Friday, 05 de June de 2020

POLÍTICA


Pandemia

Secretário Edgar Tolini garante que quantidade de leitos de UTIs no Tocantins atende normas do Ministério da Saúde

03 Apr 2020
Secretário Edgar Tolini garante que quantidade de leitos de UTIs no Tocantins atende normas do Ministério da Saúde

Com a pandemia da Covid-19, provocada pelo  novo Coronavírus, o olhar do planeta se volta para a quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que há disponíveis nos hospitais, já que um número grande de pessoas infectadas pela doença acaba hospitalizada e com problemas pulmonares, tendo dificuldades para respirar. Em razão disso, o secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tolini, afirmou nesta quinta-feira, 2, que o Tocantins atende às exigências do Ministério da Saúde e vem fazendo investimentos para aquisição de testes e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

“Em primeiro, precisamos deixar claro que nenhum sistema de saúde do mundo suporta uma superlotação, então o isolamento social continua sendo a única forma de garantirmos ações efetivas no atendimento aos pacientes com a Covid-19. Dito isso, é preciso deixar claro também que o Tocantins atende às exigências do Ministério da Saúde referente à quantidade de leitos proporcionais para a população”, afirmou o Secretário.

De acordo com o gestor, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) dispõe atualmente de 131 leitos de UTI na rede Estadual e outros 157 complementares e privados, totalizando 288 leitos de UTI à disposição do Estado para atendimento de pacientes com quadros moderados a graves. “A recomendação do Ministério da Saúde, considerando de forma proporcional da população, é que o Tocantins disponha de pelo menos 200 leitos de UTI para atendimento da demanda”, informou.

Conforme o secretário Edgar Tolini, embora haja estudos para ampliação de leitos, considerando um cenário futuro, atualmente as unidades hospitalares geridas pelo Governo do Tocantins dispõem de mais de 900 leitos disponíveis e estão trabalhando com uma baixa ocupação deles.

“Todos os leitos reservados e isolados no Hospital Geral de Palmas (HGP) possuem respiradores. Os hospitais públicos do Tocantins possuem no total 223 respiradores em funcionamento. A SES possui uma ata de registro de preço que contempla aproximadamente 200 respiradores, sobre a qual tem entrado em contato com as empresas ganhadoras para ver a entrega dos equipamentos, considerando a dificuldade mundial para a disponibilidade do produto. Caso o fornecedor não tenha a disponibilidade de entrega do mesmo, o órgão verificará novas possibilidades de compras com outros fornecedores”, garantiu o gestor.

Testes para Covid-19

Em relação aos testes para apontar se a pessoa está ou não infectada pela Covid-19, o secretário informou que no Tocantins, somente o Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen) realiza a testagem de exames biomoleculares. “São realizados cerca de 20 exames diários, mas tem capacidade imediata de realizar até 104 testes por dia. A dificuldade do Estado está na quantidade de insumos disponíveis para realização dos exames, pois o Ministério da Saúde tem enviado um quantitativo limitado, e o Estado está com dificuldades para aquisição própria para suprir a demanda, uma realidade nacional”, destacou Edgar Tolini.

Ainda segundo o Secretário: “O Lacen solicitou ao Ministério da Saúde o quantitativo de 24 Kits (528 testes). A previsão é que a entrega ocorra no início deste mês. No total, já foram realizados no Estado 185 amostras testadas, destas, nove casos foram confirmados, outros dois casos foram confirmados na rede privada e um por teste rápido”, informou.

Aquisição de EPIs

Em relação aos Equipamentos de Proteção Individual, o secretário afirmou que o Estoque Regulador do Estado está abastecido com todos EPIs, como luvas, máscaras N95, máscaras descartáveis, aventais, propés e toucas, para um período de 4 a 6 meses, mesmo com a utilização em grande escala em decorrência da Covid-19.

“Não haviam macacões impermeáveis por serem itens preconizados apenas para casos de surtos e epidemias, no entanto, já houve aquisição de quantidade necessária para uso imediato dos profissionais que farão o enfrentamento da doença”, esclareceu o titular da SES.

Para garantir maior segurança às equipes de Saúde, a SES fez um processo de dispensa de licitação esta semana para aquisição de EPIs e álcool em gel. Os quantitativos a serem comprados são:100 mil máscaras N95; 266 mil macacões repelentes a fluidos humanos; 6 mil macacões impermeáveis; 4 milhões de máscaras descartáveis; 6 mil frascos de álcool em gel 70% de 1 kg; 6 mil frascos de álcool em gel 70% de 800g para dispenser; 180 mil caixas com 100 unidades de luvas de procedimento tamanho M; 140 mil caixas com 100 unidades de luvas de procedimento tamanho G; 160 mil caixas com 100 unidades de luvas de procedimento tamanho P; 6 mil protetores faciais; 144 mil aventais descartáveis; 200 mil toucas; 200 mil propés; 6 mil aventais impermeáveis de vinil e; 4 mil aventais impermeáveis de SMS.

Plano de Contingência

O Tocantins foi um dos primeiros estados do país a apresentar o seu Plano de Contingência ao Ministério da Saúde. O documento possui várias iniciativas que visam diminuir a proliferação da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus, o Estado do Tocantins vem colocando em prática um robusto plano de ação no âmbito da Saúde.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano

Partidos terão liberdade de estabelecer regras e procedimentos

Não se cale!

Campanha da DPE-TO alerta para importância das denúncias de violência

Instituição lança Campanha “Você não está só!”. Um chamado para denunciar os casos de violência em mulheres, crianças e adolescentes neste período de pandemia




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira