Friday, 10 de July de 2020

POLÍTICA


Uso das águas

Deputados e produtores rurais discutem uso das águas do Rio Formoso na agricultura

11 Sep 2019
Divulgação Deputados e produtores rurais discutem uso das águas do Rio Formoso na agricultura

Representantes da Associação dos Produtores Rurais do Sudoeste do
Tocantins (Aproest) reuniram-se na manhã deste quarta-feira, 11, no
plenarinho da Assembleia Legislativa, com o presidente da Casa, deputado
Antonio Andrade (PTB), parlamentares e autoridades da área. Na pauta, um
pedido de apoio para as demandas do setor agropecuário da região
Sudoeste do Estado.

Entre as principais questões apresentadas está a captação de água na
bacia do Rio Formoso – um controle de vazão de águas criado pelos
produtores, para uso na agricultura irrigada, mas que está sendo
questionado pelo Ministério Público.

Em defesa do projeto, eles apresentaram um vídeo sobre o sistema de
produção agrícola na Bacia, os avanços na estrutura da gestão hídrica e
dos investimentos em segurança no sistema, além de questionarem ações do
Ministério Público e de ambientalistas.

Segundo o superintendente executivo da Aproest, Wagner Milhomem, a
produção agrícola do Tocantins está sendo prejudicada pela falta de
informações técnicas e científicas, por má vontade de alguns agentes.
“Estamos propondo uma nova forma de praticar a agricultura, buscando
entendimento para garantirmos produtividade e geração de empregos no
Estado” afirmou.

Milhomem pediu à Assembleia apoio na criação de uma Câmera de Mediação e
de Conciliação de Conflitos Ambientais, a fim de intermediar questões
entre a Justiça e os órgãos fiscalizadores do meio ambiente.

Para o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), César
Halum, é importante procurar o entendimento, com vistas a promover a
integração entre lavoura, pecuária e floresta. “É preciso conviver com o
contraditório e buscar o debate com domínio tecnológico e conhecimento
de causa”, sugeriu.

Já o deputado Antonio Andrade afirmou que o Poder Legislativo tem
especial atenção com agronegócio e prometeu apoio aos produtores. Ele
sugeriu a instalação de um Comitê Gestor com o objetivo de mediar
efetivamente as questões do setor. “A saída econômica para o país está
no campo, e os produtores precisam ser ouvidos e vistos de forma
positiva, pois produzem alimentos, uma atividade essencial para a vida e
para a economia do nosso país”, afirmou.

Por outro lado, o deputado Zé Roberto (PT) se contrapôs a algumas
explanações, alertando para o desmatamento em várias regiões do Estado e
criticando a pulverização de agrotóxicos por aviões, o que, segundo ele,
provoca danos ao meio ambiente e é prejudicial à saúde humana.

A preocupação do petista foi compartilhada pelo deputado Elenil da Penha
(MDB), que ponderou sobre a necessidade de avanço nas discussões com
apresentação de dados tecnicamente comprovados.

Diante das alegações, a presidente do Partido Verde, deputada Cláudia
Lelis, adiantou que vai elaborar um requerimento propondo uma audiência
pública em Lagoa da Confusão para ouvir os questionamentos das pessoas,
dos produtores e de todos os envolvidos e atingidos com a segmentação.

Participaram da reunião os deputados Ivan Vaqueiro (PPS), que presidiu a
reunião, Glydson Nato (PHS), Delegado Rérisson (DC), Olyntho Neto
(PSDB), Vilmar de Oliveira (Solidariedade), Zé Roberto, Valderez Castelo
Branco (PP), Cláudia Lelis (PV), Elenil da Penha (MDB), Junior Geo
(PROS) e Amália Santana (PT).

Também prestigiaram o evento as seguintes autoridades: o presidente da
Aproest, Cleuber Marques de Oliveira, o procurador geral do Estado do
Tocantins, Nivair Vieira Borges; o deputado Eduardo do Dertins, que
atualmente responde pela Secretaria de Assuntos Estratégicos do
Tocantins; a secretária da infraestrutura, Juliana Passarim; além de
representantes do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), das
secretarias de Meio Ambiente e Recursos Hídricos; da Cidades e Habitação
e Universidade Federal do Tocantins.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 406 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 13.845 casos no total, destes, 8.915 pacientes estão recuperados, 4.690 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 240 pacientes foram a óbito.

Pesquisa

Tocantins soma 59 pesquisas científicas autorizadas em Unidades de Conservação estaduais

Mesmo com a suspensão temporária das atividades nas unidades devido a Covid-19, o sistema de controle de pesquisas científicas em UCs estaduais do Naturatins registrou, no 1º semestre de 2020, sete autorizações recentes em andamento


Tocantins

Balanço mostra que Justiça Federal no Tocantins já repassou mais de R$ 200 mil para ações de combate à Covid-19

No Tocantins, a 4ª Vara Federal de Palmas destinou R$ 70.923,80, a Subseção Judiciária de Araguaína R$ 69.464,00 e a Subseção de Gurupi destinou R$ R$ 63.750,00.


Biodiversidade

Tocantins inicia monitoramento do período reprodutivo 2020 do Pato mergulhão no Jalapão

O Governo do Tocantins tem o compromisso de cumprir o calendário de monitoramento da espécie, firmado com o Plano de Ação Nacional para a Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção ou do Patrimônio Espeleológico (PAN/ICMBio)


Covid-19

Governador vistoria instalações de hospital contratado para atender pacientes da Covid-19


Meio Ambiente

Governo do Tocantins suspende autorização para queima controlada até novembro


Aprovação de Matérias

Assembleia encerra primeiro semestre após diversas matérias aprovadas


Paraído do TO

Bombeiros militares atuam em combate a incêndio em carga de madeira na BR-153


Desempenho

Tocantins alcança segundo lugar no ranking de monitoramento da Agência Nacional de Águas


Cultura

Prazo para cadastro de eleitores e candidatos ao Conselho de Cultura termina na sexta



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira