Friday, 10 de April de 2020

GERAL


Tocantins

Educação inicia período de confirmação de matrículas para alunos da rede estadual

08 Jan 2020
Katriel Bernardes/ Governo do Tocantins Educação inicia período de confirmação de matrículas para alunos da rede estadual

Começou nesta quarta-feira, 8, o período de confirmação de matrículas nas escolas da rede estadual de Educação, para os alunos que fizeram parte do processo de transferência automática. Neste caso, os pais ou responsáveis vão até a escola levando a documentação exigida e efetua a matrícula do filho. A confirmação da matrícula poderá ser feita até a sexta-feira, 10, e as aulas estão previstas para serem iniciadas no dia 3 de fevereiro.

Para efetuar a matrícula, estão sendo exigidos os seguintes documentos: certidão de nascimento ou casamento, histórico ou declaração escolar, comprovante do serviço militar para alunos do sexo masculino com idade entre 19 e 45 anos, Carteira de Identidade, CPF, comprovante de endereço atualizado e uma foto 3x4 recente. Para os estudantes com idade até 18 anos, a recomendação é apresentar o cartão de vacina, e para os alunos que são beneficiários dos programas sociais é necessário a apresentação do cartão do SUS ou do NIS. 

Em 2020, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) ofertará 180 mil vagas, em 499 escolas, distribuídas nos 139 municípios tocantinenses, com o atendimento de educação de qualidade e diversificada, com a oferta do ensino em escolas indígenas, quilombolas, do campo, militares, nas unidades que funcionam na modalidade integral, nas instituições que ofertam o ensino técnico-profissionalizante e nas diversas escolas urbanas.

CEM Tiradentes

Nesta quarta-feira, mais de 100 pais procuraram o Centro de Ensino Médio Tiradentes, em Palmas, no período da manhã, para a confirmação das matrículas. A gestão da unidade escolar montou uma equipe especializada para atender e orientar pais e estudantes.

O CEM Tiradentes está recebendo alunos da Escola Municipal Antônio Carlos Jobim, da Escola Municipal Darcy Ribeiro, do Instituto Presbiteriano Educacional e Social (Ipes) e da Escola Municipal de Tempo Integral Fidêncio Bogo.

Gediolon Carneiro de Sousa chegou cedo à escola para garantir a vaga da filha Aline Inês Lima Carneiro, nas turmas do período da manhã. “Procuro sempre orientar meus filhos sobre a importância de aproveitar o que a escola oferece”, contou.

José Antônio de Moraes foi matricular o seu filho Carlos Victor Silva, 15 anos. “Fui um dos primeiros a chegar à escola. Nessa fase de adolescência, procuro estar mais próximo, caminhar lado a lado e sempre mostrar o caminho”, frisou.

José Adalton Rodrigues de Sousa foi efetuar a matrícula dos gêmeos Oseias Almeida Rodrigues e Mateus Almeida Rodrigues, 15 anos. Ele comentou que explica para os filhos sobre a importância de estudar.

Adonília Teixeira da Silva é avó da estudante Bianca Valadares Batista, 15 anos. “Eu saio para o trabalho e já deixo Bianca se arrumando para ir estudar. Sempre que posso vou à escola acompanhar como a minha neta está se comportando e como está a sua aprendizagem”, ressaltou.

Josiane Freitas é mãe de Luan Oliveira Freitas, 15 anos. “Desde a infância que saio para o trabalho e já deixo o meu filho na escola. Tenho referências que o CEM Tiradentes é uma ótima escola, que exige dos estudantes, por isso fiz questão de chegar cedo para efetuar a matrícula”, afirmou.

Janete Valadares Correia, secretária do CEM Tiradentes, explicou que mesmo com um fluxo grande de pais e estudantes, a escola está preparada para atender e orientar a todos. “Hoje estamos atendendo aos pais dos alunos oriundos de escolas municipais e conveniadas que irão cursar a 1ª série do ensino médio. Antes de iniciar o processo de confirmação de matrículas, conversamos com os pais, mostrando as mudanças que os filhos irão passar, saindo do ensino fundamental e indo para o ensino médio, que é mais complexo”, explicou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Grau de fiscalização dos decretos Municipais é determinante para evitar possíveis contágios no Tocantins, diz ATM

Prefeituras devem promover forças-tarefa de fiscalização para orientar população sobre isolamento social e monitorar atendimentos no comércio


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira