Friday, 07 de August de 2020

GERAL


Sesau

Estado negocia dívida e garante serviço de segurança no Hospital Geral de Palmas

29 Apr 2015

A implantação acontece depois que o governo do Estado negociou dívida no valor de R$ 3.242.161 deixada pela gestão passada. Desse valor, R$ 1 milhão já foi pago e o restante negociado.

O serviço de segurança visa o controle de acesso ao HGP, bem como o acompanhamento de trabalho e funcionamento do hospital, que já possui circuito de câmeras que registram as movimentações dentro da unidade. Além disso, colaboradores que atuam nas portarias já receberam treinamento para o registro da entrada e saída de pessoas e nos próximos dias será iniciado o cadastro dos servidores.

"Com o funcionamento das catracas, o registro de acesso para entrada e saída também será obrigatório para todos os visitantes, que deverão se identificar na portaria. Essa ação visa garantir a segurança de quem está dentro do hospital, além de proteger o patrimônio material das unidades hospitalares", destaca o secretário de Saúde, Samuel Bonilha.

Acompanhando um paciente no HGP, Idalia Rodrigues, disse que a presença de vigilantes no hospital é importante e causa sensação de mais segurança. "A atuação deles é necessária, principalmente no momento de situações complicadas", explicou. Já Maria Edilma Rocha, que atua como agente de portaria, destaca que a segurança também tem contribuído com a organização dos estacionamentos e do fluxo de entrada na unidade. "O importante disto tudo, é que as pessoas passaram a nos respeitar mais e obedecer às normas de acesso ao hospital", comemora.

Em outras unidades

Segundo o diretor de Tecnologia da Informação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Adams Cirino Gregório, além do HGP as catracas funcionarão, em breve, no Hospital Regional de Araguaína (HRA), Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR) e Hospital Infantil de Palmas (HIP). O primeiro passo rumo à automatização foi dado com treinamento dos agentes de portaria do Hospital Infantil e do Hospital Geral com objetivo de deixá-los aptos a manusear o sistema de acesso. No mês passado, os colaboradores foram divididos em três turmas que participaram de aulas teóricas e práticas.

"As catracas irão funcionar para todos os servidores e visitantes. O HGP, que é uma unidade maior, precisará de mais tempo para entrar em funcionamento completo. Neste momento a unidade está levantando os nomes para, posteriormente, dar início às coletas de digitais", explica.

Assim que o sistema estiver em funcionamento, os visitantes devem apresentar um documento oficial com foto para realizar o cadastro de acesso. Uma vez feito, o cadastro é permanente e nas próximas visitas será necessário apenas a apresentação de um documento de identificação

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Alguns dos sintomas das duas doenças são iguais

Auxílio Emergencial

Governo do Tocantins orienta sobre o calendário da 5ª parcela do Auxílio Emergencial para o Bolsa Família

O Auxilio Emergencial para o Bolsa Família segue o cronograma padrão do benefício e o pagamento inicia em 20 de agosto e termina no dia 31.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira