pelo jornal O GIRASSOL, apenas duas delas já possuem revistas com publicações científicas, a UFT - Universidade Federal do Tocantins, com a Revista Ensaios, do curso de Comunicação Social, e a Fundeg - Faculdade de Guaraí, com a Revista Pluralidades, que abrange todas as áreas de atuação da faculdade. Outras quatro, porém, têm projetos para serem lançados ainda este ano, sendo elas a Unitins, CEULP/Ulbra, Faculdade Católica e Faculdade Objetivo. À exceção da Faculdade Objetivo, que irá lançar a publicação durante o Salão do Livro, as demais instituições devem publicar o material nos próximos meses.

A coordenadora de Pesquisa e Extensão da Ulbra, professora Conceição Previero, afirmou que a universidade já teve esse tipo de publicação, mas decidiu parar para que o projeto fosse reestruturado. Foram quatro edições publicadas da Revista Humanitas, até o ano de 2005. Agora, segundo a professora, o novo projeto busca se adequar à realidade e à praticidade da vida do universitário e da sociedade. Será uma revista eletrônica com publicações específicas por áreas de conhecimento. “Além de ser de grande importância para toda a comunidade, sentimos que esta é uma forma de prestar contas à sociedade, publicando os resultados das pesquisas realizadas no meio acadêmico”, acrescenta.

Quem compartilha da mesma opinião é a professora Fátima Ribas, da Unitins. A professora avalia de forma positiva a divulgação de pesquisas e ressalta que esta é uma forma de divulgar o conhecimento científico, além de firmar o papel que a universidade tem de encaminhar e incentivar a comunidade acadêmica ao ensino e à pesquisa.

As coordenações das faculdades Católica e Objetivo não falaram ao jornal O GIRASSOL, mas têm trabalhado nas publicações “Rios” e “Iniciação”, respectivamente.

    

Destaque do Interior

No interior do Estado, a Faculdade de Guaraí saiu na frente de muitas outras quanto a este tipo de publicação. Desde 2004, a Coordenação de Pesquisa e Extensão da faculdade já trabalha com a publicação de pesquisas científicas. A Revista Pluralidades, que abrange as diversas áreas de conhecimento, publica artigos de alunos da pós-graduação e professores. Os artigos a serem publicados devem ter entre dez e 20 páginas.

Além da revista, a faculdade publica anais Online e em CD, contendo o material selecionado nas jornadas de iniciação científica. Esses artigos são, em sua maioria, escritos pelos alunos da graduação.

A coordenadora de Pesquisa e Extensão da faculdade, professora Tereza Ramos de Carvalho, afirma que esta é uma forma de incentivar e divulgar os trabalhos realizados pelos alunos e professores.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

20

PARABÉNS!
PARABÉNS!

14

BOM
BOM

14

AMEI!
AMEI!

11

KKKK
KKKK

9

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

9

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

10

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Política

Bolsonaro embarca hoje para Davos, em sua 1ª viagem internacional

Presidente defenderá reformas e compromisso com a democracia

Panorama

Brasil já recebeu 1,1 milhão de imigrantes e 7 mil refugiados

Em visita às instalações da operação, em Roraima, a secretária nacional de Justiça, Maria Hilda Marsiaj, disse que “os pedidos de refúgio se acumulam porque precisam ser analisados minuciosamente e, muitas vezes, já não cumprem os requisitos”.




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira