Friday, 07 de August de 2020

OPINIÃO


COVID-19

Brasil chega a 96,5 mil casos de coronavírus e 6,7 mil mortes registradas

02 May 2020
Brasil chega a 96,5 mil casos de coronavírus e 6,7 mil mortes registradas

O Ministério da Saúde divulgou neste sábado (2) novos números sobre a pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem 96.559 casos confirmados da doença e 6.750 mortes foram registradas. A taxa de letalidade está em 7%. Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 4.970 novos casos e 421 mortes.

Segundo o Ministério da Saúde, há 40.937 pacientes recuperados, o que corresponde a 42,4% dos casos. Existem ainda 1.330 mortes em investigação. Essas duas estimativas, de acordo com a pasta, estão sujeitas a revisão.

O estado de São Paulo lidera as estatísticas, com 31.174 casos e 2.586 mortes. O Rio de Janeiro vem em segundo lugar, com 10.546 casos e 971 mortes. Em seguida, vêm Ceará, com 8.309 casos e 638 mortes; Pernambuco, com 8.145 casos e 628 mortes; e Amazonas, com 6.062 casos e 501 mortes.

Em 11 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou situação de pandemia de coronavírus em todos os países. O termo é usado quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa.

A Agência Brasil reuniu as principais dúvidas e perguntas sobre covid-19. Veja o que se sabe sobre a pandemia e sobre o vírus até agora.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Alguns dos sintomas das duas doenças são iguais

Auxílio Emergencial

Governo do Tocantins orienta sobre o calendário da 5ª parcela do Auxílio Emergencial para o Bolsa Família

O Auxilio Emergencial para o Bolsa Família segue o cronograma padrão do benefício e o pagamento inicia em 20 de agosto e termina no dia 31.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira