Thursday, 17 de October de 2019

SAÚDE


Saúde

Hospital e Maternidade Dona Regina celebra 20 anos

17 Jun 2019    16:09    alterado em 17/06 às 16:09
André Araújo Hospital e Maternidade Dona Regina celebra 20 anos

Nascido do processo de descentralização dos serviços de ginecologia, obstetrícia e pediatria do Hospital de Referência de Palmas, o Hospital e Maternidade Dona Regina Siqueira Campos (HMDR) foi criado em 21 de junho de 1999, com 94 leitos e 195 funcionários. Para celebrar os 20 anos de serviços prestados à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizará um cerimônia, na próxima sexta-feira, às 9h, na frente da unidade.

Para a diretora geral da unidade, Débora Petry “é o momento de celebrar 20 anos de muitos avanços e conquistas, quando o Dona Regina beneficiou diretamente cerca de 350 mil habitantes, já que é a única referência em alta complexidade para atender partos em toda a macrorregião de saúde centro sul a qual é referência”, destacou.

De acordo com dados da SES, estima-se que em 20 anos, cerca de aproximadamente 70 mil crianças nasceram na maternidade, que desde 2002 conta com um banco de leite humano e conquistou o título de Hospital Amigo da Criança (estratégia lançada pela Organização Mundial da Saúde e UNICEF em 1991, com o objetivo de promover, proteger e apoiar o aleitamento materno no âmbito hospitalar). O Banco de Leite da unidade atende em média 45 crianças diariamente.

Além da ampliação que recebeu em 2008, o hospital em 2010 passou a oferecer às parturientes o direito de acompanhante  de livre escolha na hora do parto e recebeu a certificação do Método Canguru (modelo de assistência ao recém-nascido prematuro e sua família, internado na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, que permite que os pais tenham uma maior participação nos cuidados).

Em 2011, aderiu ao programa Rede Cegonha (estratégia que tem a finalidade de estruturar e organizar a atenção à saúde materno-infantil no País e contribui para a aceleração da redução das taxas de mortalidade materna e neonatal).

O HMDR também conta com o Serviço de Atenção Especializada às Pessoas em Situação de Violência Sexual (SAVIS), que busca diminuir os danos psicossociais e físicos decorrentes da violência sexual, através do acolhimento humanizado e acompanhamento por período mínimo de seis meses. No serviço foram atendidos 256 casos novos, com um total de 1.644 atendimentos no ano de 2018.

“Atualmente o Hospital e Maternidade Dona Regina oferece um atendimento integral à mulher e ao bebê, com 25 especialidades médicas, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, terapeuta ocupacional, odontólogos, enfermeiros e técnicos de enfermagem”, enfatizou Débora Petry.

COMPARTILHE:


Confira também:


Divisa de Estados

Governadores Mauro Carlesse e Mauro Mendes destacam aspectos positivos da rodovia Transbananal

Trecho em questão tem cerca de 90 km e corta a Ilha do Bananal, de Formoso do Araguaia (TO) a São Felix (MT).

Saúde

Opera Tocantins realiza quase 70 cirurgias em 10 dias e espera fechar outubro com mais de 150

As cirurgias acontecem em diversas Unidades Hospitalares do Tocantins sempre em horários diferenciado, fora da carga horária ordinária, como sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e ou em período noturno/madrugada.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira