Tuesday, 18 de December de 2018

SAÚDE


Saúde

Jogos lúdicos ajudam idosos a trabalhar a concentração e a prevenir sinais do envelhecimento

23 Jul 2018    13:32
ASCOM/Divulgação Jogos lúdicos ajudam idosos a trabalhar a concentração e a prevenir sinais do envelhecimento Entre os jogos oferecidos nas aulas estão dominó, xadrez, cartas e tênis de mesa

Durante o período de férias, quando parte das atividades ao ar livre é suspensa no Parque da Pessoa Idosa Francisco Xavier de Oliveira, em Palmas, outras atividades estão sendo oferecidas para garantir aos idosos que não viajaram entretenimento e lazer. Entre elas estão aulas de jogos lúdicos. As aulas acontecem três vezes por semana em grupos. O educador físico da Fundação de Esportes e Lazer (Fundesportes) Fabion Arruda é quem ministra as aulas.


 

“Os jogos de mesa são um tipo de atividade lúdica e terapêutica que proporciona estímulos físicos, mentais e psíquicos a pessoas idosas, contribuindo para minimizar os declínios naturais do envelhecimento. De acordo com especialistas, a prática desses jogos serve como método preventivo de doenças senis, inclusive, o Mal de Alzheimer, a forma mais comum de demência. Por isso, todas as pessoas, principalmente quem está próximo ou já chegou aos 60 anos, devem ser incentivadas a jogar”, recomenda Arruda.


 

Entre os jogos oferecidos nas aulas estão xadrez, dominó, cartas e tênis de mesa, bem com alguns jogos de tabuleiros. Dona Danúzia Martins Hiramatsu, 68 anos, frequenta com o esposo, João Nobuo Hiramatsu, o parque há cerca de um ano. Eles não viajaram neste mês de julho, por isso estão comparecendo assiduamente às aulas de jogos lúdicos, que estão acontecendo a partir das 15 horas todas as segundas, quartas e sextas-feiras. “Estamos gostando muito. Jogar tênis de mesa me fez lembrar de quando eu jogava ping-pong na escola. Nunca tinha jogado xadrez e, para mim, tem isso muito legal porque nos ensina a lidar com várias situações diferentes ao mesmo tempo. Somos gratos pelo amor com que todos do Parque trabalham para nos oferecer cuidado”, afirmou dona Danúzia.


 

Dona Danúzia conta ainda que as aulas têm sido prazerosas e que o esposo, que possui Mal de Parkinson, tem demonstrado mais concentração. “No xadrez meu marido fica tão concentrado, joga com uma expressão tão boa, que o deixa tão bonito. Falei para ele que precisamos jogar mais”, disse ela, alegre. A psicóloga do parque Gil Soares explica que os jogos são uma boa estratégia para incentivar a interação entre os idosos e que podem, com certeza, ajudar na interação deles com a família se praticados em casa.

 


Durante este mês de julho, as aulas têm contado com a participação de cerca de 20 alunos. Mesmo durante o recesso, o parque continua a realizar encontros do grupo de convivência e sessões de acupuntura, por exemplo. Em agosto, retornam as atividades ao ar livre, a exemplo das atividades físicas supervisionadas, como as aulas de dança. Estas e todas as demais atividades oferecidas no local são gratuitas e visam oferecer estímulo à qualidade de vida da pessoa idosa. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (63) 2111-3310 ou 99241-9243.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

40

PARABÉNS!
PARABÉNS!

38

BOM
BOM

32

AMEI!
AMEI!

37

KKKK
KKKK

90

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

30

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

39

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Jogos lúdicos ajudam idosos

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Saúde em Araguaína

Município de Araguaína tem prazos para cumprir determinação judicial de estruturação da saúde básica e especializada

Ainda este ano, o Município deverá apresentar planilha com valores de repasses do próprio município e do Estado para os serviços da UPA, Samu, Assistência Farmacêutica, UTI e Hospital Municipal de Araguaína.


  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira