Friday, 06 de December de 2019

GERAL


Operação Ruptura

Polícia Civil deflagra operação ruptura e prende vários criminosos em Araguaína

20 Sep 2019
Divulgação Polícia Civil deflagra operação ruptura e prende vários criminosos em Araguaína

Policiais Civis de várias delegacias de Araguaína, coordenados pelos delegados Alexander Pereira da Costa, Bruno Boaventura, Felipe Crivelaro e Breno Eduardo Campos e Adriano Carvalho deflagram nesta sexta-feira, 20, uma grande operação de combate à criminalidade, denominada “Ruptura” a qual resultou na prisão de cinco indivíduos, suspeitos pela prática de crimes diversos, bem como apreenderam uma motocicleta e uma arma de fogo, na região da “Feirinha”, naquela cidade.

De acordo com os delegados, a operação teve início ainda no começo da manhã e contou com a efetiva participação de mais de 30 policiais civis da Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC), Divisão Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC), bem como da Divisão de Repressão a Roubos (DRR).

Divididos em várias equipes, os policiais se deslocaram até uma residência, situada na região da feirinha, onde localizaram o indivíduo de iniciais R.R.D.S., vulgo “Marreta”, de 31 anos de idade, elemento de alta periculosidade e um dos principais líderes que comanda o tráfico de drogas no local, além de ser integrante ativo de uma facção criminosa de renome nacional que também atua no Tocantins.

Contra esse indivíduo, os policiais civis cumpriram dois mandados de prisão preventiva por tráfico de drogas. Além disso, o homem é investigado em outros procedimentos policiais e possui várias passagens pela polícia por crimes como roubo majorado e homicídio.

 Na ocasião, policiais civis da DEIC e da DENARC localizaram e também deram cumprimento a mandado de prisão contra J.C.D.S foragido da Justiça por associação ao tráfico de drogas e que também estava na região da Feirinha. Segundo o delegado Bruno Boaventura, o indivíduo estava de posse de um celular furtado e, dessa maneira, também foi autuado em flagrante por receptação. J.C.D.S já estava sendo investigado pela Polícia Civil e era um dos alvos da Operação Aquárius, que foi deflagrada, no início desse mês e objetivou desarticular uma associação criminosa volta para o tráfico de drogas, que agia em Aaguaína.  

Em ação simultânea, uma equipe de policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), coordenada pelos delegados Felipe Crivelaro e Breno Eduardo Alves Campos  foi até uma residência localizada nas imediações da Feirinha, onde localizou três indivíduos, os quais estavam de posse de uma motocicleta roubada, além de um revólver calibre 38, municiado com seis cartuchos intactos. Dessa forma, a mulher de iniciais E.A.B, de 20 anos, e os indivíduos de iniciais L.N.S e M.D.C.C.O, ambos de 19 anos de idade três foram conduzidos até à sede da DRR, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação dolosa, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, os quatro homens presos serão encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. A mulher será recolhida à Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia, onde ficará à disposição da Justiça.  

COMPARTILHE:


Confira também:


Primeiro Lugar

Portal O Girassol e Jornalista Suzana Barros conquistam Prêmio Adpeto de Jornalismo

Jornalista Suzana Barros conquistou a premiação com a matéria "As faces da violência contra a mulher".


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira