Tuesday, 11 de December de 2018

GERAL


Reunião técnica discute estratégias do Programa Mais Alfabetização no Tocantins

09 Aug 2018    20:51
Divulgação Reunião técnica discute estratégias do Programa Mais Alfabetização no Tocantins O evento reúne cerca de 130 representantes dos 126 municípios que aderiram ao Programa

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) realizam, nesta quinta-feira, 9 de agosto, a 1ª reunião técnica estadual do Programa Mais Alfabetização, de iniciativa do Ministério da Educação (MEC). O evento reúne cerca de 130 representantes dos 126 municípios que aderiram ao Programa, na Escola de Tempo Integral Almirante Tamandaré, em Palmas. 

Durante a reunião, são abordadas as estratégias de trabalho, funções e atribuições do professor alfabetizador, do assistente de alfabetização, do coordenador pedagógico e coordenadores responsáveis pelo desenvolvimento do Programa nos municípios. 

Conforme a coordenadora estadual do Mais Alfabetização, pela Undime, Ana Célia Dora da Silva, a reunião tem o objetivo de alinhar estratégias para alcançar as metas do Programa. “A proposta é assegurar a alfabetização dos estudantes regularmente matriculados no 1º ano e no 2º ano do ensino fundamental, com acompanhamento pedagógico específico e apoio aos estudantes para a prevenção ao abandono, à reprovação, à distorção idade/ano”, destacou. 

Já a técnica pedagógica da Gerência de Apoio aos Municípios da Seduc, Celestina Maria Pereira de Sousa, falou da finalidade do Programa. “O Mais Alfabetização visa fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização, com garantia de recurso para o assistente de alfabetização e aquisição de materiais pedagógicos. Serão mais de 31.007 alunos da rede estadual e municipal no Estado do Tocantins atendidos”, pontuou. 

Ao longo do dia, serão discutidas, ainda, as funcionalidades do Sistema de Monitoramento do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF), utilizado para o acompanhamento do Mais Alfabetização em cada escola e rede de ensino em tempo real, além de subsidiar a tomada de decisão pelos gestores da educação.

Para a coordenadora municipal do Programa em Darcinópolis, Márcia Cristina Dias Cunha, a reunião é um momento importante para o início do Mais Alfabetização no Estado. “Nesta reunião, os professores e assistentes podem sanar dúvidas sobre todo o processo, compartilhar experiências e aprender melhor sobre o Sistema de Monitoramento do Programa, para melhorar o aprendizado dos estudantes”, finalizou.

Mais alfabetização 

O Programa Mais Alfabetização, criado pela Portaria nº 142, de 22 de fevereiro de 2018, é uma estratégia do Ministério da Educação (MEC) para fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização dos estudantes regularmente matriculados no 1º ano e no 2º ano do ensino fundamental, diante dos resultados da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), do Sistema de Avaliação da Educação (Saeb).

O Programa Mais Alfabetização fundamenta-se na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que determina o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

26

PARABÉNS!
PARABÉNS!

28

BOM
BOM

25

AMEI!
AMEI!

20

KKKK
KKKK

27

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

24

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

23

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

educação estado alfabetização

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Oportunidade

IEL oferece 38 vagas de estágio remunerado em Palmas e Porto Nacional

Oportunidades são para alunos do Ensino Superior, Médio e Técnico.

Interior

População de Taguatinga é beneficiada com melhorias nos serviços de distribuição de água

A BRK Ambiental apresentou em 2018 um conjunto de compromissos para ampliar o Saneamento Básico no Brasil.


Tapioca Cine

Produtora tocantinense ganha espaço no mercado internacional

Kécia Ferreira, sócia diretora, diz que pretende abrir espaço em emissoras de tvs de vários países latino-americanos para exibição de obras brasileiras.


Educação

Educação e Unitins prorrogam prazo para professores se inscreverem em pós-graduação

Inicialmente, o processo seletivo se dará pela análise dos documentos dos candidatos (eliminatória). A classificação será feita conforme a análise do currículo Vitae ou Lattes dos concorrentes.


AEM

Radares da BR-153 são fiscalizados pela Agência de Metrologia


Diversidade

Em encontro de travestis e transexuais, defensora pública fala sobre acesso ao direito e preconceitos


Sustentabilidade

Técnicos participam de capacitação em integração lavoura pecuária floresta


Focco

Delegado filiado ao Sindepol participa de painel no Fórum Tocantinense de Combate à Corrupção


Abuso

Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus


Educação

MEC libera R$ 5,7 milhões para instituições federais vinculadas no estado do Tocantins



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira