Monday, 06 de April de 2020

GERAL


Sul do Estado

Polícia Civil apreende grande quantidade de drogas no Tocantins

08 Feb 2020
Polícia Civil apreende grande quantidade de drogas no Tocantins Foram apreendidos 25 quilos de maconha no formato de tablete

Em continuação às ações de combate à criminalidade, no final da noite da última sexta-feira, dia 7, policiais civis da 8ª Divisão Estadual de Investigações Criminais (DEIC – Gurupi), realizaram a apreensão de aproximadamente 25 kg de drogas que estavam em poder de um homem e uma mulher, os quais foram presos em flagrante por tráfico interestadual de drogas.

A ação que resultou na apreensão desta grande quantidade de entorpecente foi deflagrada há alguns dias, quando os policiais civis da DEIC obtiveram informações de que uma mulher de 30 anos estaria se deslocando a outro Estado para trazer drogas que seriam comercializadas durante o período de carnaval em Gurupi.

De posse das informações, os agentes passaram a diligenciar e descobriram que, possivelmente, a suspeita estaria regressando a Gurupi, na sexta-feira. Deste modo, os policiais civis foram até as imediações do município de Talismã, onde montaram campana às margens da rodovia que faz a ligação com dos estados do Tocantins e de Goiás e, assim, identificar o veículo em que a investigada estava.

Por volta das 23h20, os policiais conseguiram interceptar um automóvel, modele Ágile, o qual era ocupado por um casal e uma criança. De imediato, os policiais começaram uma minuciosa busca no interior do veículo e descobriram várias barras de maconhas escondidas nos forros das portas, bem como no compartimento do motor, próximo ao radiador e na grade do carro. Após a abordagem, os policiais conseguiram retirar 25 tabletes grandes maconha, totalizando 25 kg da droga.

Desse modo, a mulher, que já tem passagem pela polícia por tráfico de droga e o homem que ocupavam o veículo foram conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil em Alvorada, onde os dois foram autuados por tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico. Na unidade policial, os investigadores também descobriram que havia um mandado de prisão em aberto contra a mulher por regressão de regime, em virtude de condenação por tráfico de drogas. Dessa forma, a ordem judicial também foi cumprida pela autoridade policial.

Após a realização das providências legais cabíveis, os dois indiciados passaram à custódia do sistema prisional do Estado. A ação, realizada pela DEIC e com apoio e orientação da DRACCO é mais um duro golpe contra à criminalidade, uma vez que as drogas apreendidas não mais chegarão as mãos de traficantes e usuários da cidade de Gurupi.

COMPARTILHE:


Confira também:


Seu bolso

Sindiposto-TO diz que preço do combustível no Tocantins não cai por culpa de distribuidoras e pede providências da ANP

Os revendedores destacam que as três grandes companhias, que detém cerca de 70%, estão segurando as quedas de preços da Petrobras, bem como dos biocombustíveis.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira