Wednesday, 25 de November de 2020

POLÍTICA


COVID-19

Na CCJ, Vilmar defende projeto de redução das mensalidades e diz que momento é de solidariedade

29 Apr 2020
Na CCJ, Vilmar defende projeto de redução das mensalidades e diz que momento é de solidariedade

Na tarde desta terça, 28, durante reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação – CCJ da Assembleia Legislativa, onde tramita o projeto de lei pela redução das mensalidades nas escolas privadas do Tocantins, o deputado Vilmar (Solidariedade), autor do projeto, defendeu a propositura, argumentando que o momento é de união e de sacrifício de todos para superar a crise.

Na ocasião, o presidente da CCJ, deputado Ricardo Ayres (PSB), abriu espaço para os presidentes dos sindicatos de proprietários e professores de escolas particulares do estado do Tocantins para discutirem sobre o assunto. A representante dos proprietários de escolas particulares, Janad Valcari, se posicionou contrária à medida, argumentando que as escolas não têm condições de arcar com a redução. Dentre os argumentos, apontou o investimento recente em plataformas digitais para aulas por vídeo; um déficit nas mensalidades, anterior à pandemia, superior a 30%; e falta de recursos para arcar com as despesas após uma possível redução de mensalidades. Já o representante dos professores, Professor Anibal Parente, argumentou que a redução das mensalidades implica redução no salário dos professores, por isso pediu sensatez nas discussões do projeto.

Em defesa da proposição, Vilmar afirmou que tanto a classe empresarial quanto os trabalhadores estão sendo prejudicados com a crise desencadeada pela pandemia. Usando como exemplo a Assembleia do Maranhão, que aprovou nesta segunda, 27, a redução proporcional das mensalidades de instituições privadas de ensino em pelo menos 30%, o parlamentar argumentou que o momento é entendimento. “Não temos nada contra o empresário ou dono de escola, queremos garantir uma alternativa para aqueles que tiveram seus rendimentos reduzidos, a exemplo de pais autônomos, de continuarem com seus filhos matriculados nas escolas”, explicou o parlamentar, argumentando que sem tal flexibilização o caminho será o cancelamento das matrículas, algo muito mais prejudicial a longo prazo para a economia.

A exemplo de alguns deputados, que na ocasião defenderam a discussão do projeto, o deputado Issam Saado (PV) citou a necessidade de renegociação e flexibilidade por parte das empresas. “É melhor receber 30% a menos do que não receber nada daqui uns dias”, defendeu.

Sobre as discussões, a relatora do projeto na CCJ, deputada Vanda Monteiro (PSL), destacou a importância da abertura do debate para ouvir a classe. “Vamos analisar como relatora, resolver da melhor forma possível, já que é um momento delicado para todos”, explicou, destacando que o objetivo é encontrar a melhor saída possível, tanto para os consumidores como para os empresários a frente das instituições.

COMPARTILHE:


Confira também:


Retorno

Governador Carlesse reassume Palácio Araguaia e agradece Antonio Andrade pelo trabalho realizado à frente do Executivo

Presidente da AL agradece por oportunidade e faz balanço dos dias como governador



Saúde

Hemocentro de Palmas promove homenagem aos doadores de sangue

Ação foi realizada nesta quarta-feira, 25, Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue


IML

Corpo de um homem jovem não identificado e não reclamado permanece no IML de Palmas

Trata-se de pessoa do sexo masculino, com idade entre 18 e 25 anos, aproximadamente.


Naturatins

Governo apresenta Cartas Climáticas que vão auxiliar gestão ambiental no Tocantins

Naturatins acompanhou a apresentação do levantamento que aponta tendências climáticas do Tocantins com base nos registros das últimas três décadas servirão como referências para gestão de ações ambientais em diferentes regiões do Estado em cada período do


Amazônia

Tocantinenses são destaque no 2º Festival de Cinema Negro Zélia Amador de Deus


Arraiá da Capital

Estrutura do Arraiá da Capital Online está sendo finalizada


Moradia

Recanto das Araras II: data para assinatura de contratos dos imóveis é adiada


Agenda

Governador em exercício, Antonio Andrade, vistoria obras da Ponte de Porto Nacional


Denuncia de Estupro

Jovem de 20 anos acusa senador Irajá Abreu de cometer estupro em São Paulo


Segurança

Polícia Civil do Tocantins deflagra segunda fase da operação Rosetta contra membros de organização criminosa



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira