Thursday, 09 de July de 2020

POLÍTICA


Amastha

“Avanço de Palmas no saneamento básico é reflexo da nova política”, diz Amastha

06 Feb 2018
“Avanço de Palmas no saneamento básico é reflexo da nova política”, diz Amastha “Esses investimentos foram para a cidade. É dinheiro da população de Palmas que voltou em serviços que beneficiaram a população de Palmas”

O salto de qualidade de Palmas na área de saneamento básico reflete a preocupação e atuação da gestão de Palmas em relação a questões de saúde pública e qualidade de vida da população. A análise é feita pelo prefeito da Capital e presidente em exercício da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Carlos Amastha (PSB). “Os investimentos nas melhorias em saneamento básico em Palmas refletem a eficácia da nova política”, disse Amastha.

A avaliação é feita com base em reportagem da Rede Globo sobre a evolução de Palmas neste quesito. Conforme a matéria, apesar de a região norte ter os piores índices de atendimento, Palmas se destaca. “Em 2015, a água tratada chegava a 56,9% da população, enquanto a coleta de esgoto alcançava 16,42% e o tratamento de esgoto apenas 8,66%”, aponta a reportagem.

A reportagem aponta ainda: “No entanto, uma cidade da região se destaca pelos avanços no setor: é Palmas, no Tocantins, a capital mais jovem do país. Lá, entre 2012 e 2015, o saneamento deu um salto, praticamente universalizando o fornecimento de água (de 91,06% da população para 99,99%) e aumentando tanto a coleta de esgoto (de 50,99% para 71,08% dos moradores) quanto o seu tratamento (de 32,64% para 45,15%)”.

Graças ao empenho e exigência de Amastha, a partir de 2013, quando assumiu a Prefeitura, a concessionária de água e esgoto que atua na Capital investiu R$ 300 milhões em Palmas. “As obras de saneamento sempre foram classificadas como “obras que não dão voto” porque não aparecem para a população. Não pensamos isso. Pensamos em fazer o melhor para a cidade e para o cidadão palmense”, disse. “Esses investimentos foram para a cidade. É dinheiro da população de Palmas que voltou em serviços que beneficiaram a população de Palmas. Enquanto outros políticos corriam atrás da concessionária cobrando recursos para benefícios próprios, nós pensamos como sempre apenas em Palmas”, complementou o prefeito, se referindo a denúncias de propina da Odebrecht, antiga concessionária, a políticos de várias siglas do Estado.

A delação do ex-presidente da Odebrecht Ambiental, Fernando Reis, que era a responsável na época pelos serviços na capital comprova a declaração de Amastha. Conforme o depoimento do executivo no âmbito da operação Lava Jato, Amastha não recebeu nenhuma quantia da empresa. “Nunca pagamos absolutamente nada a ele. Ao contrário. Ao contrário, nós paralisamos os investimentos, mandamos mais de mil funcionários embora”, relatou aos procuradores.

COMPARTILHE:


Confira também:


"Guerra Justa"

Polícia Civil do Tocantins deflagra 2ª fase da Operação Guerra Justa

Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão preventiva e quatro de busca nos estados do Pará, Maranhão e Pernambuco.

Pandemia

Tocantins tem 439 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 13.440 casos no total, destes, 8.517 pacientes estão recuperados, 4.690 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 233 pacientes foram a óbito.



Biodiversidade

Tocantins inicia monitoramento do período reprodutivo 2020 do Pato mergulhão no Jalapão

O Governo do Tocantins tem o compromisso de cumprir o calendário de monitoramento da espécie, firmado com o Plano de Ação Nacional para a Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção ou do Patrimônio Espeleológico (PAN/ICMBio)


Covid-19

Governador vistoria instalações de hospital contratado para atender pacientes da Covid-19

Pavilhão contratado pelo Governo do Tocantins conta 10 Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 60 leitos clínicos


Meio Ambiente

Governo do Tocantins suspende autorização para queima controlada até novembro

Portaria foi publicada no último dia 7; o aumento dos riscos de incêndios causado pela baixa umidade do ar, aumento da temperatura média no Estado e vegetação seca com grande potencial de queima são as justificativas para a proibição do uso do fogo no mane


Aprovação de Matérias

Assembleia encerra primeiro semestre após diversas matérias aprovadas


Paraído do TO

Bombeiros militares atuam em combate a incêndio em carga de madeira na BR-153


Desempenho

Tocantins alcança segundo lugar no ranking de monitoramento da Agência Nacional de Águas


Cultura

Prazo para cadastro de eleitores e candidatos ao Conselho de Cultura termina na sexta


Campus Party

Norte Agropecuário será apresentado em evento com participação de referências mundiais no debate da transformação tecnológica


Cronograma

Prevenção contra incêndios florestais para este ano está na fase final



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira