Sunday, 23 de February de 2020

POLÍTICA


Educação

Escola de Palmas recebe prêmio por economia elétrica

19 Jun 2008

Estudantes, professores e funcionários da Escola Estadual Madre Belém, em Palmas, tiveram mais um motivo para se orgulhar da unidade de ensino. Nesta quinta-feira, 19, eles receberam das mãos da Secretária da Educação e Cultura, professora Dorinha Seabra Rezende, e de representantes da Eletronorte, o prêmio Procel Educacional – Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica nas Escolas, promovido pela Eletronorte – Centrais Elétricas do Norte do Brasil.

De acordo com os resultados divulgados pela Eletronorte, entre as escolas dos seis estados que foram inscritas no concurso, a Escola Estadual Madre Belém foi a que alcançou os melhores resultados, e foi considerada a melhor escola do programa. A unidade de ensino recebeu como prêmio, um data show e a troca de materiais elétricos em má qualidade de conservação.

O objetivo do concurso foi promover a racionalização do consumo de energia elétrica nas escolas e comunidades escolares, com a eliminação dos desperdícios e, conseqüentemente, à redução dos custos. Além de 40 escolas do Tocantins, também foram envolvidas no programa, unidades de ensino do Pará, Maranhão, Mato Grosso, Rondônia e Amapá.

Para a Professora Dorinha Seabra Rezende, Secretária da Educação e Cultura, o prêmio é um incentivo para as escolas desenvolverem práticas permanentes de economia de energia elétrica. “É possível viver com qualidade e economizarmos energia elétrica. Os estudantes de agora serão os adultos conscientes de amanhã. Esperamos formar estes jovens com uma consciência ambiental para que tenhamos uma sociedade mais preocupada com o uso correto dos recursos naturais”.

O prêmio faz parte do projeto “A Natureza da Paisagem: Energia - Recurso da Vida” – que foi implantado em maio de 2005 e estruturado em diversas etapas definidas com: a capacitação dos professores, diretores e coordenadores de educação; cadastramento das escolas com seus os respectivos consumo de energia elétrica, e a data inicial para as medições do consumo elétrico. O diretor da Escola Estadual Madre Belém destacou a participação de todos para o sucesso da unidade de ensino no prêmio. “Nós trabalhamos a conscientização de alunos, professores e funcionários na economia elétrica. Quem via uma luz acessa desnecessariamente, a apagava. Diminuímos o uso de ar condicionado nos períodos com temperaturas mais amenas, trocamos lâmpadas incandescentes pelas de fluorescentes, com baixo consumo de energia. Desta forma tivemos não só uma melhora nos gastos financeiros, mas também trabalhamos a prática da economia de energia elétrica, tão importante nos dias atuais”, comenta o diretor.

 

Avaliação

A Eletronorte definiu como critério para classificação, análises Qualitativas como meio de verificar a aplicação da metodologia junto a comunidade escolar e o envolvimento dos familiares dos alunos; e Quantitativas, que verificaram os resultados das medições do consumo de energia das escolas, e nas residências dos alunos escolhidos para a amostragem.

O Gerente Regional da Eletronorte no Tocantins, Carlos Humberto de Souza, falou da importância do prêmio para a preservação ambiental. “Não existe o progresso sem o consumo de energia, porém, muito podemos fazer para que este consumo acontece de maneira controlada, economicamente e ambientalmente correta. Quanto mais economizamos, menos impactos ambientais teremos”, conta o gerente.

Três escolas do Tocantins conseguiram resultados excelentes na avaliação qualitativa, ou seja, as Escolas Estaduais Madre Belém de Palmas, José Damasceno Vasconcelos de Miracema e Escola Municipal Maria Pereira Guimarães de Colinas do Tocantins. Nas análises quantitativas, as Escolas Madre Belém economizou 20.107 kwh (kilowatts hora), cuja meta era de 3.594; José Damasceno Vasconcelos economizou 5.945 kwh, e ficou bem acima do estabelecido que era de3.690; e Maria Guimarães que economizou 7.839 kwh, com a meta de 1.276.

COMPARTILHE:


Confira também:


Turismo

Emendas parlamentares liberadas pelo Governo garantem Carnaval em vários municípios do Tocantins

A Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa avalia a documentação, libera as emendas e fiscaliza a aplicação financeira.

Folia

Agência de Metrologia dá dicas para evitar acidentes de consumo no Carnaval

Folião que vai viajar e se hospedar em hotel, pousada ou casa alugada deve estar atento às recomendações de segurança do Sistema de Monitoramento de Acidentes de Consumo do Inmetro




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira