Thursday, 12 de December de 2019

GERAL


CEMAF

Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo completa três anos de atuação no Tocantins

15 Nov 2019
Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo completa três anos de atuação no Tocantins

O Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (CEMAF) atua desde 2016 desenvolvendo trabalhos técnicos científicos para suprir demandas na área de monitoramento ambiental. Uma parceria firmada entre a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e a Universidade Federal do Tocantins (UFT), campus de Gurupi possibilitou a implantação do CEMAF há três anos.

Ocupando uma área de pouco mais de 500 m² o centro conta com seis docentes, dois técnicos e vinte cinco alunos de graduação e pós-graduação que trabalham na instituição atendendo o Tocantins no desenvolvimento e elaboração de uma base de dados mais detalhada sobre incêndios florestais e queimadas.

As informações fornecidas pelo Centro de Monitoramento possibilitaram a delimitação efetiva das áreas onde ocorrem incêndios florestais e queimadas do estado do Tocantins. Desde a sua implantação, o CEMAF já desenvolveu diversos planos de prevenção e combate a incêndios orientando os municípios, além de realizar o mapeamento das áreas degradadas pelas queimadas. Isso gera um avanço para o Estado, que conta agora com um cálculo mais realista das situações de cada município.

Inicialmente, o centro trabalhava com o processo de incêndios e agora trabalha mais intensamente o processo de mudança do uso do solo, ou seja, o acompanhamento da dinâmica do uso do solo, monitorando o desmatamento e o crescimento da vegetação, além da identificação de áreas abandonadas.

Nesses três anos, foram agregadas diversas informações que viabilizaram a formação de diferentes bases de dados. De acordo com o coordenador do CEMAF, o professor da UFT Marcos Giongo, “foi possível cruzar os dados históricos dos incêndios com as informações do Cadastro Ambiental Rural [CAR], identificar se o fogo está mais vinculado a grandes latifúndios ou pequenas propriedades e assim estabelecer inúmeras outras relações, por exemplo, a quantidade de desmatamento, compreendendo melhor a dinâmica aqui no Tocantins”.

A composição do novo cálculo do índice do ICMS Ecológico, no que diz respeito às queimadas e incêndios florestais, contou com a participação do CEMAF. O professor Marcos relata que “o centro contribuiu com o grupo técnico de trabalho que auxiliou nas simulações relacionadas a esse novo índice, que deve entrar em vigor nos próximos anos”.

Recentemente o CEMAF e o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) firmaram parceria para a realização de ações no Parque Estadual do Cantão. O objetivo das atividades foi acompanhar o Manejo Integrado do Fogo (MIF) na região, observando os efeitos do fogo na vegetação e no solo. O Centro faz um acompanhamento indireto sobre o MIF, realizando a medição das áreas queimadas e incendiadas em diferentes épocas do ano. Como as ações são realizadas em diversos pontos, o CEMAF consegue fazer o acompanhamento de alguns trabalhos pontuais de pesquisa desenvolvidos pelos discentes que têm vínculo com a instituição.

O Tocantins é o único estado da federação que possui uma base de dados detalhada sobre os incêndios florestais que ocorrem na região. Os benefícios indiretos são as informações geradas e os conhecimentos que são utilizados para o processo na gestão do poder público, tanto na formulação de políticas públicas quanto nas ações técnicas das instituições estaduais municipais e federais. “Quando nós temos um conhecimento detalhado da realidade em um determinado evento como fogo a atuação é mais efetiva quando se conhece a realidade do problema”, afirma o coordenador do CEMAF.

Outras atividades

Há pouco mais de seis meses o CEMAF implantou uma sala verde em sua estrutura que conta com toda infraestrutura necessária para atender a demanda. O espaço é inspirado no projeto de mesmo nome desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente voltado para educação ambiental.

A sala do CEMAF está à disposição para a realização de aulas, cursos e oficinas em espaços abertos e mais envolvidos com a vegetação típica do Cerrado. A sala recebe diversos alunos da UFT e demais instituições de ensino de Gurupi e região. Os interessados em agendar um horário para aula devem entrar em contato com o CEMAF com antecedência através do site da instituição.

O CEMAF desenvolve também um trabalho de reflorestamento e plantios comerciais. As equipes da instituição já percorreram mais de 28 mil km no estado visitando várias regiões, analisando a questão da produtividade e observando os índices de ataques de pragas, realizando um mapeamento detalhado nos locais visitados.

Além disso, centro recebe diariamente visitas de estudantes do ensino fundamental, médio, superior e servidores do poder público municipal, estadual e federal. Neste ano foram registradas até o momento mais de 700 visitantes que tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre os trabalhos realizados.

COMPARTILHE:


Confira também:


Araguaína

MPF ajuíza Ação Civil Pública contra Claro e Anatel por má prestação de serviços em Araguaína e região

A Ação Civil Pública tem como objetivo reconhecer o vício de qualidade na prestação de serviço de telefonia móvel da Claro em Araguaína e região.

TJTO

Desembargador Ronaldo Eurípedes nega pedido de liberdade provisória a Iury Italu Mendanha

E arrematou sua decisão ponderando que, “em detida análise da ação penal originária, não se verifica desídia ou omissão, seja da autoridade judiciária ou do Ministério Público, que estão exercendo seus respectivos encargos de forma devida e em conformidade


Seciju

Governo do Tocantins realiza dia D de atendimentos em alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos

Ação foi realizada através de parceria entre diferentes secretarias de estado e contou com emissão de documentos, realização de palestras e outras atividades.


Sustentabilidade

Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Lontra e Corda elege novos membros e mesa diretora

O Comitê de Bacia Hidrográfica é um órgão colegiado da gestão de recursos hídricos, com atribuições de caráter normativo, consultivo, e deliberativo que integra o Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos.


Boas novas

Governo apresenta resultados de projetos do Turismo de Base Comunitária no Jalapão, em Brasília


Europa

Comitiva do Tocantins é recebida na Embaixada Brasileira em Madrid


Melhorias

Rodovia que liga Taquaruçú a Buritirana recebe manutenção corretiva e preventiva


Intercâmbio Cultural

Vice-governador e Presidente da Ilha Príncipe manifestam Interesse em Programa de Intercâmbio Cultural


Palmas

Relatório final da LDO é aprovado em sessão extraordinária


CGE

Combate à Corrupção é tema de evento realizado pela Controladoria e parceiros



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira