Tuesday, 18 de February de 2020

JUSTIÇA


Araguaína

Acusado de tentar matar homem por supor envolvimento com sua ex-mulher é condenado a 11 anos de reclusão

30 Aug 2019
Acusado de tentar matar homem por supor envolvimento com sua ex-mulher é condenado a 11 anos de reclusão

Deuzivan da Silva Araújo foi condenado pelo Tribunal do Júri de Araguaína pela tentativa de homicídio qualificado. Na sentença publicada nesta quarta-feira (28/8), o juiz Francisco Vieira Filho acatou a decisão dos jurados e dosou a pena definitiva em 11 anos, quatro meses e 24 dias de reclusão em regime fechado. O crime ocorreu em julho de 2017, no Setor Coimbra.

Conforme os autos do processo, Deuzivan tentou matar Jardson Melo da Silva por supor que este havia se envolvido com sua ex-companheira. Não aceitando o fim do relacionamento, o acusado invadiu um churrasco na casa da ex-mulher e tentou agredi-la. Ao tentar defendê-la, Jardson foi atingido pelo réu por golpes de faca no abdômen.

Ao reconhecerem que a vítima foi alvo de golpes com faca que lhe causaram lesões, os jurados decidiram por unanimidade que Deuzivan tentou contra vida da vítima e acolheram a circunstância qualificadora por meio cruel. O Conselho de Sentença ainda entendeu que a vítima teve dificuldade para se defender.

Por fim, o magistrado Francisco Vieira menciona ao sentenciar o acusado que mediante o comportamento ele desrespeitou as leis vigentes. “A culpabilidade da conduta praticada pelo réu e dele próprio é inerente ao tipo penal”.

Confira aqui a sentença.

COMPARTILHE:


Confira também:


Emprego

Governo do Estado intermediará 100 vagas para agente de pesquisa por meio do Sine

Candidatos devem ter ensino médio completo disponibilidade de tempo para viagens sem pernoite.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira