JORNAL O GIRASSOL - Cresce o número de empresas que oferecem "home office" no Brasil
 JORNAL O GIRASSOL site de Noticias do Tocantins (Política, Palmas, Eleições, Estado, Taquaruçu, Jalapão)
Home O Girassol Todas as matérias Facebook Twitter Impresso Fale conosco
Binóculo Claquete Concursos TVAD Esporte Estado Geral Opinião Política Releases Sexo & Afeto Viver



















Publicada em 28/03/2014


Panorama

Cresce o número de empresas que oferecem "home office" no Brasil

Adesão de empresas brasileiras cresceu 150%, mas está longe das médias mundiais



Reprodução/WEB
Cresce o número de empresas que oferecem "home office" no Brasil


Trabalhar meio período ou à distância (Home Office) é o sonho de muitos profissionais, principalmente das grandes cidades brasileiras. Alguns buscam fugir do trânsito, outros querem ter mais tempo para as suas atividades pessoais. Na verdade, o que todos querem é ter mais qualidade de vida pessoal e profissional. O Home Office é uma realidade recente no dia a dia de muitas empresas, e vem crescendo em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde a legislação não favorece essa atividade.

De acordo com o Top Employers Institute, empresa que pesquisa e certifica as práticas de RH de maior relevância, em todo o mundo, 15% das companhias brasileiras instituíram o Home Office para os seus colaboradores; em 2013 esse índice era de 6%. O número ainda é baixo se comparamos com outros países. O Reino Unido, por exemplo, tem um dos mais elevados índices, com 65%, seguido pela Holanda, com 60% e de 58% na Alemanha, segundo o mesmo estudo.

Outros dados desta pesquisa apontam que por aqui 45% das empresas têm práticas de trabalho com tempo flexível, já a média mundial é de 77%. Essa prática, porém, tem dois lados da moeda. Será que o trabalhador remoto é visto de forma igual ao que está presente diariamente no escritório? Segundo os pesquisadores Kimberly Elsbach e Daniel Cable, da Universidade da Califórnia e da London Business School, respectivamente, a resposta é não! Quem trabalha de casa tem menos chances de ser promovido, de acordo com o estudo que eles realizaram por mais de 10 anos.

Eles concluíram que os colaboradores presenciais são mais lembrados entre os grupos que cumprem seus horários e os que excedem suas jornadas. Assim, o tempo que a pessoa passa no escritório afeta a sua avaliação, facilitando futuras promoções. Quando se trata de uma pessoa que cumpre seu horário de trabalho, os diretores foram 9% mais propensos a dizer que era confiável e responsável. Quando se menciona um colaborador que excede o tempo de trabalho, o índice de valorização sobe para 25%.

O SAS, uma das empresas certificadas como Top Employers Brasil 14, é uma das companhias que incentivam seus colaboradores a trabalhar de forma remota. "Os nossos funcionários possuem ferramentas, como notebook e celular, que possibilitam o home office. O SAS preza pelo equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e essa prática é mais uma ferramenta que ratifica a nossa cultura", afirma Tato Athanase, gerente de RH da empresa.

Para Fabiane Panaro, responsável pela Top Employers no Brasil, essa mudança de perfil mostra que as empresas brasileiras estão se moldando ao novo trabalhador, às novas realidades da sociedade e do mercado de trabalho. "As tecnologias estão aproximando as pessoas, ao mesmo tempo em que o trânsito e os custos de locomoção dificultam os trajetos das pessoas. Assim as empresas estão encontrando meios de seguirem produzindo, mantendo o colaborador ativo e alinhado com a companhia", finaliza Panaro.

www.top-employers.com


mais sobre o assunto

Mais de 100 agências estão fechadas nesta quarta no Tocantins
Primeiro dia de greve mobiliza bancários em todo Tocantins
Por falta de quorum na Assembleia, lei do IGEPREV segue sem aprovação
Motoristas do Quadro Geral do Estado vão parar novamente
Bancários do Tocantins deflagram greve a partir desta terça-feira, 30
Nova proposta da Fenaban é rejeitada; Greve deve iniciar a partir de terça, 30
Unimed Palmas e OCB/Sescoop-TO promovem evento para secretárias
Entidades sindicais criticam governo e dizem que vão pressionar deputados estaduais para votar Lei do Igeprev
Colaboradores da Celtins aprenderão como aperfeiçoar o relacionamento no trabalho

Confira as últimas

Projetos incentivam cultura de paz nas escolas estaduais
Ciro usa artes plásticas e literatura para provocar o "formigamento"
Dilma reforça compromisso de combater as desigualdades desde a primeira infância
Sandoval promete implantar campus da Unitins em Natividade e Taguatinga
Agricultores familiares recebem mais de R$ 6,4 milhões em setembro
Kátia Abreu encerra programação do horário eleitoral agradecendo apoio e convidando a todos para a grande vitória do Tocantins no dia 5 de outubro
CAMPEONATO MUNDIAL FEMININO: Brasil estreia com vitória na segunda fase
Em clima de festa, senadora Kátia Abreu e Marcelo Miranda são recebidos em Gurupi
Brasil registra 18 milhões de viagens de idosos ao ano


Grupo Volkswagen comemora a produção de 200 milhões de veículos
Prefeitura instala lixeiras e containers em diversos pontos
Sorteio para apresentação do 1° Festival de Poesia Falado é realizado
IEL-TO inicia cursos do programa Choque de Gestão

Seja o primeiro a











Nome :   

Email:

restantes: 500)

matérias em destaque

Em clima de festa, senadora Kátia Abreu e Marcelo Miranda são recebidos em Gurupi

A população de Gurupi parou receber o próximo governador do Tocantins, Marcelo Miranda e a senadora Katia Abreu, durante grande carreata realizada pelos bairros da cidade nesta quarta-feira, 01 de outubro. A comitiva 15 visitou também Dianópolis, aonde realizou carreata e conversa na praça.Acenando...




Cesta bsica teve queda de 5,97%

Em Palmas

Cesta básica teve queda de 5,97%
Prefeito Carlos Amastha inaugura sede da Secretaria dos Jogos Indgenas e apresenta smbolos do evento

JMI 2015

Prefeito Carlos Amastha inaugura sede da Secretaria dos Jogos Indígenas e apresenta símbolos do evento
Ktia diz em Praia Norte que vai retirar do Bico do Papagaio o estigma de pobreza

Extremo Norte

Kátia diz em Praia Norte que vai retirar do Bico do Papagaio o estigma de pobreza

© Copyright 1999-2012, O GIRASSOL   Equipe O Girassol