Saturday, 24 de October de 2020

OPINIÃO


Pandemia

Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde e intensifica crise na gestão Bolsonaro

15 May 2020
Marcello Casal Jr/Agência Brasi Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde e intensifica crise na gestão Bolsonaro

O Ministério da Saúde informou nesta sexta (15) que o ministro Nelson Teich pediu exoneração do cargo. No comunicado, a pasta não esclarece o motivo da saída, mas informa que uma coletiva de imprensa será marcada para esta tarde.

Teich assumiu o cargo há um mês, após a saída do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em 16 de abril. Mandetta e o presidente Jair Bolsonaro divergiam sobre os caminhos para o combate à pandemia do novo coronavírus no país, como as medidas de isolamento social e o uso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes.

Durante a semana a imprensa já vinha especulando sobre a dificuldade de Teich conduzir a pasta, por sofrer constantes ingerências do presidente. Com a saída do ministro, se intensifica a crise do governo Bolsonaro, que chega a 500 dias diante de um dos cenários mais caóticos atravessados pelo país. - com informações da Agência Brasil

COMPARTILHE:


Confira também:


Eleições 2020

Primeira pesquisa O Girassol mostra disputa polarizada em Gurupi com Josi Nunes na frente com 43,67% seguida de Gutierres Torquato com 35,83% em segundo lugar

Em terceiro colocado aparece Farlei Federal com 6,33% e Silvino Vitor em quarto colocado com 1,17%.

Covid-19

Tocantins registra 374 novos casos da Covid-19

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 227.951 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 73.902 casos confirmados da doença. Destes 61.250 pacientes estão recuperados e 11.574 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira