Monday, 19 de February de 2018

Monday, 19 de February de 2018

ESTADO


Palmas

Produção de soja na Capital cresce 269% entre 2013 e 2017 e já passa de 71 mil toneladas

06 Oct 2017

A produção agrícola em Palmas tem registrado crescimento nos últimos anos, com destaque para a soja, cuja safra 2016/2017 chegou a 71.056 toneladas de grão ante 26.400 em 2012/2013, um aumento de 269,1%. Já a produtividade cresceu 6,06%, saindo dos 3,30 quilos por hectare em 2013 para 3,50 no mesmo período. O mesmo com a área plantada, que saiu dos 8 mil hectares para 20.390 hectares.
 
De acordo com o secretário Municipal de Desenvolvimento Rural (Seder), Roberto Sahium, a Prefeitura de Palmas, por meio da Seder, oferece apoio técnico a 11 produtores de Palmas, que são orientados sobre a conservação de solo, terraços e planejamento da produção. "Além disso, fazemos um forte trabalho de conservação das estradas vicinais para garantir o escoamento da produção e assim diminuir os custos para o produtor", destacou Sahium.
 
Sahium informou também que boa parte do que é produzida na região é adquirida por empresas multinacionais, provando que os grãos têm qualidade competitiva com de outras regiões do País.
 
E os produtores palmenses já estão em preparação para um novo plantio, após o fim do Vazio Sanitário da soja, que aconteceu de 1º de julho a 30 de setembro em todo o Estado.  Segundo informações da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro), nesse período fica proibido o plantio da soja em lavouras de sequeiro. O objetivo é prevenir e controlar a ferrugem asiática. A exceção é para o plantio para fins de pesquisa científica e de produção de sementes, desde que seja monitorado, bem como da liberação para cultivo nas várzeas tropicais nos municípios de Lagoa da Confusão, Dueré, Pium, Formoso do Araguaia, Cristalândia e Guaraí.
 
Trabalho em família
Pioneiros na produção de soja no Tocantins, e em especial na região rural de Palmas, em Buritirana, a família do produtor Jeferson Marasca possui uma história de sucesso em meio a trabalho duro. Muito antes de o Tocantins existir, sua família já cultivava terras no antigo Norte Goiano, isso em 1987. "Tudo começou com o arroz. Não existiam a tecnologia e o investimento que temos hoje. As dificuldades eram muitas, principalmente na parte da infraestrutura das estradas. Lembro que naquela época a cidade mais próxima com asfalto era Porto Nacional", explicou. Segundo ele, o incremento da produção veio com a aposta na pecuária. O trabalho é feito em parceria com o pai, Gilberto Marasca, e com o irmão, Pedro Marasca.
 
O cultivo da soja só veio em 1998 com uma área plantada de 120 hectares. "Nesse período em que estamos trabalhando com a soja, o que realmente deu um impulso para nossa produção foi a pavimentação das estradas da região. Depois disso tudo menos complicado", garante o produtor. "Naquela época a gente acreditava que não ia ter êxito devido às dificuldades diárias em conseguir insumos, mão de obra e ainda vender nosso produto, que no começo foi comercializado em Anápolis (GO)."
 
Outro incentivo a todos os produtores foi o interesse de grandes empresas na compra da soja plantada na região, como a Bunge, Cargill, Agrex, dentre outras. "Também é importante destacar que a melhoria genética dos grãos tem garantido novos mercados, como o da China, uma das grandes compradoras da soja brasileira", ressaltou Marasca.
 
Após o Vazio Sanitário, Marasca prepara um novo plantio já para o dia 20 de outubro. "Nossa produção média é 60 sacas de soja por hectare em uma área plantada em torno de 1.500 mil hectares".

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

0

PARABÉNS!
PARABÉNS!

0

BOM
BOM

2

AMEI!
AMEI!

0

KKKK
KKKK

2

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

0

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

1

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Prefeitura não cobrará mais taxa de revisão de IPTU

Zini reafirmou que a Prefeitura está à disposição dos contribuintes que observarem eventuais divergências de valores do imposto.

Amastha

Em vídeo, Amastha detalha descontos do IPTU, reforça diálogo e faz apelo a servidores

Prefeito da Capital reforça que gestão está aberta para atender a contribuintes que observarem eventuais distorções no valor venal do imóvel, base de cálculo do imposto


Ciência & Tecnologia

Aspectos centrais sobre TI na Gestão Institucional - Parte 7

Por Daniel Nascimento-e-Silva*


Palmas

Amastha prestigia abertura de empreendimento que investiu meio milhão de reais em Palmas

O empresário Daniel Oliveira, um dos sócios do Wings, afirmou que o planejamento para a instalação do estabelecimento começou há um ano e meio e há oito meses começou a implantação


Tocantins

Projetos sociais desenvolvidos nas unidades prisionais do Tocantins transformam vidas de detentos


Palmas

Prefeita em exercício entrega chave da cidade para presidente do Comadec


Ataídes

Em reunião com trabalhadores rurais, Ataídes concluiu programação no Bico do Papagaio, nessa quinta


Brasil

Deputados do Tocantins são homenageados por vereadores de todo Brasil


Câmara

Líderes de Câmaras Municipais de todo o país são recebidos na Câmara de Palmas


Irrigação

O que é irrigação inteligente?



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira