Saturday, 22 de February de 2020

GERAL


Endividamento

Palmenses continuam acima de média nacional quando o assunto é endividamento

10 Dec 2019

No mês de novembro, a pesquisa que mede o endividamento e a inadimplência dos consumidores de Palmas (PEIC) mostra que os palmenses estão ainda acima de média nacional no índice de endividamento. Já na inadimplência, Palmas está abaixo da média, assim como os que não terão condições de quitar essas dívidas em atraso. Neste mês foram registradas quase 58 mil pessoas endividadas.

Dentre os entrevistados 70,5% estão endividados. Desse total, 61,5% consideram-se pouco endividados e 12,2% estão com dívidas em atraso. Apenas 0,2% não terão condições financeiras para pagar suas dívidas, índice que estava zerado desde fevereiro. Desse nicho de endividados com contas em atraso, 47,5% estão com atrasados por até 30 dias, sendo a média de 42,7 dias.

“O endividamento não é necessariamente negativo, se não for acompanhado de um aumento expressivo da inadimplência. A dívida com responsabilidade e compatível com a renda possibilita a aquisição de bens importantes para as famílias, sejam eles bens duráveis ou até mesmo imóveis”, observou o presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Tadros.

O presidente do Sistema Fecomércio, Itelvino Pisoni, reafirma esse posicionamento. “Nós sabemos que para o comércio se o cliente tem potencial de consumo, seja por crédito ou carnês, isso é bom, pois gera vendas. Porém se as pessoas se endividam e não tem condições de pagar, aí já existe um ponto preocupante para o empresário. Mas o índice no Tocantins ainda está muito abaixo do nacional, então não é necessária uma grande preocupação”, ressaltou.

A maioria dos consumidores, 69,6%, disseram que comprometem sua renda familiar em torno de 11 a 50%, ficando a média em 33,4%. Já sobre o comprometimento em tempo com dívidas, 43,2% estão comprometidos com dívidas que perduram por mais de 1 ano. A média de tempo de comprometimento com dívidas é de 8 meses.

O ranking das principais dívidas continuam sendo: cartão de crédito, financiamento de carro, carnês e financiamento de imóvel.


(Ascom Fecomércio/TO com informações da Ascom/CNC)

COMPARTILHE:


Confira também:


Palmas

CarnaPraça tem programação de três dias e atrações nacionais

Por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa, Governo do Estado apoia evento que tem início nesta sexta.

Segurança

Governador Carlesse viabiliza horas extras e PM e Bombeiros terão mais efetivo nas ruas

Medida visa melhorar a qualidade do serviço de Segurança Pública oferecido pela população


Assembleia

Projeto que contempla o esporte é destacado por parlamentar

A ação beneficia mais de quatro mil crianças e adolescentes com aulas gratuitas de atletismo, dança, futebol, futsal, karatê e society. O objetivo é estimular a prática esportiva e promover inclusão e cidadania.


ALETO

Assembleia aprecia emenda à MP que instituiu o Fundo Rotativo do Sistema Penitenciário

A emenda modificativa visa a adequar estrutura, termos e redação da MP 29, aperfeiçoando o texto ao regramento jurídico, impedindo o surgimento de múltiplas interpretações quando da operacionalização do Fundo Rotativo.


Tocantins

Roteiros de ecoturismo garantem lazer para quem busca opções sem folia


Mudança

Davi Goveia Junior assume presidência da ATS


Palmas

Restaurante Ermenilde entra no ritmo do Carnaval com programação musical especial para a folia


Ocorrência

Polícia Civil apreende mais de 70 quilos de maconha na região norte da Capital


Meio Ambiente

Parceria entre órgãos ambientais e chacareiros resulta em restauração de área degradada


Setas

Governo e municípios discutem políticas de assistência social no Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira