Wednesday, 19 de February de 2020

JUSTIÇA


Assassinato

MPE denuncia Iury Mendanha e Silas dos Santos pelo assassinato de Patrícia Aline dos Santos

05 Sep 2018

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou, nesta quarta-feira, 5, Iury Italu Mendanha e Silas Barreiro Borges dos Santos como autores do homicídio de Patrícia Aline dos Santos, crime que ocorreu na noite de 8 de agosto deste ano, em Palmas, gerando grande repercussão.

Iury Mendanha, que manteve um breve e conturbado relacionamento com a vítima, foi denunciado por crime praticado com cinco qualificadoras: motivo torpe; emprego de meio cruel; dissimulação; emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima; e crime contra a mulher por razões do sexo feminino (feminicídio).

Silas Barreiro Borges dos Santos, que aderiu à prática do crime convencido por Iury Mendanha, foi denunciado por quatro qualificadoras: motivo torpe; dissimulação; emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

De acordo com a denúncia, a motivação torpe é configurada pelo sentimento de propriedade de Iury em relação à vítima, não tendo ele aceitado o fim do relacionamento, sendo que Silas dos Santos aderiu a tal motivo.

Ainda é relatado que, de forma dissimulada, os denunciados foram à residência da vítima e convenceram-na a acompanhá-los, sob a falsa justificativa de que gostariam de conversar sobre uma possível reconciliação do casal. Ocorre que, ao chegarem em local ermo, nas proximidades da Quadra 107 Norte, Iury Mendanha atingiu a vítima com três disparos de arma de fogo, atingindo-lhe o crânio e o abdômen.

Segundo é descrito no laudo pericial, após sofrer os disparos que lhe atingiram o abdômen, Patrícia Aline dos Santos caiu e agarrou-se à vegetação do solo do local, agonizando, momento em que foi executada com disparos efetuados pelas costas da vítima.

O feminicídio fica caracterizado por existirem vastos documentos e depoimentos no inquérito que comprovam episódios de violência doméstica, menosprezo e discriminação de Iury Mendanha com relação à vítima por razões de sexo feminino.

A denúncia contra Iury Italu Mendanha e Silas Barreiro Borges dos Santos foi ajuizada pelo Promotor de Justiça Rogério Rodrigo Ferreira Mota. (Flávio Herculano)

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

FGTS vai reduzir descontos no financiamento da casa própria em 2021

A medida provisória que liberou os saques do FGTS reduziu a taxa de administração 1% e 0,5%.

Redução de cobrança

Nova notificação do Procon à BRK Ambiental solicita explicações sobre funcionamento e prazos de lei

Nesta terça-feira, 18, o Procon Tocantins realizou nova notificação contra a BRK Ambiental exigindo explicações sobre funcionamento, prazos, pagamento e ressarcimento referente a Lei Municipal 2.540/2020 que reduz o valor da tarifa de esgotamento



Convênio

Escola do Legislativo firma convênios com Faculdade Serra do Carmo e OAB-TO

O chefe do Legislativo estadual também enfatizou a importância dos dois convênios, que pare ele vão beneficiar sobretudo os jovens mais necessitados do Estado.


BRB

Tocantins será o primeiro estado da região Norte a contar com agências do Banco de Brasília

Instituição vai oferecer linhas de crédito com juros competitivos


Sanidade

Adapec emite Nota Técnica sobre caso Mormo em Formoso do Araguaia

A Adapec vem tomando todas as medidas sanitárias cabíveis de acordo as legislações vigentes, com o objetivo de controlar, prevenir e impedir a disseminação da enfermidade.


ALETO

Júnior Geo destina emendas parlamentares para as áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação


CCJ

Medida Provisória cria quadro administrativo da Unitins em Paraíso


Saúde

Governo realiza prestação de contas da Saúde na Assembleia Legislativa


Economia

Fecomércio Tocantins recebe Banco de Brasília para assinatura de Termo de Cooperação


Saúde

HRM realiza seu primeiro mutirão do Opera de 2020


Exemplo

Risoterapia leva sorrisos aos pacientes internados no HGP



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira