Friday, 30 de October de 2020

ESTADO


Agronegócio

Produtores de feijão do TO buscam o diferencial da indicação geográfica

03 Jun 2008

Depois de vinho, café, carne e cachaça, agora é o feijão que pode gerar mais uma Indicação Geográfica (IG) no Brasil. Produtores tocantinenses do Vale do Rio Javaés se reuniram recentemente com representantes do INPI, da Embrapa Arroz e Feijão e da Secretaria de Agricultura do estado, em Palmas, para iniciar o processo de obtenção dos elementos necessários para o pedido de indicação geográfica no INPI. A idéia é valorizar as sementes de feijão do Vale do Rio Javaés que seriam mais resistentes a pragas devido ao solo e à irrigação no local.

O INPI, responsável pela análise e concessão das indicações geográficas, e parceiro oficial no projeto, irá fornecer instrutores nos cursos para os produtores e técnicos locais, orientando-os sobre o processo de registro.

“Eles estão como o Vale dos Vinhedos em 1995. É o início de um processo longo, mas que traz ótimos resultados para quem consegue a indicação geográfica”, comentou Lucia Regina Fernandes, analista de indicação geográfica da Coordenação-Geral de Outros Registros, vinculada à Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros Registros do INPI.

O Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, obteve a indicação geográfica para seus vinhos em 2002. Desde então, só obteve bons resultados. Na região, as terras se valorizaram entre 200% e 500% e, segundo dados da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), o número de visitantes na região cresceu 168% entre 2001 e 2007, passando de 45 mil para 120 mil. A qualidade do produto foi reconhecida até pela União Européia.

Além do vinho do Vale dos Vinhedos, estão protegidos com a Indicação de Procedência a Região do Cerrado Mineiro, para o café, o Pampa Gaúcho da Campanha Meridional, para a carne bovina, e Paraty (RJ), para a aguardente de cana tipo cachaça.

COMPARTILHE:


Confira também:


Eleições 2020

Otoniel participa de debate realizado por acadêmicos da UFT nesta sexta-feira

Segundo os organizadores, o objetivo é oportunizar aos postulantes ao Paço municipal um espaço democrático para o debate de ideias e propostas para áreas fundamentais, como moradia, saúde, educação, geração de empregos e renda entre outras.


Campo

Governo trabalha na implantação de Unidade de Pesquisa e Extensão Rural do Tocantins

Unidade ocupará área de 28 ha, com a instalação de mais de 20 projetos de pesquisas voltado aos produtores rurais para replicação em suas propriedades


Meio Ambiente

Vice-governador Wanderlei Barbosa reforça compromisso do Tocantins com a preservação de seus biomas

As ações foram destacadas no I Encontro Internacional de Governadores pelo Clima


Meio Ambiente

Naturatins autua BRK Ambiental em mais de 8 milhões de reais por poluição ambiental


Região Central

Em Lajeado, Polícia Civil prende em flagrante suspeitos de roubo e estupro


22º BI

22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro comemora 25 anos de criação


Aleto

CCJ da Assembleia Legislativa analisa projetos para pandemia


Aleto

Projeto de Lei do deputado Valdemar Júnior cria Semana Estadual de Conscientização, proteção e orientação sobre a Síndrome de Rett


GT

Grupo de Trabalho-Terminais debate projeto de Concessão dos Terminais Rodoviários do Estado



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira