Thursday, 12 de December de 2019

GERAL


UFT

Universidade Federal do Tocantins é recredenciada com nota 4

22 Oct 2018
Divulgação Universidade Federal do Tocantins é recredenciada com nota 4

O Diário Oficial da União do último dia 18 de outubro veio com boa notícia para a Universidade Federal do Tocantins. A UFT teve seu recredenciamento aprovado por unanimidade, por mais oito anos, pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) do Ministério da Educação (MEC), com conceito 4, de um máximo de 5.

“Esse recredenciamento representa um aspecto relevante para Universidade. Isso nos dá uma tranquilidade do ponto de vista jurídico/ institucional, uma vez que esse documento aprovado é a base de todas as normativas, resoluções e funcionamento de nossa instituição”, explicou o reitor, Luiz Eduardo Bovolato. “O recredenciamento nos habilita com mais tranquilidade a enfrentar questões internas, que vão desde a comunicação organizacional, até uma discussão da forma que a universidade é constituída. Foi uma notícia muito boa que tivemos com essa publicação”, comemora o reitor.

O processo

O recredenciamento é feito após a Universidade receber uma comissão de avaliação designada pelo MEC. No ano passado a comissão composta pelos professores Francisco Artur Braun Chaves (coordenador), Angelo Luiz Cortelazzo e Erineu Wonibaldo Schwingel recebeu a incumbência de realizar a avaliação. Para isso, eles mantiveram contato entre si e com a Instituição para propor a agenda de trabalho e verificação in loco.

O pró-reitor de Avaliação e Planejamento, Eduardo Andrea Lemus Erasmo, explicou que a UFT estava com processo de recredenciamento aberto há mais ou menos 5 anos, por diferentes motivos do próprio MEC. Na visita, a UFT expôs aos avaliadores os documentos necessários à boa compreensão das informações pertinentes a cada uma das dimensões avaliadas, a saber: a missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI); a política para o ensino, a pesquisa, a extensão; a responsabilidade social da instituição; a comunicação com a sociedade; as políticas de pessoal, de carreiras do corpo docente e corpo técnico­ administrativo e suas condições de trabalho; organização e gestão da instituição; infraestrutura física; planejamento e avaliação; políticas de atendimento aos discentes; sustentabilidade financeira.

Além disso, foram realizadas reuniões presenciais com os dirigentes da Instituição, membros da CPA, coordenadores de cursos, professores, funcionários técnico­ administrativos e discentes.  A avaliação concedeu à Universidade a melhora no conceito institucional geral nos últimos sete anos - de 3, em 2010, para 4, em 2017. Houve ainda, evolução nos conceitos atribuídos pelo MEC em nove das dez dimensões avaliadas, e em uma se manteve no mesmo patamar.

 “A avaliação dada à Universidade foi muito boa – nota 4. No PDI fomos avaliados como excelentes, com nota 5. Com isso o MEC diz que a UFT está apta para fazer o seu trabalho e haverá outra avaliação somente em oito anos, isso significa que consideram que a universidade está muito bem estruturada dentro dos quesitos avaliados”, destaca o pró-reitor de Avaliação e Planejamento.

COMPARTILHE:


Confira também:


Araguaína

MPF ajuíza Ação Civil Pública contra Claro e Anatel por má prestação de serviços em Araguaína e região

A Ação Civil Pública tem como objetivo reconhecer o vício de qualidade na prestação de serviço de telefonia móvel da Claro em Araguaína e região.

TJTO

Desembargador Ronaldo Eurípedes nega pedido de liberdade provisória a Iury Italu Mendanha

E arrematou sua decisão ponderando que, “em detida análise da ação penal originária, não se verifica desídia ou omissão, seja da autoridade judiciária ou do Ministério Público, que estão exercendo seus respectivos encargos de forma devida e em conformidade


Seciju

Governo do Tocantins realiza dia D de atendimentos em alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos

Ação foi realizada através de parceria entre diferentes secretarias de estado e contou com emissão de documentos, realização de palestras e outras atividades.


Sustentabilidade

Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Lontra e Corda elege novos membros e mesa diretora

O Comitê de Bacia Hidrográfica é um órgão colegiado da gestão de recursos hídricos, com atribuições de caráter normativo, consultivo, e deliberativo que integra o Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos.


Boas novas

Governo apresenta resultados de projetos do Turismo de Base Comunitária no Jalapão, em Brasília


Europa

Comitiva do Tocantins é recebida na Embaixada Brasileira em Madrid


Melhorias

Rodovia que liga Taquaruçú a Buritirana recebe manutenção corretiva e preventiva


Intercâmbio Cultural

Vice-governador e Presidente da Ilha Príncipe manifestam Interesse em Programa de Intercâmbio Cultural


Palmas

Relatório final da LDO é aprovado em sessão extraordinária


CGE

Combate à Corrupção é tema de evento realizado pela Controladoria e parceiros



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira