Monday, 16 de September de 2019

GERAL


Economia

Caixa recupera R$ 2,4 bilhões de créditos em 2009

02 Mar 2010

A Caixa Econômica Federal  recuperou em 2009 cerca de R$ 2,4 bilhões de créditos inadimplidos de suas carteiras comerciais e habitacionais por meio de liquidação e renegociação de dívidas. O desempenho é 38% maior em relação aos valores atingidos em 2008 e é apontado como conseqüência da implantação de diversas modificações no modelo de cobrança, promovidas ao longo do ano passado.

Um das ações teve início em junho de 2009, quando a CAIXA reforçou sua atuação em telecobrança para a carteira de créditos com poucos dias de atraso, abrangendo clientes dos segmentos Pessoa Física e Microempresa. A telecobrança passou a ser feita por empresa especializada, com equipe capacitada em realizar contatos e prestar atendimento aos clientes.

Segundo o vice-presidente de Pessoa Física da CAIXA, Fabio Lenza, a fase da telecobrança é muito importante para evitar que a situação de atraso dos contratos se agrave. “Muitas vezes o cliente precisa apenas ser lembrado para realizar o pagamento da prestação”, avalia Lenza.

Outra medida implementada em 2009 reformulou todo o processo de credenciamento de empresas que atuam na segunda fase da régua de cobrança. O trabalho, em diversas faixas de atraso e em sistema de rodízio, abrange períodos de 60 dias em média. Caso uma das credenciadas não obtenha sucesso na cobrança dentro desse período, o crédito é transferido para outra. O sucesso nas negociações com os clientes é fator primordial para a continuidade do credenciamento e há o incentivo para que a recuperação do crédito aconteça no menor prazo possível.

No caso de Pessoas Jurídicas (pequenas, médias e grandes empresas), a cobrança de créditos em atraso passou a ser realizada de forma diferenciada e dependendo de aspectos tais como o prazo de atraso, valor da dívida e perfil do cliente. Os clientes PJ com créditos de maior valor agora podem negociar de forma efetiva diretamente com as equipes das unidades de cobrança da própria CAIXA, também submetidas a ajustes em 2009, de forma a se adequar ao novo modelo.

 

Perspectivas

Para 2010, o banco já prevê implantação de uma nova ferramenta estatística de gestão estratégica, o que possibilitará o aprimoramento ainda maior do processo de abordagem dos clientes em atraso, identificando o melhor canal e o momento mais propício para a cobrança.

De acordo com Fábio Lenza, a consolidação desse novo modelo de cobrança aponta para uma tendência de incremento ainda maior nos resultados obtidos com a recuperação de créditos para os próximos anos, sendo fundamental para a manutenção do equilíbrio das carteiras e para o processo de ampliação da participação do banco no mercado de crédito.

“A CAIXA continuará a expandir suas carteiras de crédito de maneira sustentável, praticando uma das menores taxas do mercado, contribuindo dessa forma para a geração de emprego e renda e para o desenvolvimento do país”, afirma Lenza.

 

Balanço

A CAIXA encerrou o ano de 2009 sendo responsável por 8,8% do crédito ofertado pelo Sistema Financeiro Nacional, frente aos 6,5% de participação em 2008. O saldo da carteira de crédito da CAIXA alcançou R$ 124,4 bilhões, um incremento de 55,3% em relação ao registrado em 2008. No mesmo período o mercado teve um crescimento de 14,9% no estoque de crédito.

A expansão da carteira de crédito ocorreu com a elevação em sua qualidade. Ampliou-se a participação dos créditos classificados de AA a B (baixo risco de crédito) de 69,8%, em 2008, para 78,7%, em 2009. Em igual período, a inadimplência (atrasos superiores a 90 dias) reduziu-se de 2,4% para 2,2% e o percentual de provisão com relação ao saldo da carteira de crédito caiu 1,5 p.p., baixando de 8,6% para 7,1%, indicando a melhoria da qualidade da carteira.

O saldo da carteira comercial alcançou R$ 44,9 bilhões, um aumento de 55,7% frente a dezembro de 2008. O segmento de Pessoas Jurídicas obteve saldo de R$ 23,5 bilhões e o de Pessoa Física, R$ 21,4 bilhões, crescimento de 55,8% e 55,7%, respectivamente, em relação a 2008.

Em Habitação, a CAIXA bateu recorde histórico de contratações. Nos doze meses, os recursos concedidos chegaram a R$ 47,3 bilhões e a R$ 49,3 bilhões, se considerados os R$ 1,4 bilhão em repasses e os R$ 573 milhões realizados por meio de consórcio, aumento de 105,2% frente a 2008. O saldo da carteira habitacional registrou R$ 70,5 bilhões em 2009, valor 56,5% maior do que o ano anterior.

A CAIXA ainda foi escolhida pela Fundação Getúlio Vargas como o melhor conglomerado financeiro e o melhor banco público brasileiro de 2008. As premiações, entregues em junho de 2009, foram o reconhecimento pelas ações desenvolvidas pela Instituição nos últimos anos. (Informações da Ascom/Caixa)

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Receita libera pagamento do 4º lote de restituição do IR 2019

Lote inclui restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018

Vestibular

Inscrições abertas para o Vestibular da Unitins

Processo seletivo tem 480 vagas contemplando todos os cursos da Unitins em Palmas, Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis. Inscrições são feitas exclusivamente pela internet


Ocorrência

Polícia Civil prende mulher suspeita de estelionato no sudeste do Estado

Mulher estava se passando por conselheira espiritual, mas na verdade aplicava golpes em pessoas do sudeste


Proibição

Adapec apreende carga de 10 toneladas de sementes de capim irregular na TO-050 entre Palmas e Porto Nacional

O proprietário da carga foi multado em R$ 2.700,00 e as sementes foram destruídas no aterro sanitário de Palmas.


Tocantins

Adetuc e consultores reúnem-se para definir implantação do Observatório do Turismo do Tocantins


Educação

Com palestras, professor da Rede Municipal de Palmas motiva alunos a enfrentarem obstáculos


Preservação

Praias de Babaçulândia recebem o mutirão de limpeza do projeto Praia Limpa, Praia Viva


Pagamento do FGTS

Caixa estende horário de atendimento amanhã e abre no sábado


Preservação

APA Ilha do Bananal Cantão dedica programação ao Dia Nacional do Cerrado


Visita

Antonio Andrade recebe alunos na Assembleia



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira