Monday, 18 de November de 2019

GERAL


Água Tratada

BRK Ambiental reforça importância do consumo de água tratada em povoado de Xambioá

04 Oct 2019    18:44

Na manhã desta quarta-feira (02), a BRK Ambiental realizou no povoado Manchão do Meio, do município de Xambioá, uma ação de educação sanitária e ambiental para os moradores do local. A empresa iniciou o abastecimento do povoado neste mês, o que significa que aproximadamente 80 famílias passaram a ter acesso à água tratada. Ao todo, foram instalados mais de 4,5 mil metros de redes de água pela concessionária.

 

Durante a ocasião, representantes da BRK Ambiental e da Prefeitura de Xambioá conversaram com os moradores sobre a importância do consumo da água tratada. O agente comunitário de Saúde, Valmir Rodrigues, explicou para os moradores que o acesso à água tratada na região precisa ser comemorado. "É uma grande melhoria, pois se não houver tratamento da água distribuída aos moradores, os fatores de risco à saúde humana aumentam, ocasionando doenças", esclareceu. 

 

Diversas doenças podem ser transmitidas pelo consumo de água não tratada, como febre tifoide, cólera, diarreia, esquistossomose e até hepatite. O engenheiro da BRK Ambiental em Xambioá, Vinícius Terra, informou que o intuito da empresa é levar mais saúde aos moradores do povoado. "Temos o compromisso de transformar a vida das pessoas por meio do saneamento, e o fornecimento de água tratada nos ajuda nesta tarefa ", explicou.

 

Outros assuntos também foram abordados durante a reunião com os moradores, como a Tarifa Social, que é um benefício que gera descontos na fatura de água para famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A BRK Ambiental é a empresa responsável pelos serviços de saneamento em 47 municípios do Estado do Tocantins, para conhecer a atuação da empresa em Xambioá e região, visite www.brkambiental.com.br.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Receita paga hoje as restituições do 6º lote do Imposto de Renda

O lote contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2018

Economia

Com Selic em queda, poupança pode passar a render menos que a inflação

Outro fator é a redução de recursos para o financiamento habitacional. Atualmente, 65% dos recursos de poupança são destinados aos financiamentos habitacionais.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira