Wednesday, 19 de February de 2020

OPINIÃO


Economia

Quando um banco quebra, o que acontece com o dinheiro do correntista?

08 May 2018
Quando um banco quebra, o que acontece com o dinheiro do correntista?

Especialistas consideram o sistema bancário do Brasil sólido e confiável: o complexo financeiro oferece garantias aos investidores, protegendo parcial ou integralmente as aplicações. Com isso, investidores e correntistas brasileiros podem não perder nada em caso de insolvência de uma instituição financeira. A principal garantia é o Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o fundo protege os recursos aplicados em conta corrente, caderneta de poupança, Certificados de Depósitos Bancário, letras de câmbio, imobiliárias, hipotecárias e de crédito imobiliário. O total de créditos de cada pessoa contra a mesma instituição associada, ou contra todas as instituições associadas do mesmo conglomerado financeiro, será garantido até o valor de R$ 250 mil, limitado ao saldo existente.

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou, em 21 de dezembro de 2017, a alteração promovida no Regulamento do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que estabelece teto de R$ 1 milhão, a cada período de 4 anos, para garantias pagas para cada CPF ou CNPJ. A contagem do período de 4 anos se inicia na data da liquidação ou intervenção em instituição financeira onde o investidor detenha valor garantido pelo FGC, sendo que permanece inalterado o limite da garantia de R$ 250 mil por CPF/CNPJ e conglomerado financeiro.

Para efeito da determinação do valor garantido dos créditos de cada pessoa, devem ser observados os seguintes critérios: O titular do crédito é aquele em cujo nome o crédito estiver registrado na escrituração da instituição associada ou aquele designado em título por ela emitido ou aceito;devem ser somados os créditos de cada credor identificado pelo respectivo CPF/CNPJ contra todas as instituições associadas do mesmo conglomerado financeiro; os créditos titulados por associações, condomínios e entidades assemelhadas, sem personalidade jurídica, serão garantidos até o valor de R$ 250.000,00 na totalidade de seus haveres em uma mesma instituição associada ou conglomerado financeiro.

Para receber o dinheiro que tem aplicado em um banco que faliu, o investidor deve comparecer pessoalmente a uma agência bancária escolhida pelo FGC. O crédito em conta corrente não é permitido porque o investidor precisará assinar um termo de recebimento no ato do saque. Caso não seja possível o comparecimento à agência, o investidor poderá designar um procurador para receber por ele. Segundo os especialistas, em geral, os pagamentos são realizados até uma semana após a decretação da insolvência da instituição financeira. Vale ressaltar que o FGC tem a obrigação de fazer o pagamento para o Banco responsável pela intermediação desta liquidação em três dias úteis, porém os processos internos para pagamento podem levar de duas ou três semanas.

Sobre a Nova Futura Investimentos

Sócia-fundadora da BM&BOVESPA, a Nova Futura Investimentos, corretora instituída no ano de 1983, atua nos mercados de commodities, renda fixa, renda variável e seguros. Com uma presença nacional de destaque, a instituição financeira conta com 14 escritórios espalhados por diversas cidades do país.

Em março de 2016, começou seu plano agressivo de expansão para o segmento de varejo, mercado no qual ainda não atuava e, recentemente, assumiu os clientes da parceira PAX, do Grupo Pague Menos, ampliando sua carteira para 9.000 clientes.

COMPARTILHE:


Confira também:

Crônica
O TEMPO

Redução de cobrança

Nova notificação do Procon à BRK Ambiental solicita explicações sobre funcionamento e prazos de lei

Nesta terça-feira, 18, o Procon Tocantins realizou nova notificação contra a BRK Ambiental exigindo explicações sobre funcionamento, prazos, pagamento e ressarcimento referente a Lei Municipal 2.540/2020 que reduz o valor da tarifa de esgotamento

BRB

Tocantins será o primeiro estado da região Norte a contar com agências do Banco de Brasília

Instituição vai oferecer linhas de crédito com juros competitivos


Sanidade

Adapec emite Nota Técnica sobre caso Mormo em Formoso do Araguaia

A Adapec vem tomando todas as medidas sanitárias cabíveis de acordo as legislações vigentes, com o objetivo de controlar, prevenir e impedir a disseminação da enfermidade.


ALETO

Júnior Geo destina emendas parlamentares para as áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação

De acordo com Geo, os investimentos nessa área são necessários por acreditar no poder de mudança que a educação de qualidade pode proporcionar para a sociedade.


CCJ

Medida Provisória cria quadro administrativo da Unitins em Paraíso


Saúde

Governo realiza prestação de contas da Saúde na Assembleia Legislativa


Economia

Fecomércio Tocantins recebe Banco de Brasília para assinatura de Termo de Cooperação


Saúde

HRM realiza seu primeiro mutirão do Opera de 2020


Exemplo

Risoterapia leva sorrisos aos pacientes internados no HGP


Fique atento

Energisa alerta para cuidados com a rede elétrica durante o Carnaval



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira