JORNAL O GIRASSOL - Limite de velocidade nas principais ruas de Palmas poderá ser reduzido
 JORNAL O GIRASSOL site de Noticias do Tocantins (Política, Palmas, Eleições, Estado, Taquaruçu, Jalapão)
Home O Girassol Todas as matérias Facebook Twitter Impresso Fale conosco
Binóculo Claquete Concursos TVAD Esporte Estado Geral Opinião Política Releases Sexo & Afeto Viver

















Publicada em 23/10/2013


Trânsito

Limite de velocidade nas principais ruas de Palmas poderá ser reduzido

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, acredita que a medida vem para contribuir com a queda nos índices de acidentes de trânsito




Um estudo com intuito de diminuir o limite de velocidade em pontos estratégicos de Palmas e consequentemente reduzir o número de acidentes de trânsito está sendo elaborado por técnicos da secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Transporte. A informação foi dada durante entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira, 22, pelo prefeito Carlos Amastha.
 
A subcomissão de Gestão de Dados e Informação da Capital identificou um aumento no número de acidentes por excesso de velocidade se comparado o primeiro semestre deste ano com o mesmo período de 2012. Nos primeiros seis meses do ano passado, 52% dos motoristas foram flagrados transitando acima da velocidade. De janeiro a junho de 2013 o número subiu para 62%. Boa parte destas infrações foi registrada na Avenida Theotônio Segurado que possui 70 km por hora como limite máximo de tráfego. O estudo vai apontar quais os trechos da avenida e outros pontos da Capital irão sofrer a alteração.
 
“Nas vias em que a velocidade máxima estabelecida é 70 km/h vamos reduzir para 60 km/h. Nos locais em que a velocidade máxima permitida é de 60 km/hora, vamos reduzir para 50 km/hora, mas só nos trechos onde o estudo apontar que há necessidade. O código de trânsito brasileiro permite ao município diminuir em até 50% o limite de intensidade de trânsito e desta maneira acreditamos que vamos conseguir reverter as estatísticas”,  ressaltou coronel Ribamar Pereira, secretário municipal de Segurança, Defesa Civil e Trânsito.
 
O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, acredita que a medida vem para contribuir com a queda nos índices de acidentes de trânsito e cita dados da Organização Mundial da Saúde (Opas) para embasar seu comentário: “Se ao trafegar a 50Km/hora existe 80% de chance de haver acidentes com vítimas fatais, a 60km/hora a probabilidade sobe para 95% e não há como negociar com a população. Toda vida salva no trânsito é válida e é pra isso que nós vamos trabalhar”, finalizou o prefeito otimista com a iniciativa que em breve será colocada em prática.


Confira as últimas

Alunos do Sesc vão competir em Guaraí
Criminalização do desrespeito às prerrogativas do advogado é aprovada no Senado
Atraso no pagamento das progressões causa indignação nos servidores públicos estaduais
Exposição fotográfica de Odir Calder se baseia em jogo de luz e sombras
Oi é primeira operadora do mundo a oferecer serviço grátis do Vine aos usuários
Aprovados na segunda fase do concurso da Polícia Civil são convocados para prova de aptidão física
CineSesc apresenta filmes sobre o golpe militar de 1964
Senac Palmas oferece 36 vagas para cursos gratuitos de Mecânico de Motocicletas
Máfia das Sanguessugas: corrupção e fraude em licitação para compra de ambulâncias gera mais uma condenação
Palmas é destaque por ser a capital com menor inadimplência no País
Comissão do Tocantins apresenta propostas em SC
Nat Geo estreia produção original "Histórias Extraordinárias Brasil"
Presidente do PSDB de Miranorte passa a apoiar Marcelo Miranda
SUS terá novo tratamento para tumor raro
Apesar de alta, indústria não repõe perda de 3,5% acumulada

Seja o primeiro a











Nome :   

Email:

restantes: 500)

matérias em destaque

Máfia das Sanguessugas: corrupção e fraude em licitação para compra de ambulâncias gera mais uma condenação

Em consequência de ação penal proposta pelo Ministério Público Federal no Tocantins (MPF/TO), a Justiça Federal condenou Amarildo Martins da Silva (Pastor Amarildo) a três anos de detenção e multa no valor de R$ 2.400,00 pela participação no esquema de direcionamento de...




Avanam as obras de revitalizao e desassoreamento do Parque Cesamar

Meio ambiente

Avançam as obras de revitalização e desassoreamento do Parque Cesamar
Em oposio a Marina Silva, Dilma defende a criminalizao da homofobia

Após debate

Em oposição a Marina Silva, Dilma defende a criminalização da homofobia
Defensoria aciona Estado por insuficincia de mdicos anestesiologistas no HRPD

Dianópolis e região

Defensoria aciona Estado por insuficiência de médicos anestesiologistas no HRPD

© Copyright 1999-2012, O GIRASSOL   Equipe O Girassol