Thursday, 09 de July de 2020

OPINIÃO


AEM-TO

Metrologia Estadual faz repasse de produtos pré-medidos periciados

15 May 2019
Metrologia Estadual faz repasse de produtos pré-medidos periciados

A Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO), órgão delegado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), repassou os produtos pré-medidos que já foram periciados para a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Tocantins (Setas), para posterior doação às entidades cadastradas junto à pasta.

Açúcar, arroz, feijão, polvilho, biscoitos, achocolatados, macarrão, leite, leite em pó, maionese, detergente, creme dental, entre outras mercadorias, totalizaram cerca de 964 kilos e 28,5 litros próprios para o consumo, referentes a dois meses de ações fiscalizatórias na área de pré-medidos. Excepcionalmente, neste repasse, foram entregues também várias unidades e tamanhos de produtos pascais: ovos e bombons de chocolate e a colomba pascal, oriundos da Operação Páscoa.

De acordo com o presidente da AEM, Rérison Antonio Castro Leite, os produtos só são repassados após todo o trâmite processual administrativo, que é publicado no Diário Oficial do Estado (DOE). “Repassamos os produtos que estão sem conformidade para a comercialização por divergirem nos ensaios laboratoriais que aferem o peso, a massa e o volume informado nas embalagens ou mesmo pela abertura do produto em decorrência dos testes”, informa o presidente.

Ações fiscalizatórias de produtos pré-medidos
A AEM só promove as aferições em produtos que estão aptos ao consumo. Desta forma, quando existem divergências nas informações relacionadas às mercadorias que são pré-medidas, é possível fazer a doação, sem oferecer riscos ao consumidor final e, assim, evitar o desperdício de alimentos e produtos de higiene.

A fiscalização dos produtos pré-medidos que são comercializados nos estabelecimentos varejistas, atacadistas, fabricantes e envasadores do Estado e a submissão a ensaios metrológicos para averiguar se as informações dos rótulos condizem com o peso líquido informado são ações rotineiras da Metrologia Estadual, pactuadas junto ao Plano de Trabalho do Inmetro.

Testes laboratoriais
Para fazer os testes laboratoriais, os produtos são recolhidos, desembalados e pesados. Com isso, alguns produtos poderão ou não ser reinseridos para comercialização, seja pela abertura da embalagem ou pela reprovação na pesagem / conferência.

É feito um termo de coleta, para que o fabricante ou distribuidor possa ressarcir o estabelecimento comercial. É, também, feita uma carta convite para que o fabricante participe de todo o exame pericial dos produtos a serem aferidos e a assinatura de documentos autorizando a doação dos produtos examinados ou a sua retirada. Após a verificação, os produtos – aptos a consumo – são doados pela AEM, por isso os produtos pré-medidos recolhidos para averiguação são sempre com o maior prazo de validade para que uma vez não aptos ao mercado, possam ser repassados para doação após todo o trâmite administrativo legal.

Repasses
Os repasses da Agência Estadual de Metrologia são procedidos de acordo com a Norma NIE-DIMEL-068, que disciplina o destino final de produtos pré-medidos após exame metrológico.

Quando o fabricante ou distribuidor, ciente via Carta Convite, não comparece aos ensaios laboratoriais, passadas 24 horas posteriores à aferição, os produtos podem ser repassados para doação, em conformidade com a legislação que regula os procedimentos.
 

Fique sabendo
Produto pré–medido é aquele que é embalado e medido sem a presença do consumidor e que se encontra em condições de comercialização.

Dentre os produtos pré–medidos podemos destacar produtos de limpeza, materiais de higiene pessoal e gêneros alimentícios.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins tem 439 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 13.440 casos no total, destes, 8.517 pacientes estão recuperados, 4.690 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 233 pacientes foram a óbito.

Biodiversidade

Tocantins inicia monitoramento do período reprodutivo 2020 do Pato mergulhão no Jalapão

O Governo do Tocantins tem o compromisso de cumprir o calendário de monitoramento da espécie, firmado com o Plano de Ação Nacional para a Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção ou do Patrimônio Espeleológico (PAN/ICMBio)


Covid-19

Governador vistoria instalações de hospital contratado para atender pacientes da Covid-19

Pavilhão contratado pelo Governo do Tocantins conta 10 Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 60 leitos clínicos


Meio Ambiente

Governo do Tocantins suspende autorização para queima controlada até novembro

Portaria foi publicada no último dia 7; o aumento dos riscos de incêndios causado pela baixa umidade do ar, aumento da temperatura média no Estado e vegetação seca com grande potencial de queima são as justificativas para a proibição do uso do fogo no mane


Aprovação de Matérias

Assembleia encerra primeiro semestre após diversas matérias aprovadas


Paraído do TO

Bombeiros militares atuam em combate a incêndio em carga de madeira na BR-153


Desempenho

Tocantins alcança segundo lugar no ranking de monitoramento da Agência Nacional de Águas


Cultura

Prazo para cadastro de eleitores e candidatos ao Conselho de Cultura termina na sexta


Campus Party

Norte Agropecuário será apresentado em evento com participação de referências mundiais no debate da transformação tecnológica


Cronograma

Prevenção contra incêndios florestais para este ano está na fase final



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira