Thursday, 02 de April de 2020

GERAL


Eleições em Pugmil

Eleição Suplementar de Pugmil acontece neste domingo, 2

31 Jan 2020
Divulgação Eleição Suplementar de Pugmil acontece neste domingo, 2

Marcada para o próximo domingo (2/2), a eleição suplementar de Pugmil terá três candidatos à prefeito da cidade para o mandato tampão que se encerra em dezembro deste ano. Ao todo, 1.751 eleitores estão aptos a votar no pleito.

A votação será das 8 às 17 horas, em sete seções divididas em dois locais de votação. Concorrem aos cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, os candidatos Dircineu Francisco Bolina e Ângelo Mário Pereira da Silva, da Coligação Muda Pugmil (MDB e PSDB); Nazaré Amâncio de Souza e Antônio Galvão Neto, da Coligação Seriedade e Trabalho (PTB e Cidadania); e Valmor Hagestedt e Helena Rosa V. de Faria Castro, da Coligação A Verdadeira Mudança (PSB, PSL).

A eleição suplementar acontece após o julgamento, em novembro do ano passado, de uma Reclamação pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que decidiu manter a decisão do TRE-TO para cassar os mandatos da prefeita Maria de Jesus Ribeiro da Silva Mendes e do vice-prefeito Elton Barros Coelho, em decorrência de captação e gastos ilícitos de recursos e abuso de poder econômico na campanha.

Cerimônias

Nesta sexta-feira (31/01), às 16 horas, haverá a conferência visual das urnas no cartório da 7ª Zona Eleitoral de Paraíso do Tocantins, com verificação da data e horário do dispositivo. Constatada eventual necessidade, é realizado o ajuste por meio de programa específico desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Já no sábado (01/02), às 12 horas, ocorre a cerimônia de oficialização do Sistema de Gerenciamento, com emissão do relatório Zerésima. O documento comprova a não existência de votos registrados no sistema.

Locais de votação

Para os eleitores inscritos nas seções 85, 101, 127 e 142, o local de votação será o Colégio Estadual Darcy Ribeiro. Já aqueles que pertencem às seções 150, 152 e 153 deverão votar na Escola Municipal José Batista Maciel Bastos.

Após o fim da votação, a apuração dos votos poderá ser acompanhada pelos sistemas de divulgação de resultados da Justiça Eleitoral na WEB (http://divulga.tse.jus.br/oficial/index.html), por aplicativo para celular (Resultados) ou aplicativo para computador.

A diplomação dos eleitos será realizada até 14 de fevereiro. (Ascom). 

COMPARTILHE:


Confira também:


Justiça

STF pede manifestação do presidente sobre medidas contra covid-19

Ação foi movida pela OAB; Bolsonaro não é obrigado a se manifestar


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira