Saturday, 06 de June de 2020

GERAL


Covid-19

Movimento Energia do Bem beneficia população tocantinense

08 Apr 2020

As primeiras ações do movimento Energia do Bem, criado pela Energisa para ajudar no combate à pandemia de Covid-19, já estão acontecendo no Tocantins. A empresa disponibilizou o caminhão Nossa Energia – programa de eficiência energética da Energisa – para auxiliar a Secretaria de Saúde do Tocantins na vacinação da população, principalmente dos municípios mais pequenos, evitando mais aglomerações nas Unidades de Pronto-Atendimento e Postos de Saúde e direcionando para atendimentos de urgência.

A Energisa ainda deixou o seu corpo técnico à disposição do Governo do Estado para novos alinhamentos e estudos, caso surjam demandas de ampliação de carga de energia de alguma unidade de saúde. A empresa está empenhada e seguirá em contato com a Secretaria de Saúde para analisar e agilizar as ações que forem necessárias para o combate à pandemia.

Por fim, a concessionária de Energia também firmou parceria com a Polícia Militar do Tocantins para implementar mais uma ferramenta na orientação e fiscalização das ações de combate à pandemia do conoravírus. Agora a PM conta com a tecnologia do drone para observar e orientar o cidadão no cumprimento das normas para garantir a segurança da população.

“Assumimos esse compromisso com a população e o Governo do Tocantins com a intenção de ajudar a salvar vidas, isso que é o mais importante. Neste momento, nós, da Energisa, estamos juntos com a sociedade. E vamos ajudar no que for possível, com ações de responsabilidade social”, afirma o diretor-presidente da Energisa Tocantins, Marcio Zidan.

Energia do Bem

O Grupo Energisa criou o Energia do Bem para viabilizar ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela doença. Trata-se de uma rede de atuação orgânica, que já reúne 13 parceiros, envolvidos em iniciativas que incluem obras elétricas em unidades públicas de saúde e captação de recursos para assistência a idosos. Também foi criado o portal Energia do Bem (www.movimentoenergiadobem.com.br), com informações confiáveis sobre a doença e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social.

O Grupo Energisa investirá R$ 5 milhões no movimento em todos os estados onde atua. Os recursos serão aplicados em diversas frentes mapeadas junto ao poder público local. “O foco é sempre em ações orgânicas e dinâmicas, mas articuladas com as necessidades do poder público em cada localidade”, afirma a Vice-Presidente de Gente e Gestão do Grupo Energisa, Daniele Salomão.

Entre os parceiros envolvidos no movimento estão Confederação Nacional da Indústria (CNI), IEL – Instituto Euvaldo Lodi, Sesi/Senai e Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata (MG) e Evoé. A Unesco fará uma curadoria de conteúdos educativos para o portal.

Sobre a Energisa

Com 115 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 16,9 bilhões (ano 2019), o Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de quase 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar aproximadamente 19 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energias renováveis (Alsol).

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 301 casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 5.182 casos no total, destes, 1.933 pacientes estão recuperados, 3.160 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 89 pacientes foram a óbito.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira