Palmas, 23/01/2018

Viver

Agenda

9ª edição do Festival de Artes das Escolas de Palmas terá mais de 200 apresentações artísticas e culturais

  • Durante quatro dias de festival, o público poderá prestigiar os talentos revelados nas unidades escolares da Capital

9ª edição do Festival de Artes das Escolas de Palmas terá mais de 200 apresentações artísticas e culturais



As instalações da Escola Municipal de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamandaré, localizada na quadra Arse 132, de 1º a 4 de dezembro, serão utilizadas como cenário para mais de 200 apresentações de artes executadas pelos alunos das redes municipal, estadual e particular de Palmas. A 9ª edição do Festival de Artes das Escolas de Palmas (Faes), realizado pela secretaria municipal de Educação (Semed), encherá a escola de atrações artísticas e culturais. Peças de teatro, espetáculos de dança e música, apresentação de bandas e fanfarras, poesia ou oratória, e exposições de artes visuais são algumas das opções para os inscritos no festival e também para a população da cidade. O evento é aberto à comunidade, que poderá prestigiar todos os espetáculos, gratuitamente.

                                               

Durante quatro dias de festival, o público poderá prestigiar os talentos revelados nas unidades escolares da Capital, que se revezarão no palco competindo em apresentações nas diversas áreas, tendo como foco a temática: "Sustentabilidade, Cidadania e Solidariedade". Haverá ainda a participação especial de membros da comunidade inscritos nas modalidades de dança e música e das crianças da categoria "Baby", que não competem no festival.

 

Cerca de 1600 educandos de 60 escolas da capital participam desta nova edição do Faes competindo em mais de 200 apresentações nas modalidades do Festival. Ascategorias são: Baby – 3 a 5 anos. Infantil – de 6 a 10 anos, Juvenil – de 11 a 17 anos e Adulto – educandos com idade superior a 18 anos.

 

Programação de apresentações

A manhã desta sexta-feira, 1º, primeiro dia do festival, a  partir das 8 h, será dedicada às apresentações das bandas e fanfarras. Já no período da tarde, a partir das 14 horas, acontecem as apresentações da modalidade de dança juvenil.

No sábado, 2, acontecem as apresentações nas categorias música e poesia infantil. O terceiro dia do evento, domingo, 03, será voltado para as apresentações de dança infantil, poesia/oratória juvenil e da categoria especial comunidade: dança e música.

Já na segunda-feira, 4, último do festival, serão contempladas as categorias de teatro e música juvenil.

 

Premiação

Ao final de cada período das apresentações (manhã e tarde), serão premiados com medalhas de ouro e certificados os primeiros colocados de cada modalidade e categoria, e a escola campeã de cada modalidade receberá um troféu. Já os segundos e terceiros colocados de cada modalidade e categoria receberão medalhas e certificados.

 

Espaço de alimentação e interação

Durante o festival, haverá um Espaço de Alimentação montado com 10 estandes destinados à venda de alimentos e bebidas. O espaço da praça de alimentação será administrado por unidades escolares que possuem 9º ano e o dinheiro arrecado será usado para a formatura das turmas.

Haverá ainda o Espaço Interação, que servirá para abrigar o público. Este espaço será composto pelo Café Literário, usado para lançamento de livros e conversa com os autores regionais; o Espaço Livraria, destinado a estandes de livrarias e espaço de leitura, e o Troca Solidária, espaço reservado para a troca de instrumentos, livros e figurinos entre as unidades educacionais, entre outras atrações, como uma exposição de artesanato em cerâmica.

 

O Festival

Promovido pela Prefeitura de Palmas, desde 2009, e consolidado a cada edição, o evento explora novas possibilidades e conquista cada vez mais a atenção do público. O Faes se apresenta como uma importante iniciativa da Prefeitura de Palmas no tocante ao respeito à diversidade cultural e na democratização do acesso à arte, oportunidade não apenas para descobrir talentos, mas, principalmente, mostrar que os estudantes podem, de maneira lúdica, trabalhar competências que vão além daquelas tradicionais de aprender a ler, escrever e fazer as operações matemáticas. Além disso, o Festival tem também um componente que realça o trabalho da escola como uma unidade de cultura, onde são aprendidos os saberes acumulados da comunidade, tendo  acesso às artes como um conceito importante e abrangente que ajuda a formar o espírito criativo dos educandos, fundamental numa sociedade moderna e competitiva como a atual.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus