Thursday, 22 de August de 2019

POLÍTICA


Gurupi

Em sessão extra Câmara aprova decreto que cria CPI para investigar BRK Ambiental

26 Jun 2019    20:13    alterado em 26/06 às 20:13
Josy Donato Em sessão extra Câmara aprova decreto que cria CPI para investigar BRK Ambiental

Foi aprovado por unanimidade na manhã de hoje o Projeto de Resolução 09/2019 de autoria da Mesa Diretora que cria a Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar a atuação da concessionária BRK Ambiental, que presta serviços de saneamento básico em Gurupi.

Os vereadores que compõem a CPI são: Claúdio do Trevo (PSB), César da Farmácia (DEM), Ataíde Leiteiro (PPS), sendo presidida pelo vereador Sargento Jenilson (PRTB). Eles terão 120 dias para concluir o inquérito podendo prorrogar por mais 60 dias. O relatório deverá ser apresentando no Plenário e se identificado alguma ilegalidade que exija responsabilização penal ou civil, o relatório será encaminhado ao Ministério Público.

Para o vereador Sargento Jenilson, a Casa está dando um passo muito importante, visto que a BRK Ambiental é alvo de reclamações todo o estado. “ Outras 8 cidades também manifestaram investigar a empresa, e nós aqui, os 13 vereadores tiveram a coragem e hombridade de enfrentar algo que nem a Assembleia Legislativa do Estado, conseguiu fazer, e nós estamos conseguindo atacar algo que nos ataca todos os dias em nossas casas”.

O vereador contou que no início da madrugada de ontem, teria presenciado um funcionário da BRK trocando hidrômetro de uma residência em Gurupi. “Infelizmente meu celular estava descarregando e não pude registrar, mas dá pra perceber o nível de desrespeito daquela empresa com o consumidor”, concluiu.

Na próxima quinta-feira, 27, ás 10h está prevista para acontecer à primeira reunião dos membros da CPI. O presidente da Mesa Diretora, Wendel Gomides (PDT) salientou “agora estamos no caminho certo, e no que depender da presidência, ofereceremos todo o apoio necessário para o bom andamento dessa comissão”.

Conforme o requerimento reapresentando na semana passada, pelo vereador Ivanilson Marinho, dentre  as reclamações mais comuns apresentadas pelos consumidores estão: cobrança desacerbada de taxa mínima de consumo; cobrança de taxa de esgoto sobre consumo faturado e não medido, sendo superior a 50% do consumo; cobrança de taxa de esgoto em locais que não possui o serviço; aumento variável e injustificado das faturas; demora no atendimento via SAC; diferenciação no valor da tarifa de água do consumidor residencial e comercial; indevida suspenção de serviços; não divulgação/cumprimento de cronograma e de reforma e ampliação da rede de esgoto e da estação de tratamento de esgoto, dentre outros.

Chama atenção também que empresa tem mais de R$ 2,2 mi em multas aplicadas pelo PROCON estadual.

Capelania Evangélica
Gurupi contará com os serviços voluntários da Capelania Evangélica a partir dos próximos dias. Foi aprovado na Câmara um Projeto de Lei que institui o serviço de assistência religiosa na cidade que atuará nas áreas da guarda municipal, prisional, infantil, fúnebre, hospitalar, social, estudantil, esportiva, meio ambiente e pós-desastre ecológico.

Também será incluindo no calendário oficial do município o dia do Capelão Evangélico Civil e Militar, a ser comemorado anualmente em 21 de junho. Nesta ultima segunda-feira, 25, a Câmara realizou, por inciativa do vereador Ivanilson Marinho, uma sessão solene em homenagem aos capelães que já realizam o trabalho na cidade.

Para o vereador Ivanilson Marinho (MDB) autor dos Projetos de Leis, contar com os serviços voluntários da Capelania é um ganho para Gurupi. “O objetivo é adotar medidas de assistência religiosa aos servidores dos órgãos e departamentos, quando solicitada, em quaisquer circunstâncias, sejam alegres, tristes, enfermos, em risco de vulnerabilidade social, acidentes, visando o bem-estar social e espiritual do ser humano, nas diversas áreas de interesse”, justificou.

O diretor regional Sul da União de Pastores e Capelães Voluntários do Tocantins, Gilberto Correia, agradeceu pela propositura e ressaltou a responsabilidade dos capelães em Gurupi.  “Com a aprovação dessa propositura, estamos aumentando a nossa responsabilidade no trabalho de assistência, de acompanhamento, de nos colocarmos no lugar do outro, e esse é o trabalho da Capelania seja na área religiosa, social, hospitalar, prisional, infantil, enfim, serão várias atividades que estaremos realizando”.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva

Crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas

Assembleia

Deputados requerem ao Governo obras de recuperação asfáltica

Na mesma sessão, foram aprovados em primeira fase de votação projetos como os que concedem título de cidadania tocantinense ao senador Eduardo Gomes e ao presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino da Silva.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira