Thursday, 22 de August de 2019

GERAL


Salários dos Servidores

Secretário da Fazenda revela que Estado não conseguiria pagar servidores se tivesse apenas a arrecadação tributária

30 Jan 2019    22:07

O secretário de Estado da Fazenda e do Planejamento, Sandro Henrique Armando, afirmou que, se o Estado dependesse apenas da sua arrecadação tributária, sem os recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE), não conseguiria pagar a folha de pagamento dos seus servidores. “Por isso esse ajuste, com contenção de gasto, redução do número de contratos e comissionados, é tão importante para que o Tocantins volte a equilibrar seus gastos e a investir, gerando mais oportunidades como emprego e renda para população”, afirmou.

Segundo o secretário, o Estado teve, no ano de 2018, uma receita com arrecadação de tributos de cerca de R$ 3,2 bilhões, enquanto os custos com a folha de pagamento giraram em torno de R$ 4,1 bilhões.

“Atualmente, o Estado é refém dos recursos do FPE. O ideal seria que, com a sua própria arrecadação, conseguisse pagar a folha de pagamento bruta, porque a partir disso você teria o equilíbrio. O dinheiro do FPE seria destinado para outros compromissos do Governo como saúde, educação, pagar o duodécimo dos outros poderes, além de ter condições para investimentos”, explicou Sandro Henrique.

Reforma Administrativa

Após vários ajustes, o Governo pretende que a reforma administrativa entre em vigor já no mês de fevereiro. De acordo com o secretário Sandro Henrique Armando, o enxugamento da máquina pública vai possibilitar que o Estado se enquadre dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e também consiga aumentar sua nota de classificação na Secretaria Nacional do Tesouro (SNT).

“A intenção é que o Governo consiga economizar entre R$ 450 e R$ 500 milhões por ano com a reforma administrativa. O montante é superior ao que é pago, nos dias atuais, pelo Estado com uma folha mensal de pagamento dos servidores, que é de cerca de R$ 340 milhões”, disse o secretário da Fazenda e do Planejamento.

A estratégia do Governo, segundo o secretário, é ter uma estrutura menor, porém mais eficiente naquilo que a população mais precisa. “Antigamente, os gestores do Governo só gerenciavam a folha de pagamento. Sobrava pouco menos de 3% do orçamento para investimento. Isso era quase nada, diante das necessidades que o povo tocantinense tem. Quando o governador assumiu em abril, foi informado de que só havia recursos para pagar a folha até o mês de setembro de 2018. Tivemos que correr atrás para garantir que os salários não fossem atrasados”, revelou.

Servidores Públicos

O secretário de Estado da Fazenda e do Planejamento também falou sobre a importância da reforma administrativa, para que a Gestão do governador Mauro Carlesse possa voltar a negociar os benefícios e os direitos dos servidores públicos efetivos.

“Se o Estado não se ajustar economicamente, não há como a gente sentar para negociar com os sindicatos. Seria injusto propor algo que não daríamos conta de cumprir. O governador Carlesse reconhece o quanto os servidores públicos têm se empenhados para ajudar o Governo a sair da crise. Ele tem consciência de que a valorização dessa classe é essencial para que o Tocantins continue crescendo e se desenvolvendo”, garantiu.

Outra questão pontuada pelo secretário Sandro Henrique Armando é que, com a reforma administrativa, o Governo consiga voltar o pagamento de todos os servidores do Estado para o início do mês. “Atualmente, apenas uma parcela, que ganha até R$ 2.600, tem recebido o seu salário no primeiro dia útil do mês. A intenção do governador Mauro Carlesse é voltar a pagar, no início do mês, 100% dos servidores o mais breve possível”, afirmou.

Agência de Tecnologia

Uma das grandes novidades anunciadas, pelo Governo, com a reforma administrativa, é a criação da Agência de Tecnologia da Informação. “Aqui no Tocantins, as áreas de TI dos órgãos trabalhavam de forma individualizada, não se comunicavam. E essa agência vem para unificar não apenas os serviços on-line oferecidos pelo Governo, mas também no que diz respeito à compra de equipamentos e à digitalização de documentos, evitando gastos desnecessários e padronizando a compra dos equipamentos e softwares, além do desenvolvimento de programa”, disse o secretário.

“Além disso, vamos fazer também o e-Governo, no qual toda a nossa estrutura de serviços será disponibilizada de forma eletrônica. O Estado precisa dessa uniformização e essa é uma mudança gradual. Pretendemos ser referência nessa área”, complementou.

Nova Estrutura

A nova estrutura contará com 11 secretarias setoriais de Estado e a Governadoria. Até 2018, eram 23 secretarias. Também está prevista a criação da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Agetuc) e da Agência de Tecnologia da Informação, para desenvolver ferramentas que vão otimizar a capacidade de atendimento ao público.

Em relação aos contratos temporários, serão reduzidos em 50%. Já em relação aos cargos em comissão e funções comissionadas, a redução será de 30%.

COMPARTILHE:


Confira também:


Justiça

União pode bloquear repasses voluntários a estados, decide STF

A possibilidade do bloqueio está prevista no artigo 11 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/2000), cuja validade é julgada nesta quarta-feira pelo plenário do Supremo.

Operação Medusa

Polícia Civil prende 15º suspeito da Operação Medusa

Deflagrada no último dia 15, a Operação Medusa visa combater ataques criminosos ocorridos em 2018 a mando de facção criminosa de renome nacional.


Saúde

Pacientes do Tocantins correm o risco de ficar sem diálise

Instituto de Doenças Renais não recebe repasses desde abril. 140 pacientes serão prejudicados pela ausência de recursos para oferecer o tratamento adequado


Fotografia

Dia da Fotografia com a TIM: dicas para tirar boas fotos e ofertas em smartphones

Quando o assunto é fotografia, o foco é o mais importante na hora de fazer os cliques. O elemento a ser destacado deve estar claro e bem posicionado.


Festival Gastronômico

Prefeitura lança programação artística do 13º Festival Gastronômico de Taquaruçu


AL

Audiência pública homenageia UMA e Siqueira Campos


Agricultura

Seminário de Apicultura supera expectativa em números de participantes


Futebol

Capital empata com Palmas na abertura do Estadual de Futebol Sub19


Taquaruçu

Governo inaugura Núcleo de Identificação de Taquaruçu e entrega viaturas e armamentos para a Polícia Civil


Sanidade Animal

Adapec reúne mais de 70 médicos veterinários autônomos para debater sanidade animal



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira