Thursday, 18 de April de 2019

OPINIÃO


Opinião

Para onde vamos?

20 Jun 2018    15:43    alterado em 20/06 às 15:43
Divulgação Para onde vamos? Um símbolo do filme é o celular do advogado, que não para de tocar.

Por Oscar D'Ambrosio

Lembra daquelas perguntas célebres: De onde viemos? O que somos? Para onde vamos? Ao adaptar a peça “O Deus da Carnificina”, de Yasmina Reza, para o cinema, o diretor Roman Polanski nos obriga a pensar muito na terceira delas. Qual é o objetivo da nossa vida numa sociedade conturbada, na qual a violência se faz onipresente embora exista um discurso pacifista que parece querer permear todas as nossas ações?

O eixo da narrativa é a agressão que uma criança de 11 anos fez contra outra da mesma idade num parque. O casal do menino agressor e do agredido marcam uma reunião para esclarecer o acontecido. E a reunião aparentemente civilizada se torna uma batalha campal, literalmente, com direito a todo tipo de assédio psicológico e verbal.

O debate vai muito além da violência entre as crianças. Entra pela discussão sobre dois casamentos em crise e por relações degastadas de cada personagem com o mundo. De um lado, o vendedor de materiais de construção inicialmente passivo e a autora de livros de história aparentemente controlada; do outro, um advogado e uma corretora da bolsa de valores.

Um símbolo do filme é o celular do advogado, que não para de tocar. Torna-se uma conexão com um mundo cruel e competitivo, em nada diferente das relações do apartamento em que os personagens discutem. Não há espaço para a paz ou para o diálogo sincero. O telefone celular continua chamando... E cada um apenas se escuta; e uns devoram aos outros sem cessar.

Oscar D'Ambrosio, mestre em Artes Visuais e doutor em Educação, Arte e História da Cultura, é Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

COMPARTILHE:


Confira também:


Recursos em Brasília

Carlesse solicita ao presidente Bolsonaro a construção da TO 500, recursos para ponte de Porto e apresenta plano de recuperação do Estado

Outro projeto estruturante importante para o Tocantins apresentado pelo Governador, foi o da revitalização do Projeto Rio Formoso, em Formoso do Araguaia. A solicitação do Governo do Tocantins é de um aporte de R$ 400 milhões.

Fluxo

Páscoa movimenta mais de 7,8 mil passageiros no Aeroporto de Palmas

Para garantir a fluidez nas operações e no funcionamento de toda infraestrutura aeroportuária durante o feriadão, uma série de ações foram adotadas para atender ao aumento do fluxo



Combate ao Crime

Operação Intramuros prende mais uma integrante de facção criminosa de atuação nacional

Esta é a maior ação de combate ao crime organizado no Estado. Cerca de 300 policiais participaram da operação realizada simultaneamente em 14 cidades tocantinenses.


Palmas

Concurso Público Nacional já tem fotografias premiadas

O presidente do CAU/TO, Silenio Camargo, avaliou positivamente a realização desse primeiro Concurso neste segmento.


Serviço

Hemorrede precisa de doação para suprir demandas de Araguaína e região

A superintendente da Hemorrede no Tocantins, Pollyana Gomes Pimenta, destaca que apesar da urgência ser para a região de Araguaína, é importante que os doadores compareçam às unidades de coletas antes do feriado


Ocorrência

Polícia Civil prende assaltante que comercializava drogas em Paraíso do Tocantins


Economia

Indústrias frigoríficas municipais construídas pelo Estado estão em fase adiantada


Palmas

Transporte Coletivo e matrícula em escolas municipais são temas de Projetos que tramitam na Casa


Ponto Facultativo

Governo do Estado decreta ponto facultativo nesta quinta-feira santa


Operação Catarse

Polícia Civil dá continuidade à Operação Catarse e cumpre mais seis mandados de busca e apreensão


Educação

Carlesse entrega salas de aulas e autoriza climatização de Escola de Tempo Integral em Luzimangues



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira