Saturday, 28 de November de 2020

GERAL


Troca solidária

Protudores rurais têm a chance de escoar seus produtos

03 Jun 2008

Com 62 edições em mais 50 municípios tocantinenes, o programa “Troca Solidaria” vem a cada dia contribuindo para a economia e fortalecendo o desenvovimento social do Estado. O projeto funciona por meio da atuaçao de uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social, que percorre várias regiões do Estado, circulando, através de troca, produtos como: azeite e mesocarpo de coco babaçu, artesanatos como o capim dourado e a palha de buriti, ovos caipira, frutas, farináceos, mel da região do Bico do Papagaio e produtos alimentícios provenientes da lavoura. “Os produtos perecíveis são encaminhados para instituições sociais da cidade e os não perecíveis seguem para a próxima troca”, explica Valquíria Rezende, secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social.

De acordo com a equipe, dentro da feira é usada uma espécie de moeda, a qual só tem valor na Troca, para facilitar as negociações. A equipe da Setas troca os produtos pela moeda e os beneficiários compram com a moeda o que desejam entre os produtos disponibilizados pela Secretaria.

Segundo Valquíria Rezende, o projeto Troca Solidária é um exemplo de porta de saída para os programas sociais. “Já estamos há um ano com esse movimento, que, para nós que trabalhamos com desenvolvimento social, é uma forma de fortalecer e mobilizar os nossos beneficiários para a geração de renda, entendemos que essa é uma forma de eles acreditarem que podem caminhar com as próprias pernas ofertando os seus produtos, que são de ótima qualidade”, pontua.

COMPARTILHE:


Confira também:


Estado

Governador em exercício conduz última audiência pública do projeto Justiça Cidadã

Projeto visa aproximar o cidadão dos serviços do Judiciário.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira