Thursday, 29 de October de 2020

GERAL


Mãe e filha empresár

Coluna "O TO é de quem faz" traz Mara e Claudiana Castanheira

19 Feb 2009

A única informação que tinha sobre Mara Castanheira era a de esta ser dona de uma simpatia estonteante e do Restaurante Gabriela; o resto pude descobrir quando sentei à mesa, com sua filha, Claudiana. “Minha mãe é uma pessoa super descontraída. Qualquer pessoa se sente em casa na sua companhia.” Elogios à parte, mãe e filha dividem as perguntas da entrevista e se entregam a um gostoso papo sobre grandes histórias, filhos, carreira e futuro.

Casada há 43 anos com o mineiro João Cláudio, a artista plástica Mara Castanheira abandonou as telas pouco depois de se formar. Foi em Uberlândia – MG que ela despertou o gosto pela Gastronomia, e, de lá, veio seguindo as receitas de sua avó Gabriela Pacheco. Daí, nem é preciso dizer para quem foi a homenagem do negócio que começou a tomar forma a partir de 2005, em Palmas. Ainda em planos mineiros, Mara teve seus três filhos e formou dois, Marcelo, o arquiteto, e Claudiana, a pedagoga - como bem frisou.

Tudo começou em 1992, quando, envolvida pelas perspectivas do novo Estado, Claudiana se despede de Minas e muda-se para Porto Nacional. Chegou a lecionar em escolas, e até montar um pequeno negócio. Pouco depois, o destino a fez acompanhar o ex-marido, médico, aos novos planos para a Capital. “Foi assim que me mudei para Palmas. Tentei até lecionar, mas o estímulo para o comércio falou mais alto. Montamos uma loja de roupas íntimas no shopping. Tinha tudo pra dar certo”, conta.

Como uma grande profissional no ramo de costura e confecções, Mara e o marido mudaram-se para a capital do Estado, para ajudar a filha no comércio, “deixando toda uma vida em Uberlândia”. O mercado não galgou por muito tempo. O jeito era inovar. Marcelo, que já não via na Arquitetura uma carreira promissora, resolve montar o restaurante com a família: o Gabriela.

Para Mara, o nome Gabriela não seria apenas uma homenagem à avó, como disse emocionada: “a comida teria que ser como a dela. Com aquele mesmo calor humano de uma casa de avó.” “Lembro-me muito bem, que, na casa dela (da avó Gabriela), a mesa era sempre posta. Tinha comida o tempo todo.” Nesse momento da entrevista, a filha interrompe. “Mas a casa da senhora é sempre assim. É uma tradição”, descontrai.

Mara é avó de Tiago, 15, e Antônio, 9, e diz apostar na Capital para educar os netos e impulsionar os negócios. “Palmas, para mim, significa o futuro dos meus netos. Um futuro bem próximo. Eu acredito nesta Capital”. A pergunta que não queria calar e que, sutilmente, chega até o final da entrevista, ganhou de Mara, aquela mulher loira e vaidosa, a seguinte resposta: “Eu não escondo minha idade. Mas colocar num jornal assim... É ruim, né?” – risos.

Mara e Claudiana Castanheira acompanharam todo o crescimento do Estado. Aqui, ganharam filhos e netos (respectivamente), e são algumas das filhas do Brasil que escolheram este Estado para viver e crescer. Elas são “tocantinenses que fazem”.

COMPARTILHE:


Confira também:


Perspectiva

Confiança do empresário do comércio palmense volta a subir em outubro

A maior parte dos entrevistados (88,1%) disseram possuir a expectativa de aumentar o número de funcionários, o que também traz esperança a milhares de desempregados.

Meio Ambiente

Naturatins autua BRK Ambiental em mais de 8 milhões de reais por poluição ambiental

As autuações contra a BRK ambiental ocorreram em virtude de a empresa lançar de forma irregular efluentes nos recursos hídricos do Estado do Tocantins, acima dos padrões exigidos pela legislação ambiental.


Região Central

Em Lajeado, Polícia Civil prende em flagrante suspeitos de roubo e estupro

O roubo foi praticado pelos vizinhos das vítimas. Além da subtração de objetos, os suspeitos teriam estuprado a mulher.


22º BI

22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro comemora 25 anos de criação

O batalhão foi criado por meio da Portaria Ministerial nº 077, de 27 de outubro de 1995, e designado herdeiro das tradições do extinto 22º Batalhão de Infantaria Motorizado (22º BIMtz), localizado na cidade de Barra Mansa, no estado do Rio de Janeiro.


Aleto

CCJ da Assembleia Legislativa analisa projetos para pandemia


Aleto

Projeto de Lei do deputado Valdemar Júnior cria Semana Estadual de Conscientização, proteção e orientação sobre a Síndrome de Rett


GT

Grupo de Trabalho-Terminais debate projeto de Concessão dos Terminais Rodoviários do Estado


Eleições 2020

Na Fecomércio, Prefeita Cinthia apresenta propostas de retomada da economia pós-pandemia


Interior

Carlesse autoriza recuperação de estradas vicinais e Colégio Militar de Cristalândia


TO Seguro

Empreendedores do Jalapão aderem ao TO Seguro para garantir a saúde dos turistas e trabalhadores do setor



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira