Sunday, 26 de May de 2019

GERAL


Cuidado redobrado

Tempo seco agrava problemas de saúde

13 Aug 2008

Na última semana o Tocantins registrou temperaturas alarmantes, e os problemas respiratórios - principalmente em crianças - têm preocupado os serviços de saúde na capital e no interior. De acordo com a Defesa Civil do Tocantins a umidade relativa do ar permanecerá baixa e em estado de “alerta” durante esta semana. Uma massa de ar seco deve se manter na região central do Brasil pelos próximos dias. Os índices de umidade do ar neste período podem chegar a 20%, o que é considerável “inadequado” pela Organização Mundial de Saúde.

Na capital, as altas temperaturas e a baixa umidade do ar têm gerado um aumento na procura por atendimento médico. No Hospital Dona Regina em Palmas, crianças de até 12 anos são atendidas diariamente com sintomas de infecções respiratórias. O pequeno Gabriel Almeida, de apenas oito meses, já vem sofrendo com problemas relativos ao clima neste período. “Ele chora muito com dificuldades para respirar”, explica o pai Wagner Ferreira de Sousa.

De acordo com o infectologista Alexandre Janotti é indispensável que recém-nascidos e idosos procurem orientações médicas periodicamente. Ele chama atenção para o fato de que, mesmo de um modo geral, todas as pessoas sofram com os efeitos da baixa umidade, mas as crianças estão mais suscetíveis às doenças provocadas pela baixa umidade do ar. Neste caso, as mães devem redobrar a atenção neste período, no que diz respeito às adequações no ambiente da criança. “É recomendável que a criança procure tomar muito líquido e evitar atividades físicas nesta época. Infecções respiratórias ocasionadas pelo ressecamento da mucosa podem gerar outras doenças como a pneumonia”, alerta.

O médico recomenda ainda, “evitar aglomerados de pessoas em recintos fechados; procurar ingerir alimentos leves e “substituir o ar-condicionado pelo umidificador de ar”. Outra orientação dada pelo especialista é redobrar a atenção com pessoas que já sofrem com doenças respiratórias como rinite, sinusite e bronquite.

 

Focos de incêndio crescem a cada dia no TO

Com a umidade do ar abaixo de 30%, o Tocantins está entre os Estados com os menores índices do Brasil. Segundo o Instituto de Meteorologia, a baixa umidade do ar, deve perdurar por mais algum tempo no Estado, pois não existe previsão de chuvas para os próximos dias. Outro dado preocupante é o número de focos de queimadas no Estado. De acordo com INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, somente do dia 10 ao final da tarde do dia 11, foram registrados 54 focos de incêndios em áreas verdes do Estado, o que deixou o Estado na terceira posição no ranking nacional.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

Atos em apoio ao governo ocorrem em diversas cidades do país

Na rede social Twitter, o presidente postou cenas de atos que ocorrem em outras cidades do país.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira