JORNAL O GIRASSOL - Petrobras investirá R$ 5 milhões para ampliar participação feminina nas áreas de Ciência e Tecnologia
 JORNAL O GIRASSOL site de Noticias do Tocantins (Política, Palmas, Eleições, Estado, Taquaruçu, Jalapão)
Home O Girassol Todas as matérias Facebook Twitter Impresso Fale conosco
Binóculo Claquete Concursos TVAD Esporte Estado Geral Opinião Política Releases Sexo & Afeto Viver

















Publicada em 24/10/2013


Incentivo

Petrobras investirá R$ 5 milhões para ampliar participação feminina nas áreas de Ciência e Tecnologia

Os projetos devem ser apresentados por professores ou pesquisadores de universidades ou de centros de pesquisa




Petrobras investirá R$ 5 milhões para ampliar participação feminina nas áreas de Ciência e Tecnologia


Estão abertas até 18 de novembro as inscrições para a seleção pública "Meninas e Jovens Fazendo Ciências Exatas, Engenharias e Computação". O objetivo é selecionar e financiar projetos para estimular a formação de mulheres nessas carreiras no Brasil. O programa será desenvolvido com recursos da Petrobras, Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República - SPM e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. Juntas, as instituições destinarão R$ 11 milhões para a iniciativa, dos quais R$ 5 milhões serão disponibilizados pela Petrobras. A estimativa é selecionar 300 projetos em todo o país.

"Participar desta iniciativa demonstra, mais uma vez, nosso compromisso com a valorização da participação das mulheres no mercado de trabalho. A presença das mulheres na companhia tem sido crescente, sendo resultado de estratégias que contribuem para consolidar a Petrobras como uma empresa em que as mulheres brasileiras se interessem em trabalhar e construir as suas carreiras", afirma o gerente executivo de Responsabilidade Social da Petrobras, Armando Tripodi.

Os projetos devem ser apresentados por professores ou pesquisadores de universidades ou de centros de pesquisa, e as propostas devem estar vinculadas a escolas que participem do Programa Ensino Médio Inovador. O valor máximo permitido para o financiamento será de R$ 20 mil para cada proposta. As informações sobre a chamada pública estão disponíveis no site do CNPq.
Evolução da participação feminina na Petrobras

Para a gerente de Orientações e Práticas de Responsabilidade Social da Petrobras, Janice Dias, a participação mais efetiva de mulheres é fruto de uma série de iniciativas para promover a equidade de gêneros dentro da companhia. Segundo a gerente, a Petrobras dissemina o tema da diversidade e tem efetivo compromisso com o Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, coordenado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

"Vejo que o apoio a esse projeto é fruto, também, da iniciativa que tivemos no ano passado com a realização do 1o Encontro Nacional - Mulher, Ciência e Tecnologia. Naquele evento, a presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, ressaltou a importância de qualquer pessoa ter a chance de escolher sua profissão em um ambiente livre de discriminação. As meninas e jovens brasileiras devem ser estimuladas a ter contato com todo o tipo de conhecimento, inclusive aqueles relacionados às áreas de ciência e tecnologia como propõe esse projeto que estamos apoiando agora", destaca Janice.

O crescimento da participação feminina na Petrobras tem sido constante desde 2003. Naquele ano, a companhia contava em seu quadro com 4.406 mulheres, ou seja, 12% do efetivo total de empregados. Em setembro de 2013, este número subiu para 9.888 mulheres, representando 15,7% do efetivo total da Petrobras. Em dez anos, a taxa de crescimento relativo da força de trabalho feminina foi de 124%.

Nas áreas de interesse predominantemente masculino, o percentual de mulheres também aumentou. Se em 2003, a proporção era de 28% de engenheiras de meio ambiente para 72% de engenheiros em 2012, essa composição passou para 37% de engenheiras e 63% de engenheiros. A elevação da participação feminina também pode ser notada entre as engenheiras de produção, que de 14% em 2003 chegou a 29% em 2012. Já na área de geologia, a participação das mulheres cresceu de 14% para 23% nesse mesmo período.


Confira as últimas

Demitidos mais de 6 mil comissionados
Brasil já registra 789 casos de chikungunya, segundo o Ministério da Saúde
Blitze orientam moradores sobre o novo sentido de circulação das vias
Fórmula-1 e feira do automóvel agitam turismo na capital paulista
Fundação Cultural apoia apresentação de concerto de música nesta quinta-feira, 30
Café da Chapada Diamantina é o melhor do Brasil
Pedro Afonso lança escolinha de futebol
Feira do Jovem Empreendedor prepara estudantes para o futuro
Sondagem revela dados sobre vendas no Dia das Crianças na Capital
Plebiscito ou referendo? Pelo fim das aberrações do sistema político
Programa Medidas Socioeducativas em Meio Aberto inaugura espaço para a literatura nesta sexta, 31
3ª Feira de Flores e Plantas começa nesta quinta-feira, na região central de Palmas
Equipe campineira derrotou o estreante Voleisul/Paquetá Esportes na noite desta quarta, em Novo Hamburgo. Sesi-SP e Taubaté/Funvic também venceram
9º Miragem promove oficina de realização em audiovisual
Equipe Mitsubishi Petrobras se mantém na frente no Atacama Rally

Seja o primeiro a











Nome :   

Email:

restantes: 500)

matérias em destaque

Demitidos mais de 6 mil comissionados

O governo do Tocantins está exonerando cerca de 6 mil servidores comissionados. A portaria foi publicada no Diário Oficial da noite desta quarta-feira, 29, e afirma que as exonerações passam a valer a partir de sexta-feira, 31. Em nota, o governo afirmou que as exonerações têm por objetivo...




Brasil j registra 789 casos de chikungunya, segundo o Ministrio da Sade

Febre

Brasil já registra 789 casos de chikungunya, segundo o Ministério da Saúde
Sondagem revela dados sobre vendas no Dia das Crianas na Capital

Economia

Sondagem revela dados sobre vendas no Dia das Crianças na Capital
Mais brasileiras esperam chegar aos 30 para ter primeiro filho, mostra pesquisa

SAÚDE BRASIL

Mais brasileiras esperam chegar aos 30 para ter primeiro filho, mostra pesquisa

© Copyright 1999-2012, O GIRASSOL   Equipe O Girassol