Friday, 21 de February de 2020

GERAL


Estado

Registro de marcas e patentes aumenta no Tocantins

01 Jul 2013

Registrar uma marca ou patente pode garantir ao pesquisador o direito intelectual sobre sua invenção. No Tocantins o número de atendimentos a este público cresceu nos últimos anos e a burocracia não é mais obstáculo neste processo. 
 
O senhor Erni de Souza, 54, morador de Palmas, é empresário e na hora do descanso ocupa seu tempo elaborando projetos para patentear suas ideias. Erni é inventor e nos últimos anos já teve quatro dos seus projetos patenteados pelo INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial, órgão vinculado ao MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
 
No Tocantins, o registro de marcas e patentes é realizado por meio da Sedecti – Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação que auxilia os interessados em patentear ou registrar uma marca.
 
“O projeto do capacete com sinalização foi patenteado e já tem uma empresa nacional interessada’’, diz o inventor que possui mais três projetos prontos e em processo de registro. “No máximo em uma semana vou registrar a patente destes novos projetos que são ligados a área de saúde e segurança”.
 
O registro de marcas e patentes no Estado vem crescendo nos últimos anos, destacam Fernando Marinho e Islâinne Morais, colaboradores da Sedecti responsáveis pelo departamento no órgão. Segundos os servidores de janeiro a junho deste ano foram feitos 72 atendimentos, sendo 56 para marcas e 16 para registro de patentes. No ano passado, de maio a dezembro, foram feitos 145 atendimentos, sendo 116 para marcas e 29 para patentes. 
 
A busca pelo registro é de pessoa física, jurídica e Empreendedor Individual, “buscamos além de orientar ajudar também no procedimento junto ao INPI e mostrar ao interessado que não existe burocracia neste processo”, diz Islâinne, que acrescenta que a ação é simples, pois tudo é feito online, “além disso, aqui na Sedecti, fornecemos todos os dados necessários para o interessado ter garantido seu registro no INPI”.
 
Entenda o que é marca e patente
 
Marca: segundo a lei brasileira, é todo sinal distintivo, visualmente perceptível, que identifica e distingue produtos e serviços, bem como certifica a conformidade dos mesmos com determinadas normas ou especificações técnicas. A marca registrada garante ao seu proprietário o direito de uso exclusivo no território nacional em seu ramo de atividade econômica. Ao mesmo tempo, sua percepção pelo consumidor pode resultar em agregação de valor aos produtos ou serviços.
 
Patente: é um título de propriedade temporária sobre uma invenção ou modelo de utilidade, outorgado pelo Estado aos inventores ou autores ou outras pessoas físicas ou jurídicas detentoras de direitos sobre a criação. Em contrapartida, o inventor se obriga a revelar detalhadamente todo o conteúdo técnico da matéria protegida pela patente.
 
Como registrar
Na primeira etapa é aconselhável realizar uma busca prévia da marca para saber se já existe registro no mercado. Existem duas formas de encaminhar um pedido de registro de marca ao INPI: pela internet, através do sistema e-Marcas e através do formulário em papel.
 
Para obter os formulários de registro e o passo a passo basta acessar www.inpi.gov.br ou entrar em contato com a Sedecti no telefone (63) 3218-2003 ou, ainda, pelo e-mail islainne@sictur.to.gov.br
 
 
O que é INPI
O INPI é responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual para a indústria. Entre os serviços do órgão estão os registros de marcas, desenhos industriais, indicações geográficas, programas de computador e topografias de circuitos, as concessões de patentes e as averbações de contratos de franquia e das distintas modalidades de transferência de tecnologia.

COMPARTILHE:


Confira também:


Feriado de Carnaval

Governo decreta ponto facultativo nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro

Os servidores do estado terão feriado prolongado

Estradas

Governo orienta condutores para uma viagem segura durante o feriado de Carnaval

Os motoristas precisam atentar de que a segurança no trânsito depende, além da boa trafegabilidade das estradas, da conduta prudente ao volante e do bom estado dos veículos.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira