Thursday, 09 de April de 2020

GERAL


Palmas

Prefeitura notifica empresa para fazer limpeza manual da área atingida por material asfáltico

16 Jan 2015

A presidente da Fundação do Meio Ambiente, Germana Pires, esteve reunida na tarde desta quinta-feira, 15, em seu gabinete, com representantes dos órgãos ambientais para definir as responsabilidades da empresa ECB – Construção  e Pavimentação quanto ao dano causado na tarde de quarta, 14, com o derramamento de  produto próximo a quadra 207 Sul, que escorreu após a chuva, pela Avenida NS-07 até a Rotatória da Avenida Jk, e Córrego Brejo Comprido.
 
Na reunião ficou acordado que todos os órgãos ambientais apresentarão, em conjunto, relatório contendo todo o histórico do incidente ambiental, local atingido pelo produto, características, pontos georeferenciais, resultado da análise laboratorial da  água, pontos atingidos pela mancha de óleo e todo  plano de monitoramento.
 
O relatório será anexado ao processo de notificação e autuação da empresa ECB – Construção  e Pavimentação  que prestava serviços de pavimentação asfáltica  na Avenida NS-07.
 
Na ocasião, a presidente comunicou aos órgãos envolvidos, que a empresa será autuada ainda nesta quinta-feira, 15, para que faça a limpeza manual da mata ciliar e da unidade de conservação, atingida pelo produto asfáltico, conhecido como  CM-30.
 
Após a reunião, a secretária  da pasta  esteve no local em que ocorreu o dano ambiental, acompanhando os trabalhos de remoção do material asfáltico. "Estamos com nossa equipe coletando material em campo para análise laboratorial e vamos notificar a empresa para que em 48 horas limpe manualmente  toda a área atingida", disse.
 
Os trabalhos estavam concentrados na rotatória da Avenida Jk com a Avenida NS-07, onde cerca de 10 homens, faziam a limpeza da mata que dá acesso ao Córrego Brejo Comprido, e  a sucção do líquido  que ficou empossado no asfalto com a utilização de 200 tambores conhecidos como bombonas.
 
De acordo com o proprietário da empresa responsável pelo dano ambiental, Epitácio Brandão Lopes  Filho, uma empresa especializada foi contratada para fazer a retirada de todo o material betuminoso do asfalto e da área verde atingida. "Estamos tentando minimizar os danos causados com várias ações, pois está sob nossa responsabilidade", disse.
 
A força tarefa envolveu diversos órgãos ambientais, entre eles, Guarda Metropolitana Ambiental, Defesa Civil Municipal e Estadual, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Fundação do Meio Ambiente,  e Secretaria Municipal de  Infraestrutura e Serviços Públicos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Grau de fiscalização dos decretos Municipais é determinante para evitar possíveis contágios no Tocantins, diz ATM

Prefeituras devem promover forças-tarefa de fiscalização para orientar população sobre isolamento social e monitorar atendimentos no comércio


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira