Wednesday, 08 de July de 2020

GERAL


Operação Medusa

Polícia Civil prende 15º suspeito da Operação Medusa

21 Aug 2019
Divulgação Polícia Civil prende 15º suspeito da Operação Medusa

Mais um suspeito com mandado de prisão preventiva decretado em decorrência da Operação Medusa, visando combater a atuação de facção criminosa de renome nacional com atuação no Tocantins, foi preso pela Polícia Civil do Tocantins, por meio da 54ª Delegacia de Polícia de Caseara, na região Extremo-Oeste do Estado, nesta terça-feira, 21.

 

P.H.S.C., vulgo “Bafo”, 25 anos, é suspeito de integrar o grupo criminoso que realizou três ataques simultâneos a ônibus em cidades tocantinenses no ano passado. A ação policial foi coordenada pelo delegado Antonio Onofre Filho.

 

Todos os ataques ocorreram   em 2018 como forma de “batismo” ou entrada na referida facção criminosa, inclusive com citações denominadas “salve” à referida facção como prova de ascensão no ambiente criminal.

 

De acordo com o delegado Wanderson Chaves, após tomar conhecimento da existência de mandado de prisão preventiva decretado, policiais civis de caseara realizaram diligências investigativas a fim de levantar a localização do suspeito, tendo o encontrado na residência de seus pais, naquela cidade. “Foram encontradas materialidades delitivas que confirmam ter existido um “SALVE” para a queima dos ônibus no Estado. A ordem foi emanada em cadeia decrescente de comando. O preso desta quarta-feira, conhecido como “bafo”, atuou em parceria com outros suspeitos, na coordenação dos ataques, inclusive convocando reuniões, escolhendo comparsas em Palmas e em cidades do interior para a execução dos atos incendiários”, afirmou.

 

Operação

 

No último dia 15, a Polícia Civil deflagrou simultaneamente em cinco cidades do Estado, como também em Goiás e Pará, a Operação Medusa, visando combater a presença de facção criminosa de renome nacional com atuação no Tocantins. Na mitologia grega, a Medusa era o ser supra-humano representada pelo sexo feminino, significada com serpentes no lugar dos cabelos. Quem a olhava diretamente nos seus olhos automaticamente se transformava em pedra. Para eliminá-la, apenas um golpe certeiro em sua cabeça eliminaria seu histórico de maldades.

 

Dos 25 mandados de prisão preventiva decretados, 15 já foram cumpridos. A operação segue na busca dos demais suspeitos. 

COMPARTILHE:


Confira também:

O Universo

Opinião

O Universo


Operação Lockdown

Sistemas Penitenciário deflagra quinta fase da Operação Lockdown

A Operação visa limitar o recebimento de novos presos às unidades prisionais do Tocantins durante a pandemia do novo coronavírus

Unitins/Sisu

Inscrições abertas para 280 vagas na Unitins para ingresso no semestre 2020/2 via Sisu

Vagas são ofertadas nos câmpus Palmas e Paraíso; inscrições acontecerão até o dia 10 de julho pelo site do Sisu


Saúde

Cuidado com as dores gastroabdominais

Elas podem estar sinalizando para enfermidades como a apendicite, a diverticulite e a colecistite. Especialista alerta para a evolução rápida e risco de morte das três inflamações do abdômen


Sanidade

Novo caso de mormo no Tocantins é confirmado em São Salvador

A constatação veio após a realização do exame complementar confirmatório western blotting


Taquaruçu

Circo de Família e o amor como resposta


Prevenção

Campanha Nacional de vacinação contra Influenza é prorrogada até dia 24 de julho


Regulação

ATR implementa atendimento presencial por agendamento


Justiça

Produtividade na Justiça Federal no Tocantins ultrapassa a marca de 26 mil processos julgados durante período de trabalho remoto


Tocantins

Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação


Infraestrutura

Entrega de máquinas fecha ações do Governo do Tocantins em infraestrutura rodoviária no primeiro semestre de 2020



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira