Friday, 18 de October de 2019

GERAL


Pura Realidade

16 Jun 2010

André Marques
andremarquesadv@hotmail.com


Quem navega pela internet pode observar os diversos ataques aos meios de comunicação, onde, de forma notória, sabemos que alguns são plausíveis. A imprensa no cenário atual é vista como inatingível, abusiva e atrevida.

O palco no pretérito era totalmente diferente, sendo de costumes – eu escrevo e você lê; eu falo e você ouve; eu mostro e você vê. Com advento da internet foi colocado tudo de cabeça para baixo, tornando pouco firme o mundo que era estável dos meios de comunicação para um diálogo que denota o futuro.

Apesar de muitas pessoas não reconhecerem o papel fundamental que a imprensa desempenha para a sociedade, ao fazermos um balanço dos seis séculos de letras impressas, a partir da invenção do alemão Gutenberg dos tipos móveis e da prensa móvel tudo é bastante positivo para a imprensa.

Sendo salutar a prudência dos cidadãos para com a imprensa, a crítica, dentre as vezes estão na contra mão. Suplicando aos eventuais equívocos ocorridos, ou invocando a outras razões, algumas pessoas entendem que as notícias deveriam sujeitar a algum tipo de controle, ou mesmo, à censura como às vezes entende o Judiciário brasileiro.

Os insensíveis não compreenderam que a democracia é impossível sem a imprensa. Devendo, obviamente, ser excluída a “imprensa marrom” deste conceito, aqueles aventureiros que resolveram virar jornalistas, pessoas que trabalham com o registro precário sentem-se no direito de usar a função como moeda de troca, noticiando corrompidamente, ludibriando o cidadão.

A imprensa, sendo boa ou má possui um valor que está acima de um ou outro meio de comunicação, de uma emissora de TV, estação de rádio ou jornal, devendo ser visualizada sempre sem igual.

Um país não pode se considerar democrático havendo uma imprensa censurada, sendo que a imprensa livre e responsável só é possível em países realmente democráticos. Enfim, sabemos que os poderosos com pressão econômica ou política são questões que devem ser solucionadas. Censurar a imprensa em decorrência dos prováveis desvirtuamentos, teriam igual valor, requerer a extinção da democracia em decorrência dos políticos desonrados.

ANDRÉ MARQUES é advogado, consultor, escritor e Doutorando em Direito.andremarquesadv@hotmail.com / www.twitter.com/andremarquesadv

COMPARTILHE:


Confira também:


Praia Limpa

Operação Praia Limpa retira quase 12 toneladas de lixo nos rios Araguaia e do Coco

Dois caminhões carregados de lixo recolhido e 10 responsáveis por acampamentos foram identificados e serão notificados para retirada das estruturas das praias


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira