JORNAL O GIRASSOL - Limite de velocidade nas principais ruas de Palmas poderá ser reduzido
 JORNAL O GIRASSOL site de Noticias do Tocantins (Política, Palmas, Eleições, Estado, Taquaruçu, Jalapão)
Home O Girassol Todas as matérias Facebook Twitter Impresso Fale conosco
Binóculo Claquete Concursos TVAD Esporte Estado Geral Opinião Política Releases Sexo & Afeto Viver

















Publicada em 23/10/2013


Trânsito

Limite de velocidade nas principais ruas de Palmas poderá ser reduzido

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, acredita que a medida vem para contribuir com a queda nos índices de acidentes de trânsito




Um estudo com intuito de diminuir o limite de velocidade em pontos estratégicos de Palmas e consequentemente reduzir o número de acidentes de trânsito está sendo elaborado por técnicos da secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Transporte. A informação foi dada durante entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira, 22, pelo prefeito Carlos Amastha.
 
A subcomissão de Gestão de Dados e Informação da Capital identificou um aumento no número de acidentes por excesso de velocidade se comparado o primeiro semestre deste ano com o mesmo período de 2012. Nos primeiros seis meses do ano passado, 52% dos motoristas foram flagrados transitando acima da velocidade. De janeiro a junho de 2013 o número subiu para 62%. Boa parte destas infrações foi registrada na Avenida Theotônio Segurado que possui 70 km por hora como limite máximo de tráfego. O estudo vai apontar quais os trechos da avenida e outros pontos da Capital irão sofrer a alteração.
 
“Nas vias em que a velocidade máxima estabelecida é 70 km/h vamos reduzir para 60 km/h. Nos locais em que a velocidade máxima permitida é de 60 km/hora, vamos reduzir para 50 km/hora, mas só nos trechos onde o estudo apontar que há necessidade. O código de trânsito brasileiro permite ao município diminuir em até 50% o limite de intensidade de trânsito e desta maneira acreditamos que vamos conseguir reverter as estatísticas”,  ressaltou coronel Ribamar Pereira, secretário municipal de Segurança, Defesa Civil e Trânsito.
 
O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, acredita que a medida vem para contribuir com a queda nos índices de acidentes de trânsito e cita dados da Organização Mundial da Saúde (Opas) para embasar seu comentário: “Se ao trafegar a 50Km/hora existe 80% de chance de haver acidentes com vítimas fatais, a 60km/hora a probabilidade sobe para 95% e não há como negociar com a população. Toda vida salva no trânsito é válida e é pra isso que nós vamos trabalhar”, finalizou o prefeito otimista com a iniciativa que em breve será colocada em prática.


Confira as últimas

A partir de agora, autoridades só podem deter ou prender candidatos em flagrante
Sandoval diz que investimentos em segurança, saúde e educação vão melhorar a vida dos mais pobres
Batalha do Cerrado 40 ° acontece neste sábado em Palmas
Kátia defende em Araguaína que Tocantins precisa se consolidar como o estado da logística
TVE vai transmitir debate via web
Começa a circulação de espetáculo teatral com alunos de A Barraca
Venda de material de construção cresce 7,1% em agosto
Foz-Saneatins abre processo seletivo para vagas de estágio em 2015
Prefeitura e UFT discutem implantação de projetos na área da saúde em Palmas
Ótima entra como patrocinadora Champion na 7ª edição do Congresso Internacional Six Sigma Brasil de 2015
Marcelo Miranda diz em Araguaína que governo abandonou a juventude do TO
Sandoval diz na Fieto que está refundando o TO e critica Estado como empregador
Setembro mantém índice que mede intenção de consumo em Palmas
OdontoSesc vai realizar atendimentos gratuitos em Gurupi
SENAI Palmas divulga vagas para cursos presenciais e a distância

Seja o primeiro a











Nome :   

Email:

restantes: 500)

matérias em destaque

A partir de agora, autoridades só podem deter ou prender candidatos em flagrante

Esta sexta-feira (19) foi o último dia em que as autoridades poderiam deter ou prender candidatos a cargos eletivos nas eleições gerais deste ano. A partir deste sábado (20), nenhum candidato poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito. É o que estabelece o parágrafo 1º do artigo ...




Marcelo Miranda diz em Araguana que governo abandonou a juventude do TO

Casa do Estudante

Marcelo Miranda diz em Araguaína que governo abandonou a juventude do TO
Sandoval diz na Fieto que est refundando o TO e critica Estado como empregador

Sabatina

Sandoval diz na Fieto que está refundando o TO e critica Estado como empregador
Ktia diz que CRER de Araguana ter capacidade para atender 1.200 pessoas/dia

Reabilitação

Kátia diz que CRER de Araguaína terá capacidade para atender 1.200 pessoas/dia

© Copyright 1999-2012, O GIRASSOL   Equipe O Girassol