Friday, 13 de December de 2019

SAÚDE


Doação de órgãos

Setembro Verde: Doação de órgãos é lembrada durante todo o mês

03 Sep 2018
Divulgação Setembro Verde: Doação de órgãos é lembrada durante todo o mês

Doar órgãos é um ato sublime repleto de amor, solidariedade e respeito à vida. Nenhum transplante seria possível sem um doador. O gesto da doação propicia o resgate da saúde física e psicológica de várias pessoas, sejam elas pacientes ou familiares, trazendo de volta a esperança de viver.


No dia 27 de setembro é comemorado o Dia Nacional de Doação de Órgãos, Células e Tecidos, por isso neste mês o Ministério da Saúde e demais órgãos da área realizam ações em alusão a causa, uma delas é a escolha da cor verde para representar a doação de órgãos no Brasil e na última semana do mês várias mobilizações serão realizadas em Palmas. A cor verde foi escolhida por representar a esperança, saúde e vitalidade tudo que uma pessoa que aguarda um transplante almeja.


“No Brasil temos o maior programa público de transplantes do mundo, algo que deve ser lembrado e comemorado por todo brasileiro. A sensibilização das famílias e discussão do tema doação tem elevado o número de órgãos, células e tecidos disponíveis para transplante, mas ainda existe um longo caminho a trilhar, para contemplar todos os que aguardam nas listas de espera” destacou a gerente da Central de Transplantes, Suziane Aguiar Crateús Vilela.


Serviços


Ainda de acordo com Suziane Vilela, o Tocantins está inserido no cenário nacional dos transplantes, tendo uma Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos e Tecidos do Tocantins (CETTO) credenciada desde 2012, ela é responsável pela gestão do processo de doação e transplantes de órgãos e tecidos no âmbito estadual.


O Estado também dispõe de um Banco de Olhos Público (BOTO) funcionando desde dezembro de 2016, responsável pela abordagem familiar, captação, processamento, preservação e armazenamento de córneas, junto a ele o serviço de transplante de córnea. Por último a população conta com uma Comissão Intra hospitalar de Doação e Transplante no HGP, responsável também pelo processo de doação órgãos. No serviço privado o Tocantins conta com três serviços credenciados aptos à realização de transplante de córnea.


“Todas essas estruturas estão comprometidas em ajudar as famílias que perderam seu ente querido, transformando a tristeza em esperança de vida para quem aguardam pela doação”, finaliza Suziane.   


Captação de múltiplos órgãos


A captação de múltiplos órgãos também é uma realidade no Tocantins, no dia 30 de março deste ano, por um ato de amor dos familiares, foi realizada a primeira captação no Estado. “O grande protagonista é o doador e a escolha da família em doar. A doação de vários órgãos e tecidos de um único doador, salva muitas vidas” ressaltou Suziane.


Todas essas estruturas possibilitam à população do Tocantins a doação de órgãos e tecidos. Esse processo de doação só é possível com o consentimento do doador ou familiar (1º e 2º grau), algo que deve ser informado em vida pelo doador, mas quando não o fez, a decisão é da família. Atualmente o alto número de recusas de doadores aptos por seus familiares está inviabilizando o serviço e em consequência o andamento das filas nacionais, deixando pacientes angustiados a espera de transplante.


Dados


Desde que foi implantado, o Tocantins já realizou 105 transplantes de córnea no serviço público e privado, 73 Doação/transplantes de córneas e uma captação de múltiplos órgãos, que viabilizou o atendimento de seis pessoas que aguardavam nas filas nacionais de transplante.


Legislação


Em 1997 o Congresso Nacional promulgou a Lei dos Transplantes (Lei n° 9.434 de 04 de fevereiro de 1997), que dispõe sobre a remoção de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para fins de transplante. A Lei foi regulamentada pelo Decreto n° 9.175, de 18 de outubro de 2017. Em 30 de junho de 1997 foi criado o Sistema Nacional de Transplantes (SNT) objetivando o desenvolvimento do processo de captação e distribuição destes para finalidades terapêuticas e de transplantes. A partir da criação do SNT, listas únicas de receptores foram implantadas, assim como as Centrais Estaduais de Transplantes (CET).


Está em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado o Projeto de Lei “Setembro Verde”, para que fique instituído o mês de setembro como um marco para que as pessoas sejam chamadas a reflexão, um momento não único, mas emblemático para a doação de órgãos, células e tecidos no Tocantins. 

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Saque complementar do FGTS será liberado no próximo dia 20

Medida vale para contas com saldo de até um salário mínimo

Recursos

ATM pede celeridade em execução de obras do empréstimo e diz que há pouca informação sobre contratação

Presidente da ATM e prefeitos participam da solenidade de assinatura do protocolo entre Estado e Caixa e sentem falta de detalhes operacionais de execução das obras nos Municípios



Teatro

Grupo de teatro aborda temática do suicídio em espetáculo teatral para estudantes de escola pública em Taquaruçu

Para o cenário do espetáculo, são utilizados andaimes para reproduzir não apenas ambientes, como também os esforços físicos e psicológicos dos personagens.


Palmas

Sessão de encerramento do ano legislativo é marcada por reflexões e agradecimentos

Também usaram a tribuna durante a sessão com os mesmos propósitos, os vereadores Folha Filho (PSD), Diogo Fernandes (PSD), Irmão Jairo (PSL), Adão Índio (Cidadania), Milton Neris (Progressistas), Moisemar Marinho (PDT), Jucelino Rodrigues (PSC), Tiago Andr


Disparidade

Pesquisa do Procon Tocantins aponta variação de até 177% nos produtos da ceia de natal

Ao todo, 80 produtos foram pesquisados, entre eles entre carnes, azeites, bombons, farofas prontas, frutas, bebidas e panetones.


Indústria

Governador Mauro Carlesse recebe empresários do ramo ótico da Kenerson


Câmara aprova emenda de Tiago Dimas e garante poderes para municípios licenciarem serviço de saneamento


Tocantínia

Polícia Civil deflagra operação Risca Faca e prende suspeito por tentativa de homicídio no interior do Estado


Palmas

LDO é aprovada em sessão extraordiária. Orçamento ultrapassa R$1,3 bilhões


Pedro Afonso

Polícia Civil recupera 32 cabeças de gado furtadas na cidade no último fim de semana


Ação

TIM é a primeira operadora a ser nomeada empresa Pró-Ética pela Controladoria-Geral da União



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira