Thursday, 03 de December de 2020

OPINIÃO


Agentes

Sintras cobra do Ministério da Saúde cumprimento de lei

10 Oct 2014

Durante visita no Ministério da Saúde (MS) na última quinta-feira, 9, o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins (Sintras) cobrou do Ministério da Saúde o cumprimento da Lei Federal 12.994, de 17 de junho de 2014. A legislação institui o piso salarial profissional nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às endemias no valor de R$ 1.014,00.

A cobrança foi provocada em virtude das reclamações dos municípios ao Sintras relatando que o MS não está repassando a assistência financeira complementar da União, que é fixado em 95% do piso salarial, possibilitando as prefeituras o cumprimento da referida Lei Federal.

As reclamações foram passadas ao Sintras, quando através de expediente protocolados ou em reuniões com os prefeitos e secretários de saúde, o Sintras cobrava dos municípios o pagamento do piso salarial a categoria conforme a nova legislação.

O Sintras cobrou dos gestores municipais a aplicação da nova lei assim que o Governo Federal sancionou instituindo o novo piso salarial para estes servidores da saúde. Além disto, os agentes comunitários de saúde e de endemias têm procurado o sindicato para interver e reivindicar ao Ministério da Saúde, uma posição e regularização da situação salarial da categoria.

De acordo com o presidente do Sintras, Manoel Pereira de Miranda, isso não deveria estar ocorrendo. “A lei existe e é federal, e tem que ser cumprida. O governo tem que cumprir a parte dele, e os servidores não aguentam mais esperar por um direito que já está garantido em Lei”, ressalta o presidente Manoel.

Ele acrescentou ainda que isso é uma conquista histórica, onde o SINTRAS, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Saúde (CNTS) e outras entidades representantes da classe, participaram junto com os deputados na Câmara Federal almejando esta conquista. O ofício foi protocolado ao Ministro de Estado da Saúde, Ademar Arthur Chioro dos Reis. (Ascom Sintras)

COMPARTILHE:


Confira também:

Crônica
O TEMPO

Infraestrutura

Prefeitura de Palmas deve formalizar até final de 2020 contrato de repasse de recursos para construção da Casa da Mulher Brasileira

O contrato com a Caixa Econômica Federal é no valor de R$ 5,6 milhões para a construção e equipagem do espaço destinado ao combate à violência contra a mulher

CCJ

Com discurso de austeridade financeira, Ayres rejeita licença prêmio e aprova reforma da previdência

O impacto financeiro que uma eventual aprovação do Projeto de Lei traria, como destaca a própria proposta, acréscimo de gastos na ordem de R$ 8.700.248,01


Estado

Governador Carlesse reassume Governo e reconhece contribuição do presidente do TJ à frente do Executivo

Governador e vice-governador reassumem o Governo após usufruírem de férias


Covid-19

Tocantins contabilizou 333 novos casos confirmados da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 260.548 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 82.295 casos confirmados. Destes, 74.421 pacientes estão recuperados, 6.704 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.170 pacientes foram a óbito.


Norte do TO

Segurança Pública inicia entrega de pistolas Glock e de salas especiais de depoimento em Araguaína e Araguatins


Emprego

Sine Tocantins recruta candidatos para 20 vagas de auxiliar de montagem


Aleto

Eduardo do Dertins participa de solenidade de entrega de equipamentos de segurança


Serviço

IBGE/TO faz apelo para que empresas e escritórios de contabilidade respondam pesquisas econômicas


Band

Erick Jacquin presta homenagem à mandioca no oitavo episódio do “Minha Receita”


Revitalização

Avenida JK ganha espaço verde de convivência



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira