Wednesday, 17 de July de 2019

ESTADO


viver

Três filhos e uma missão: ser pai e mãe

08 Aug 2018    17:35
ascom/divulgação Três filhos e uma missão: ser pai e mãe Júlio César se dedica aos seis filhos como se Adna ainda estivesse com eles

Se você imagina que ser pai é difícil, então tente ser pai e mãe ao mesmo tempo. O Júlio César de Oliveira, 38 anos é diferente da maioria dos pais, pois tem a incumbência de cuidar e educar os filhos em meio ao o luto pela esposa, Adna Oliveira, que era enfermeira da Secretaria da Saúde de Palmas (Semus).

 

 

A tarefa que era dividida com a esposa, agora é administrada por Júlio com a ajuda dos pais que moravam no Rio de Janeiro e se mudaram para Palmas para oferecer apoio à família. Segundo ele, após perder a companheira, a missão de criar os filhos tomou outro sentido e uma dimensão maior. “Eu não saberia ser pai sem ser dos três, se faltar um, minha paternidade está incompleta e vivendo esse desafio sem a minha esposa. Quando me falta jeito destreza e habilidade sempre me apega a lembrança e ao amor à família que nós construímos juntos”, relata.

 

 

Sobre a dificuldade de administrar a rotina da casa e educar as crianças ele conta que teve que aprender gerenciar os horários e a nova rotina da família trouxe ainda mais responsabilidades. “Eu não imaginava que era tanta coisa assim, pois quem tomava conta dessa parte era a minha esposa. E agora, claro que mesmo com a ajuda dos meus pais, esse momento tem sido bastante desafiador”, explica.

 

 

Os filhos

 

 

Para Júlio César cada filho veio para completar e dar um sentido maior a família. Segundo o pai, Júlio Vitor, o mais velho, com 13 anos é o cuidadoso, atencioso e manifesta o amor e o carinho se dedicando ao cuidado com o pai e aos irmãos. Já o do meio, José Lucas é o coração da casa, o mais sensível, que manifesta mais amor e gosta de ficar grudado. A mascote da família de dois anos, Ana Júlia, é a presença feminina e carrega os traços e características da mãe. “No começo me recordo de uma experiência, de um final de semana que fiquei sozinho com ela, era dia de ir pra missa e acabei faltando porque não consegui pentear o cabelo dela, mas devagarzinho a gente tá aprendendo. Para mim como pai é a presença viva e marcante da Adna no meio de nós”, relembra sorrindo.

 

 

 

Como toda criança os meninos relatam sobre o que mais gostam de fazer - estar na companhia do paizão, das brincadeiras juntos. “Ele é exigente, firme, brincalhão, brinca na hora que tem que brincar, mas o que mais gosto é a parte de se divertir, pega o videogame joga futebol e é muito legal. Eu amo muito meu pai”, fala com muito carinho o filho mais velho, Júlio Vitor Moreira.

 

 

“Eles me completam, me fizeram um homem melhor, me fazem querer ser melhor todos os dias. A gente aprendeu que esse ano é da gente se cuidar, se proteger e se amar”, explica.

 

 

A mãe Adna

 

 

Enfermeira da Rede Municipal de Saúde, Adna faleceu em fevereiro após complicações em órgãos vitais. “A Adna era enfermeira, ela era uma mulher muito atenciosa, habilidosa. Realmente era perfeita na arte do cuidar. Uma mãezona, preocupada, envolvida e comprometida com o sucesso da criação dos filhos”, disse ele, confessando que se inspira muito nela, no que aprendeu ao conviver com a esposa. “Dedico-me aos nossos filhos como se ela ainda estivesse aqui”, desabafa.

COMPARTILHE:


Confira também:


Siqueira no Senado

Governador Wanderlei Barbosa prestigia posse de Siqueira Campos no Senado

Durante discurso, Wanderlei Barbosa ressaltou a importância história de Siqueira Campos, como líder fundamental na criação do Tocantins.

TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos

Irmã da também Audiora Fiscal, Ana Maria Leda Barros e tia do vereador Rogério Freitas, Dra Beth no início da implantação do Estado do Tocantins exerceu o cargo de Coordenadora de Recursos Humanos do Estado


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais


Influencer

Gabriel Farhat comanda direção artística de novo projeto musical



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira